Palocci negocia em sigilo delação premiada com a PF, diz jornal

Condenado a 12 anos de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, ex-ministro está preso desde setembro de 2016

Depois de tentar, sem sucesso, fechar delação premiada com os investigadores da Lava Jato, o ex-ministro Antonio Palocci está negociando, em sigilo, um acordo de colaboração com a Polícia Federal.

Condenado a 12 anos de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, ele está preso desde setembro de 2016, na sede da PF em Curitiba (PR). Ontem (12), seu pedido de habeas corpus foi negado pelos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo uma fonte ouvida pelo jornal O Globo, Palocci promete revelar alguns dos principais clientes de sua empresa de consultoria. Ele confessaria ter usado sua influência para favorecer esses clientes no governo do PT, em troca de milionárias propinas.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

%d blogueiros gostam disto: