Dia das Mães: veja dicas de como comprar melhor

Apesar dos reflexos da crise, data ainda é uma das mais importantes para lojistas e consumidor pode aproveitar para economizar sem abrir mão do presente

Dia das Mães é a segunda data comemorativa que mais movimenta o comércio, perdendo apenas para o Natal. E, mesmo ainda sob os reflexos da crise, os consumidores irão às lojas para encontrar algo que possa agradar as mães. Por isso a PROTESTE, associação de consumidores, separou dicas de como fazer as compras para essa data de forma consciente.

Ir direto ao que deseja comprar: Saber o que vai comprar antes de sair de casa facilita a vida de quem vai presentear e ajuda a economizar. Uma das dicas para acertar no presente é estar atento ao perfil da mãe e, se possível, apurar se ela deseja algo específico que pode evitar uma futura troca ou tempo perdido voltando a uma determinada loja.

Antecipar presentes: Pesquisar em várias lojas e verificar nos sites e é a melhor forma de driblar os preços altos. Sondar três estabelecimentos diferentes já permite avaliar qual o melhor lugar para fazer a compra. Tendo em vista a proximidade da data, caso a compra seja online é preciso certificar-se quanto à data de entrega do presente.

Golpes por e-mail: Um golpe muito comum é o envio de e-mails com promoções que encantam o consumidor. Basta um clique para que os vírus sejam instalados no computador, deixando vulneráveis os dados pessoais e bancários. Compre apenas em sites de lojas conhecidas, que tenham o selo de segurança visível em formato de cadeado na tela do computador, e vale a pena checar qual é o endereço eletrônico, para saber se ele condiz com o nome da loja. Uma outra forma de garantir uma boa compra, é verificar se a barra de endereço do navegador apresenta “https”, que significa ‘navegação segura’.

Compras online: Na hora de fazer compras online, é preciso verificar a reputação da loja em outros sites e rankings. É importante observar se há informações do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) da empresa, com todos os dados disponíveis.

Vale-presente: Caso o consumidor permaneça na dúvida do que comprar, um vale-presente é indicado. Assim, fica mais fácil conciliar o preço e presente certo, para não errar na hora de agradar.

Garantia de troca: Ainda que os consumidores se dediquem a presentear as mães, as escolhas são passíveis de erro. Por isso, garantir que o produto possa ter trocado é indispensável.

Atenção aos prazos: Em compras realizadas pela internet, existe o direito ao arrependimento. É garantido ao consumidor o cancelamento e a devolução do valor gasto dentro do prazo de sete dias, independente da existência de defeitos.

A PROTESTE também separou um conteúdo que pode auxiliar ainda mais o consumidor. Basta acessar aqui.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

%d blogueiros gostam disto: