Home » POLÍTICA » Oficiais da Reserva do Exército Brasileiro são homenageados durante sessão especial proposta por Humberto Pontes
Na tribuna o vereador Humberto Pontes (AVANTE), fala aos convidados da importância dos oficiais R2 para o país

Oficiais da Reserva do Exército Brasileiro são homenageados durante sessão especial proposta por Humberto Pontes

Uma sessão especial em alusão ao Oficial R/2 do Exército Brasileiro foi realizada na tarde desta segunda-feira (4) na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP). A propositura foi do vereador Humberto Pontes (Avante), que também presidiu os trabalhos, com a presença do presidente da Associação dos Oficiais da Reserva do Exército – Paraíba (AORE), tenente Luiz Carlos Dias Pedrosa, representantes do 1º Grupamento de Engenharia, da Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social e da Polícia Militar da Paraíba, e do deputado federal Julian Lemos.

Em seu discurso, Humberto Pontes frisou a importância da sessão especial. “Uma das mais importantes que a Câmara Municipal de João Pessoa já teve. Dia de homenagear grandes guerreiros do nosso país, que dedicaram, e certamente dedicariam até hoje, os seus dias em defesa da nossa pátria e do nosso país. São profissionais que passaram pelo Núcleo de Preparação de Oficias da Reserva – NPOR e em um período máximo de oito anos serviram com orgulho a uma bela escola que contribui para o desenvolvimento da nação, aprendendo conceitos como organização, planejamento, ordem, disciplina e principalmente aprendendo a servir ao Brasil. São pessoas nas quais o país investiu e que merecem nosso respeito e reverência”, afirmou.

O parlamentar ainda lembrou que a data, 4 de novembro, foi instituída em reverência ao nascimento do tenente-coronel Luiz de Araújo Correia Lima, idealizador dos Órgãos de Formação de Oficiais da Reserva no país. “Natural de Porto Alegre (RS) e descendente de família de militares, ele destacou-se no Colégio Militar de Porto Alegre, na Escola Militar do Realengo, onde foi instrutor, e na Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais, pela sua inteligência e liderança. Como estudioso das doutrinas pós 1ª Guerra Mundial, vislumbrou a importância da incorporação às reservas mobilizáveis de cidadãos com conduta ilibada, o que motivou o Exército Brasileiro a criar, em 22 de abril de 1927, o Centro de Preparação de Oficiais da Reserva do Rio de Janeiro (CPOR/RJ), Organização Militar pioneira na formação de Oficiais R/2”, explicou.

Também falou sobre o tenente-coronel Luiz de Araújo Correia Lima o coronel Jarlon Cabral, da Polícia Militar, que também é tenente R/2. “Foi o idealizador de tudo isso. O Exército Brasileiro hoje ele precisa do Oficial R/2, é um complemento, e o que ele fez há tanto tempo atrás está dando bons frutos ao nosso Brasil. O R/2 tem um papel relevante, tanto nas missões militares, como na sociedade. É como se fosse um embaixador do Exército Brasileiro, da cidadania e de nossa pátria”, disse.

Já o deputado federal Julian Lemos ressaltou o momento que o país vive. “Um momento diferente, que tem tudo a ver com vocês: de disciplina, de esperança, de um novo Brasil. Um Brasil que vem fazer jus ao verde oliva. Espero que tudo isso possa escrever uma nova história em nosso país”, declarou durante a sessão.

Na solenidade, também houve homenagem ao presidente da Associação dos Oficiais da Reserva do Exército – Paraíba (AORE), tenente Luiz Carlos Dias Pedrosa, que recebeu das mãos do vereador Humberto Pontes um certificado de apreciação pelos relevantes serviços prestados à sociedade paraibana e brasileira. Durante sua fala, o tenente leu a Ordem do Dia, referente à data comemorativa, do Conselho Nacional de Oficiais da Reserva.

About admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

x

Check Also

No dia de Combate à Corrupção, Eduardo lamenta vetos a projetos que tratam do tema: “o assunto ainda não é prioridade”

Nesta segunda-feira (9), Dia Internacional Contra a Corrupção, o presidente da Frente Parlamentar de Combate ...