9 cuidados simples para manter a pele do rosto sempre bonita e saudável

1. Usar sempre filtro solar

Sempre mesmo, ainda que o sol não dê o ar da graça. E não só no rosto. Mãos, colo e pescoço também sofrem os efeitos nocivos – leia-se rugas e flacidez – provocados pelos raios UVA. Eles penetram na derme, rompem as fibras e destroem a elastina. E aí a pele fica flácida e envelhece. Já os raios UVB não vão tão fundo – atingem a camada superficial, mas podem provocar câncer. Não há produto que barre 100% da radiação. O bloqueador com FPS 60 protege contra 99% dos raios. Já o protetor com FPS 30 afasta 96% deles.

2. Não deixar de hidratar

Dos pés à cabeça e o ano todo. “Durante o verão, opte por produtos que possuem agentes capazes de bloquear a perda de água e impedir a entrada de agentes infecciosos”, recomenda o dermatologista Adilson Costa, de São Paulo. É o caso do ácido hialurônico, dos ômegas-3 e 6, e, para afastar os radicais livres, das vitaminas C e E e do coffeeberry.

Segundo o dermatologista Davi de Lacerda, também da capital paulista, a aloe vera é o ingrediente essencial de um hidratante, já que também minimiza inflamações. De quebra, todos eles prolongam o bronze porque reduzem a descamação. Caiu a temperatura? Continue caprichando na hidratação, pois a pele produz menos sebo e resseca. Use formulações com lactato de amônia, silicone, ceramidas ou manteigas de karité e andiroba.

3. Esfoliar para renovar

O procedimento elimina as células mortas e remove as impurezas que entopem os poros. Isso facilita a penetração dos cremes de tratamento, tornando-os mais eficientes. Se você tem tendência para cravos e espinhas, essa faxina poderosa é ainda mais indicada, pois retira todo e qualquer restinho de secreção de gordura – o alimento da acne.

E a sua idade influencia na frequência com que esse processo é feito. Peles mais maduras, por exemplo, costumam ser mais secas e delicadas. Por isso, só precisam de uma esfoliação facial a cada sete ou 15 dias. As oleosas podem passar pelo processo todos os dias desde que o seu esfoliante seja suave – com grânulos pequenos e bem redondos para não arranhar. No corpo, uma aplicação semanal está de bom tamanho.

4. Apostar na limpeza facial

Poucas são as brasileiras que usam um sabonete específico. Está errado. “Os produtos de uso corporal costumam ser abrasivos e podem ressecar, por isso não são indicados para a pele do rosto, que é mais delicada”, explica Adilson Costa. Como a ideia é evitar a secura, escolha sabonetes – em barra ou líquidos – próprios para a face. Para Davi de Lacerda, o importante é que o pH seja baixo, caso dos sabonetes líquidos ou dos de glicerina em barra.

5. Cuidar dia e noite

Sob a luz do sol, aposte na dupla filtro solar e hidratante para cuidar do rosto. Antes de dormir, ativos anti-idade, como ácido retinoico. Na falta do produto mais adequado para o período, tudo bem usar um ou outro? Não! É prejudicial aplicar um creme com protetor solar à noite ou um que contenha derivados do retinol e da vitamina A durante o dia. No primeiro caso, além do benefício zero, os poros entopem. No segundo, o risco é uma irritação, já que muitos ácidos não toleram a radiação.

6. Comer frutas, verduras e peixes

Vegetais em geral reinam entre os alimentos mais ricos em vitaminas, sais minerais e fitoquímicos – todos amigos das células do organismo. Juntas, essas substâncias têm ação antioxidante, isto é, estimulam o fígado a produzir enzimas que decompõem as toxinas – uma pedra no caminho dos nutrientes. Livres do obstáculo, aí, sim, eles espalham seus benefícios. Um dos mais visíveis é a pele viçosa. Comer peixes, como salmão, atum e sardinha, garante a cota de selênio, grande arma contra o envelhecimento.

7. Afastar o stress

Relaxe. Do jeito que você mais gosta. Pegando uma praia, ouvindo música, dormindo bem. Já reparou que a acne teima em brotar naqueles períodos em que você está sob forte pressão? É o stress. Bombardeado pelas tensões diárias, o organismo faz as glândulas sebáceas secretarem maior quantidade de óleo do que o necessário para a proteção dos tecidos. E a gordura é a matéria-prima da doença inflamatória, que pode acometer mesmo quem não é mais adolescente.

8. Exercitar-se

Escolha o tratamento anti-idade que quiser, mas não abra mão de um dos mais eficientes: atividade física. Bike, caminhada, musculação, ioga – todas essas modalidades, praticadas regularmente, combatem o envelhecimento da pele, o maior órgão do nosso corpo. Exercícios melhoram a circulação, entregam nutrientes às células e ajudam a produzir colágeno (fibra de sustentação).

9. Beber água

Ingerir os recomendados 2 litros (ou oito copos) por dia significa, literalmente, lavar seu corpo por dentro. Esse banho interno elimina grande parte das impurezas que dificulta a chegada dos nutrientes às células, inclusive às da pele. Não duvide: se estiver mal-hidratada, vincos e linhas vão dar as caras. Acha que é água demais? Não é. Na quantidade ideal, o precioso líquido, na verdade, repõe o que você perde por meio da urina, do suor e até da respiração.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

%d blogueiros gostam disto: