Inflação para famílias com renda entre 1 e 2,5 mínimos registra variação de -0,01%

O Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1) do mês de fevereiro apresentou variação de -0,01%, taxa 0,51 ponto percentual (p.p.) abaixo da apurada em janeiro, quando o índice registrou variação de 0,50%. Com este resultado, o indicador acumula alta de 0,49%, no ano e, 1,94%, nos últimos 12 meses.

Em fevereiro, o IPC-BR registrou variação de 0,17%. A taxa do indicador nos últimos 12 meses ficou em 3,07%, nível acima do registrado pelo IPC-C1.

Sete das oito classes de despesa componentes do índice apresentaram decréscimo em suas taxas de variação alimentação (1,19% para -0,31%), transportes (1,77% para 0,76%), educação, leitura e recreação (2,24% para -0,18%), vestuário (0,19% para -0,72%), comunicação (0,08% para -0,10%), saúde e cuidados pessoais (0,18% para 0,17%) e despesas pessoais (0,14% para 0,13%). Nestes grupos, os destaques partiram dos itens: hortaliças e legumes (16,30% para -0,39%), tarifa de ônibus urbano (2,53% para 0,47%), cursos formais (7,00% para 0,00%), roupas (-0,26% para -0,70%), mensalidade para tv por assinatura (0,16% para -2,60%), salão de beleza (0,57% para 0,26%) e cartão de telefone (0,91% para -0,10%), respectivamente.

Em contrapartida, apenas o grupo habitação (-0,83% para 0,07%) apresentou acréscimo em sua taxa de variação. Nestas classes de despesa, destaca-se o item tarifa de eletricidade residencial, que passou de -5,39% para 0,84%.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

%d blogueiros gostam disto: