Estação espacial chinesa vai cair na Terra até fim de abril

Contato com o módulo foi perdido em 2016

A estação espacial chinesa Tiangong-1, com 8,5 mil quilos de metal, vai cair na Terra entre 24 de março e 19 de abril. Como se isso não fosse motivo suficiente para pânico, o anúncio é ainda mais tenso: ninguém sabe o ponto exato da queda.

De acordo com a revista “Superinteressante”, a Tiangong-1 não é tão parecida com a Estação Espacial Internacional (EEI). Na verdade, o módulo lançado em 2010 está mais para um ônibus escolar, com 10 metros de comprimento e 3 de largura.

A Tiangong-1 saiu de operação em 2016. Pouco tempo depois, a agência espacial chinesa deu a “má notícia”: eles não tinham mais contato com o equipamento.

Em outubro de 2017, a estação espacial perdia 1,5 km de altitude por semana. Agora, são 6 km por semana e a velocidade só aumenta.

Especialistas garantem que embora o equipamento vá cair, de fato, no nosso planeta, é muito difícil que o módulo atinja uma zona habitada. Vale lembrar que 70% da Terra é preenchida por água e cidades ocupam um espaço entre 1% e 3% da superfície terrestre.

“A probabilidade de uma pessoa aleatória ser atingida pelos destroços da Tiangong-1 é um milhão de vezes menor do que a de ganhar no Powerball [um jogo de loteria típico dos EUA]”, anunciou a empresa americana Aerospace Corporation.

Até agora, os cálculos apontam que a Tiangong-1 vai cair em algum local nas redondezas do paralelo 43º – ou no hemisfério sul, ou no norte.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

%d blogueiros gostam disto: