Connect with us

Judiciário

Subprocuradores criticam nota da PGR sobre julgamento de “ilícitos” de autoridades

Seis subprocuradores do CSMPF (Conselho Superior do Ministério Público Federal) divulgaram nota nesta 4ª feira (20.jan.2020) na qual manifestam “preocupação” com o posicionamento da PGR (Procuradoria Geral da República) sobre o julgamento de “eventuais atos ilícitos” cometidos por autoridades da “cúpula dos Poderes da República” durante a pandemia.

O órgão foi cobrado a adotar medidas em relação a pressão para a abertura de processo de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. Em nota, divulgada nessa 3ª feira (19.jan.2021), respondeu dizendo que tal atribuição cabe ao Legislativo. A PGR também lembrou que por causa da pandemia foi declarado o estado de calamidade pública e argumenta que essa situação é a “antessala do estado de defesa” –mecanismo previsto na Constituição de restrição de direitos.

Para os subprocuradores, é atribuição da PGR a apuração de crimes comuns e de responsabilidade.

“Referida nota parece não considerar a atribuição para a persecução penal de crimes comuns e de responsabilidade da competência da Supremo Tribunal Federal, conforme artigo 102, I, b e c, da Constituição Federal, tratando-se, portanto, de função constitucionalmente conferida ao procurador-geral da República, cujo cargo é dotado de independência funcional”, afirmaram no texto.

A nota (íntegra – 32KB) foi assinada pelos subprocuradores: José Adonis Callou de Araújo Sá; José Bonifácio Borges de Andrada; José Elaeres Marques Teixeira; Luiza Cristina Fonseca Frischeisen; Mario Luiz Bonsaglia; e Nicolao Dino.

Os subprocuradores citaram ainda trecho da Constituição que trata do julgamento, por crimes comuns, previstos no Código Penal, que podem implicar condenação e prisão de autoridades como o presidente da República e o vice-presidente. Também mencionaram trecho que estabelece a possibilidade de julgamento, por crimes comuns e de responsabilidade, de ministros do Poder Executivo, entre outras autoridades.

Os crimes de responsabilidade ocorrem quando um agente político desrespeita a Constituição. Se condenado, pode sofrer sanções políticas, como a perda do cargo público.

Os integrantes do MP citam ainda a situação crítica do Brasil no enfrentamento à pandemia de covid-19 e mencionaram a “controvertida atuação do governo federal” que, segundo eles, “levou o Supremo Tribunal Federal a proferir decisões que reconhecem a competência concorrente e asseguram que os governos estaduais e municipais adotem as medidas necessárias ao enfrentamento da pandemia, o que evidentemente não exime de responsabilidade o governo federal, conforme ampla e claramente afirmado e reiterado pela Suprema Corte”.

“No Brasil, além da debilidade da coordenação nacional de ações para enfrentamento à pandemia, tivemos o comportamento incomum de autoridades, revelado na divulgação de informações em descompasso com as orientações das instituições de pesquisa científica, na defesa de tratamentos preventivos sem comprovação científica, na crítica aos esforços de desenvolvimento de vacinas, com divulgação de informações duvidosas sobre a sua eficácia, de modo a comprometer a adesão programa de imunização da população”, disseram.

Para os subprocuradores, “não bastassem as manifestações de autoridades em dissonância com as recomendações das instituições de pesquisa”, houve uma “demora ou omissão na aquisição de vacinas e de insumos para sua fabricação, circunstância que coloca o Brasil em situação de inequívoco atraso na vacinação de sua população”.

Eles ainda citaram declarações do presidente Jair Bolsonaro sobre o sistema eleitoral brasileiro e o papel das Forças Armadas.

“De outro lado, e com a mesma gravidade, assistimos a manifestações críticas direcionadas ao TSE e ao sistema eleitoral brasileiro, difundindo suspeitas desprovidas de qualquer base empírica, e que só contribuem para agravar o quadro de instabilidade institucional. Além disso, tivemos recente declaração do senhor Presidente da República, em clara afronta à Constituição Federal, atribuindo às Forças Armadas o incabível papel de decidir sobre a prevalência ou não do regime democrático em nosso país.”

Para os subprocuradores, diante das informações mencionadas, se eventualmente ficar configurado o crime de responsabilidade de um agente político, isso não impede a PGR de verificar também se houve crime comum. Eles afirma que a PGR precisa “cumprir seu papel” e adotar “as necessárias medidas investigativas”.

“É importante recordar as espécies de responsabilidade dos agentes políticos no regime constitucional brasileiro. A possibilidade de configuração de crimes de responsabilidade, eventualmente praticado por agente político de qualquer esfera, também não afasta a hipótese de caracterização de crime comum, da competência dos tribunais”, disseram.

“Nesse cenário, o Ministério Público Federal e, no particular, o Procurador-Geral da República, precisa cumprir o seu papel de defesa da ordem jurídica, do regime democrático e de titular da persecução penal, devendo adotar as necessárias medidas investigativas a seu cargo – independentemente de “inquérito epidemiológico e sanitário” na esfera do próprio Órgão cuja eficácia ora está publicamente posta em xeque –, e sem excluir previamente, antes de qualquer apuração, as autoridades que respondem perante o Supremo Tribunal Federal, por eventuais crimes comuns ou de responsabilidade (CF, art. 102, I, b e c).” 

Os integrantes do MP defenderam ainda que o mais adequado, neste momento de crise, é defender o Estado Democrático de Direito, e não de falar em um “estado de defesa”.

“Consideramos, por fim, que a defesa do Estado democrático de direito afigura-se mais apropriada e inadiável que a antevisão de um ‘estado de defesa’ e suas graves consequências para a sociedade brasileira, já tão traumatizada com o quadro de pandemia ora vigente.”

ASSOCIAÇÃO DOS PROCURADORES

A ANPR (Associação Nacional dos Procuradores República) também divulgou nota em crítica à manifestação da PGR.

A associação cobrou a apuração de responsabilidades pela PGR de eventuais ações e omissões de autoridades que tenham contribuído para o atual estado crítico de expansão da epidemia de covid-19 no país.

“É necessário que seja apurada, portanto, também pelo procurador-geral da República, a responsabilidade por ações e omissões que nos levaram a esse estado de coisas. A sociedade brasileira não admite omissão neste momento”, disse.

Segundo a ANPR, a procuradoria não pode transferir para outras instituições a missão de investigar e processar autoridades públicas.

“Compete ao Ministério Público a prerrogativa inafastável de investigar a prática de crimes e processar os acusados, inclusive aqueles que são praticados, por conduta ativa ou omissiva, por autoridades públicas sujeitas a foro especial por prerrogativa de função. Não se pode abdicar também dessa missão ou mesmo transferi-la a outras instituições”, afirmou.

A associação também criticou a referência feita pela PGR em relação ao “estado de defesa”.

“Qualquer alusão, no atual estágio da democracia brasileira, a estados de exceção, inclusive aqueles previstos na própria Constituição, como os estados de sítio e de defesa, se mostra absolutamente desarrazoada e contrária à missão constitucional que foi incumbida precipuamente à instituição e a todos os seus membros”, disse na nota.

Parceiros

 

Portal Informa Paraíba

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias

ESTADO14 horas ago

Reino Unido segue exemplo brasileiro ao adotar combustível renovável

ESTADO14 horas ago

Programa Nota Cidadã paga prêmios aos ganhadores do mês de fevereiro

Politíca14 horas ago

Senadores Nilda e Veneziano garantem destinação de emendas no valor de R$ 500 mil para instalação da Casa da Mulher Brasileira na PB

CIDADE17 horas ago

A prefeita de Conde, Karla Pimentel, cumpre agenda de reuniões em Brasília

CONCURSO E EMPREGO17 horas ago

João Azevêdo anuncia concurso com 1.400 vagas para a Polícia Civil

Politíca17 horas ago

Vereador visita comunidades alagadas em João Pessoa e distribui alimentos

Politíca17 horas ago

Ruy cobra ações da prefeitura de João Pessoa para ajudar famílias que foram atingidas pelas chuvas

Politíca17 horas ago

Nilda Gondim tem agenda cheia nas comissões em que é titular e nas sessões deliberativas do Senado

CIDADE17 horas ago

Mais de 140 Projetos de Lei seguem para análise das Comissões Permanentes da CMJP

Politíca17 horas ago

Pedro garante R$ 1 milhão dentro das emendas de bancada para o Hospital Universitário Lauro Wanderley

Nacional20 horas ago

Bancadas estaduais terão R$ 241 milhões para emendas impositivas em 2021

Nacional20 horas ago

Pacheco conversa com representantes de municípios e defende reforma tributária

Nacional20 horas ago

Comissões apontam prioridades e definem emendas ao Orçamento 2021

Nacional20 horas ago

Prestação digital de serviços públicos em plataforma única vai a sanção presidencial

Nacional20 horas ago

Relatório e votação da PEC Emergencial ficam para semana que vem

Internacional20 horas ago

Alemão é acusado de espionar no Parlamento para a Rússia

Internacional20 horas ago

Austrália obriga Facebook e Google a pagar por notícias

Internacional20 horas ago

Biden revoga veto de Trump a solicitantes de green card

CIDADE21 horas ago

Primeira Câmara mantém condenação de ex-gestores de Cacimba de Areia por Improbidade Administrativa

CONCURSO E EMPREGO22 horas ago

Prefeitura lança edital para cadastro de reserva de profissionais de saúde

Agricultura e Pecuária7 meses ago

Akatsuki: todos os membros, a história e poderes de cada um | Naruto

Agricultura e Pecuária6 meses ago

Saga Crepúsculo: a ordem correta para assistir aos filmes

Internacional6 meses ago

Polícia invade orgia gay “regada a drogas” de padres do Vaticano

Nacional5 meses ago

Como calcular os votos para eleição de vereador 2020

Saúde7 meses ago

Engolir esperma pode ser uma arma contra o coronavírus?

