Projeto Renovar que amplia produção de cana e cria empregos no campo é apresentado ao senador Cassio Cunha Lima

Voltar ao patamar de produção de 60 milhões de toneladas de cana/safra e recuperar 60 mil postos de trabalho, ao longo de três anos, beneficiando vários estados do Nordeste, do Rio Grande do Norte até a Bahia, e direta e indiretamente, cerca de 6 milhões de habitantes. Essas questões estão contempladas no projeto Renovar que foi apresentado ao senador paraibano, Cássio Cunha Lima. A apresentação do projeto foi feita pelo presidente da União Nordestina dos Produtores de Cana (Unida), José Inácio de Morais, e pelo consultor e idealizador da proposta, Gregório Maranhão. O encontro aconteceu no escritório do senador paraibano, em João Pessoa, na última segunda-feira (23).

O presidente da Unida e também da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), José Inácio de Morais, fez um breve panorama da atual situação da produção canavieira no Nordeste, que caiu de 60 milhões de toneladas para 40 milhões nos últimos anos, e reiterou a importância da recuperação do setor. “Essa situação não gera impactos negativos somente na cadeia produtiva, mas na economia e desenvolvimento da região porque significa também a redução de postos de trabalho e de geração de renda”, destacou o dirigente canavieiro.

Gregório Maranhão, por sua vez, fez a explanação de detalhes do projeto, ressaltando que o Renovar é uma saída viável e de curto prazo para reverter essa situação. “Esse projeto busca a recuperação de 300 mil hectares de cana, oportunizará a criação de 60 mil empregos por ano, ao longo de três anos, em toda área da zona canavieira do Nordeste, com um investimento de R$ 90 milhões/ano para todos os estados, montante que é bastante viável de ser custeado a partir de uma parceria público/privada”, destacou o consultor.

O senador paraibano elogiou a iniciativa e disse que o projeto terá seu total apoio. “Podem contar comigo no Senado, pois defenderei esse projeto inclusive e principalmente porque tenho convicção que o setor canavieiro é um importante sustentáculo econômico da região e que sua revitalização trará impactos muito positivos ao Nordeste”, destacou Cássio Cunha Lima.

Encaminhamentos do Projeto

Nesta sexta-feira (27), o o governador Paulo Câmara vai se reunir com o ministro Extraordinário da Segurança Pública do Brasil, Raul Jungmann, em Recife, para, entre outras questões, apresentar o projeto, uma vez que a proposta também tem um viés importante na redução da criminalidade. “Esse projeto também contempla duas grandes e importantes questões da atualidade que dizem respeito ao combate ao desemprego e melhoria dos indicadores de segurança pública, isto porque temos hoje 12 milhões de desempregados e problemas graves com segurança pública que também advém desta mazela social de desocupação. Com o Renovar, nos criaremos 60 mil postos de trabalho por ano, ao longo de três anos, em toda área da zona da mata canavieira que, e isso certamente, contribuirá para diminuir essa problemática que hoje afeta toda a sociedade”, argumenta Gregório Maranhão.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

%d blogueiros gostam disto: