Connect with us

AGRICULTURA & PECUÁRIA

De negacionistas a QAnon, teorias da conspiração avançam

Cada vez mais pessoas acreditam em coisas que, apenas pouco tempo atrás, seriam consideradas puro absurdo. É urgente combater essa ameaça à democracia, opina Martin Muno

Se apenas alguns anos atrás alguém tivesse afirmado publicamente que uma elite de âmbito mundial mantinha presas crianças sequestradas e as torturava para extrair um elixir da juventude, se teria sugerido que essa pessoa procurasse urgentemente tratamento psiquiátrico. Hoje em dia, segundo uma enquete britânica, 10% de todos os cidadãos dos Estados Unidos se declaram adeptos dessa narrativa de conspiração chamada QAnon.

O movimento também chegou à Alemanha. Segundo pesquisas da Fundação Amadeu António, há no país 150 mil simpatizantes do QAnon, o que caracteriza a Alemanha como sua maior comunidade fora do espaço anglófono.

Um estudo da Fundação Konrad Adenauer indica que cerca de um terço dos alemães está aberto para mitos conspiratórios. Excluídos os menores de 14 anos, isso equivale a cerca de 24 milhões de cidadãos. Outras pesquisas apresentam resultados semelhantes. E também detectam numerosas conexões entre adeptos do QAnon, negacionistas da pandemia e extremistas de direita.

O absurdo a um clique de distância

Como é que um absurdo declarado pode atrair círculos tão grandes, num mundo esclarecido? Afinal, vivemos no século 21, e não na Idade Média. A resposta não é complicada: porque essas asneiras estão a apenas um clique de mouse de distância. As redes sociais, em especial, são um reservatório para informações falsas e teorias de conspiração.

Através de uma análise de dados, o centro de pesquisas Correctiv estabeleceu que o Facebook e o Youtube são as plataformas em que a maioria das potenciais fake news foi difundida em 2020. E elas costumam ser passadas adiante também nos serviços de mensagens como Telegram ou Whatsapp. Cientistas do Massachusetts Institute of Technology (MIT) demonstraram que demora seis vezes mais para alcançar 1.500 indivíduos com uma informação verdadeira do que com uma falsa.

Sobretudo as grandes plataformas sociais se encontram diante de um impasse: por um lado, definem o conceito de liberdade de opinião de forma muito vaga, e muitas vezes acabam entrando nessa categoria notícias falsas e até mesmo xingamentos. O Facebook chegou ao ponto de, até outubro de 2020, se recusar a eliminar de suas páginas a negação do Holocausto, que é passível de pena em 18 países.

Por outro lado, após a última eleição presidencial nos EUA, e o mais tardar em seguida à invasão do Capitólio por massas incitadas por Donald Trump, as redes sociais reconheceram o perigo que representam fake news e ódio.

Holocausto começou com mitos de conspiração

Mas não passa de um começo o fato de agora plataformas isoladas bloquearem as contas de personalidades de maior ou menor destaque, marcarem notícias falsas óbvias com advertências, tentarem também conscientizar as usuárias e usuários de sua carga de responsabilidade.

É preciso acontecerem duas coisas: primeiro, os próprios Facebook e companhia devem ser responsabilizados por postagens de ódio e fake news. A Comissão Europeia tenta isso no momento com o Digital Services Act (DSA). Não é tarefa fácil, já que é extremamente tênue a linha divisória entre coibir notícias falsas e censurar. No entanto, é preciso que seja empreendida.

Por outro lado, é preciso fortalecer a competência midiática, dado que sobretudo os jovens tendem a se informar antes através das mídias sociais do que das tradicionais. Os meios de comunicação clássicos, por sua vez, estão convocados a desenvolver formatos de programas capazes de alcançar melhor a “geração Youtube”.

O combate aos mitos conspiratórios é urgente e importante. Pois eles têm o potencial de destruir democracias, como se viu recentemente em Washington. Na última semana de janeiro, em seu discurso no Parlamento federal alemão, no Dia Memorial do Holocausto, a jovem política Marina Weisband, do Partido Verde, chamou a atenção para esse fato, ao enfatizar que “o antissemitismo não começa quando se dá tiros numa sinagoga”: “A Shoah não começou com câmaras de gás. Ela começa com narrativas conspiratórias.”

Advertisement

TV CÂMARA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA – CMJP AO VIVO

 

CALENDÁRIO

fevereiro 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  

Grupo do Portal Informa Paraíba (Facebook)

Portal Informa Paraíba

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias

TWITTER DO PORTAL INFORMA PARAÍBA

www.informaparaiba.com.br

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias.

Página do Portal Informa Paraíba (Facebook)

Politíca6 horas ago

“Dois anos se passaram e lei que regulamenta comercialização de queijos artesanais não saiu do papel”, denuncia Tovar

Segurança Pública6 horas ago

Segurança pública é tema de visita institucional de gestor municipal ao PGJ

Judiciário6 horas ago

MPPB recomenda aos policiais cautelas para flagrantes em domicílios

ESTADO6 horas ago

Governo do Estado oferece pós-graduação em Gestão de Recursos Hídricos

Segurança Pública6 horas ago

Segurança da PB reforça parceria com Exército durante visita de novo comandante militar do Nordeste

Segurança Pública6 horas ago

Primeira-dama conhece trabalho e ressalta importância da Patrulha Maria da Penha

ENTRETENIMENTO6 horas ago

Terceira Live Solidária terá Mano Walter, Luka Bass e Alex Junior no Celeiro 115 neste sábado (25)

Educação & Cultura6 horas ago

UFPB e Exército brasileiro firmam acordo para realização de estágio curricular

ESTADO6 horas ago

Energisa firma convênio com Prefeitura de Campina Grande para modernizar iluminação do Parque do Povo

CIDADE7 horas ago

Em reunião na Sudema, Marmuthe apresenta demandas e solicita melhorias para profissionais da propaganda volante

CIDADE7 horas ago

Projeto Murais Urbanos estimula artistas e transforma paredes e prédios de Cabedelo em painéis coloridos e atrativos

Saúde7 horas ago

Por que é possível pegar covid mesmo vacinado, como o ministro Queiroga

Nacional7 horas ago

O raro tsunami que atingiu o Brasil em 1755

Nacional7 horas ago

GERAÇÃO C: MARCAS DA PANDEMIA (EPISÓDIO 1)

Saúde7 horas ago

IPEN ANUNCIA SUSPENSÃO DA PRODUÇÃO DE REMÉDIOS PARA TRATAMENTO DO CÂNCER

ECONOMIA7 horas ago

FGV: INFLAÇÃO E DESEMPREGO IMPACTAM NA AGROINDÚSTRIA

Internacional7 horas ago

VULCÃO ‘APAGA’ VILAS DA ILHA DE LA PALMA, NA ESPANHA

Nacional17 horas ago

Na web, Sérgio Camargo aponta ‘hipocrisia do movimento negro’

Nacional17 horas ago

Senado aprova a PEC da reforma eleitoral sem a volta das coligações

ESTADO17 horas ago

Semob-JP celebra convênio com o Detran-PB para unificar competências de fiscalização em João Pessoa

Nacional12 meses ago

Como calcular os votos para eleição de vereador 2020

Internacional11 meses ago

Imagens mostram Joe Biden em atitude imprópria com crianças

Tecnologia8 meses ago

Facebook admite que “cometeu um erro” ao censurar hidroxicloroquina

CIDADE12 meses ago

Juiz vê “gritante contradição” e determina suspensão de pesquisa Datavox em Bayeux sob pena de multa de R$ 100 mil

CIDADE8 meses ago

“Animais jamais serão sacrificados na nossa cidade”, diz prefeito de cidade paraibana de Brejo do Cruz

CIDADE10 meses ago

MAIS UM ESCÂNDALO EM BAYEUX: vereadores são “obrigados” a assinar carta-renúncia e fazer um pré-acordo na tentativa de eleger Noquinha o presidente da Câmara; entenda

Tecnologia9 meses ago

AMPLIAÇÃO DO ACESSO À INTERNET NO CAMPO AUMENTARIA O PIB EM ATÉ 1,2% AO ANO

CIDADE12 meses ago

CONDE – Policia atira por trás e quase assassina Karla Pimentel

Tecnologia3 meses ago

Tecnologia 5G atingirá mais de meio bilhão de assinaturas em 2021

Internacional11 meses ago

Presidente alemão entra em quarentena preventiva

Saúde2 meses ago

Engolir esperma pode ser uma arma contra o coronavírus?

CIDADE10 meses ago

Prefeita do Conde “queima” material escolar de 2021 e compromete ano letivo antes de deixar a prefeitura

ECONOMIA12 meses ago

OS CARROS ELÉTRICOS, A ECONOMIA E A SAÚDE

CIDADE12 meses ago

CONDE – Karla Pimentel tem a maioria dos Condenses ao seu lado, saibam mais

Nacional12 meses ago

Senadores querem voto aberto na eleição da Mesa do Senado

Internacional6 meses ago

Estado alemão expulsa turistas para combater a pandemia

Saúde8 meses ago

Saúde alerta municípios para o risco de coinfecção de dengue e Covid-19

Internacional6 meses ago

Política de migração da UE segue sendo uma tragédia

ESTADO12 meses ago

Governo divulga editais dos prêmios Mestres da Educação e Escola de Valor 2020

Esporte8 meses ago

Nacional de Patos contrata meio-campista campeão estadual pelo Campinense

Nacional7 horas ago

GERAÇÃO C: MARCAS DA PANDEMIA (EPISÓDIO 1)

Saúde7 horas ago

IPEN ANUNCIA SUSPENSÃO DA PRODUÇÃO DE REMÉDIOS PARA TRATAMENTO DO CÂNCER

ECONOMIA7 horas ago

FGV: INFLAÇÃO E DESEMPREGO IMPACTAM NA AGROINDÚSTRIA

Internacional7 horas ago

VULCÃO ‘APAGA’ VILAS DA ILHA DE LA PALMA, NA ESPANHA

ENTRETENIMENTO23 horas ago

ESPECIALISTAS EXPLICAM POR QUE EXISTEM CASAS MAIS FRIAS QUE OUTRAS

ENTRETENIMENTO2 dias ago

POR QUE OS RAROS CAMELOS NADADORES DA ÍNDIA ESTÃO AMEAÇADOS DE EXTINÇÃO

Internacional2 dias ago

ELEFANTES FAZEM TRAJETO DE 500 QUILÔMETROS E ENCONTRAM CAMINHO DE VOLTA

Internacional2 dias ago

AUKUS: O QUE É O PACTO MILITAR ANUNCIADO POR EUA, REINO UNIDO E AUSTRÁLIA

Saúde2 dias ago

‘NÃO É HORA DE RELAXAR RESTRIÇÕES’, DIZ BIOMÉDICA QUE SEQUENCIOU CORONAVÍRUS

Saúde2 dias ago

VARIANTE DELTA NO BRASIL: POR QUE NÃO HOUVE UMA EXPLOSÃO DE INTERNAÇÕES?

Educação & Cultura2 dias ago

FUNDAÇÃO BRADESCO ABRE OPORTUNIDADES PARA ORIENTADORES PEDAGÓGICOS

Saúde3 dias ago

COMO IDENTIFICAR, COMBATER E PREVENIR A TROMBOSE

Nacional3 dias ago

MUDANÇAS CLIMÁTICAS AUMENTAM A SECA EM VÁRIAS REGIÕES DO BRASIL

Judiciário3 dias ago

CÓDIGO DO CONSUMIDOR PRECISA SER MODERNIZADO PARA TRANSAÇÕES ONLINE

Nacional3 dias ago

394 CASOS DA VARIANTE DELTA SÃO CONFIRMADOS EM MINAS GERAIS

Segurança Pública3 dias ago

JORNALISTAS RELIZAM ESTÁGIO DE SELVA NA AMAZÔNIA

Saúde3 dias ago

PRÓPOLIS: o que é, para que serve e como usar

ECONOMIA6 dias ago

O BRASIL ESTÁ EM ESTAGFLAÇÃO?

ECONOMIA6 dias ago

PRODUTOS DE PADARIA PESAM NO BOLSO DO CONSUMIDOR

Saúde6 dias ago

UFMG INVESTIGA COMPORTAMENTO DOS ANTICORPOS NO ORGANISMO DE BEBÊS

Advertisement

INFORMA PARAÍBA

    Advertisement

    Vejam também