Internacional4 meses ago

Imagens mostram Joe Biden em atitude imprópria com crianças

Internacional7 meses ago

Cidades dos EUA registram confrontos em atos antirracismo

Judiciário7 meses ago

Política Nacional de Turismo não impede cobrança de direitos autorais em estabelecimentos de hospedagem

CIDADE6 meses ago

Tentaram assassinar a pré-candidata a prefeita da cidade do Conde Karla Pimentel

Internacional7 meses ago

Economia alemã tem retração histórica

Nacional7 meses ago

Estados e municípios poderão ter mais prazo para se adequarem à reforma da Previdência

Segurança Pública6 meses ago

Comando Vermelho vira preocupação de Bolsonaro; entenda

Tecnologia4 semanas ago

Facebook admite que “cometeu um erro” ao censurar hidroxicloroquina

CIDADE1 mês ago

“Animais jamais serão sacrificados na nossa cidade”, diz prefeito de cidade paraibana de Brejo do Cruz

Nacional7 meses ago

Senadores avaliam queda da arrecadação federal e aumento da previsão de deficit

CIDADE5 meses ago

Juiz vê “gritante contradição” e determina suspensão de pesquisa Datavox em Bayeux sob pena de multa de R$ 100 mil

CIDADE3 meses ago

MAIS UM ESCÂNDALO EM BAYEUX: vereadores são “obrigados” a assinar carta-renúncia e fazer um pré-acordo na tentativa de eleger Noquinha o presidente da Câmara; entenda

CIDADE5 meses ago

CONDE – Policia atira por trás e quase assassina Karla Pimentel

Tecnologia2 meses ago

AMPLIAÇÃO DO ACESSO À INTERNET NO CAMPO AUMENTARIA O PIB EM ATÉ 1,2% AO ANO

Internacional4 meses ago

Presidente alemão entra em quarentena preventiva

Nacional2 dias ago

Grupo de trabalho da reforma eleitoral prevê 27 audiências na Câmara e seminários em 4 estados

ECONOMIA2 dias ago

INDÚSTRIA DO 5G DEVE INFLAR PIB GLOBAL EM R$ 38 BILHÕES ATÉ 2030

Saúde2 dias ago

OLFATO E PALADAR PODEM DEMORAR ATÉ 5 MESES A REGRESSAR APÓS COVID-19

Nacional2 dias ago

Lira e Pacheco recebem de Bolsonaro MP que autoriza privatização da Eletrobras

Saúde4 dias ago

ESPECIALISTA EXPLICA COMO NÃO SER ENGANADO NA HORA DA VACINAÇÃO

Tecnologia4 dias ago

CADASTRO ÚNICO

Tecnologia4 dias ago

CARTEIRA DIGITAL DE TRÂNSITO

Internacional7 dias ago

COVID-19: 5 DIAS QUE DETERMINARAM O DESTINO DA PANDEMIA

Esporte7 dias ago

Flamengo x Internacional: Rubro-Negro é quase duas vezes mais valioso que o Colorado, segundo análise de mercado; entenda

Nacional1 semana ago

TODOS OS CORONAVÍRUS DO MUNDO CABEM NUMA LATA DE REFRIGERANTE

ECONOMIA2 semanas ago

ECONOMISTA COMENTA IMINENTE RETRAÇÃO DE 4% DO PIB NACIONAL

ECONOMIA2 semanas ago

ANEEL PRETENDE DEVOLVER AOS CONSUMIDORES R$ 50 BILHÕES COBRADOS NAS CONTA DE LUZ

Educação & Cultura2 semanas ago

POR QUE A IDENTIDADE DE EULER É CONSIDERADA A EQUAÇÃO MAIS BONITA QUE EXISTE

ECONOMIA2 semanas ago

PRÉVIA DO PIB INDICA RETRAÇÃO DE 4% DA ECONOMIA BRASILEIRA

Nacional2 semanas ago

Confira as principais decisões do Senado na semana

Nacional2 semanas ago

Grupo que discute leilão do 5G vai ouvir Ministério da Defesa sobre segurança nacional

Nacional2 semanas ago

Orçamento e reformas são pautas prioritárias no Congresso definidas pelos presidentes

Tecnologia3 semanas ago

O COMPUTADOR E SEUS COMPONENTES BÁSICOS

Judiciário3 semanas ago

Decisão proferida determina multas e até bloqueio judicial de verbas públicas em caso de descumprimento reiterado da liminar

Internacional3 semanas ago

Homem é preso por não usar máscara ao distribuir sopa

Parceiros

IP Facebook

INFORMA PARAÍBA

    Parceiros

    Vejam também

    pt_BRPortuguês do Brasil