Connect with us

Nacional

Relatório e votação da PEC Emergencial ficam para semana que vem

Os senadores Paulo Rocha e Marcio Bittar durante a sessão deliberativa desta quinta-feira

O Plenário do Senado adiou para a próxima terça-feira (2) a apresentação do relatório do senador Marcio Bittar (MDB-AC) para a PEC Emergencial (PEC 186/2019). Com isso, a votação da proposta deve começar na quarta-feira (3). O relator e o governo cederam após pressão dos partidos de oposição, que ameaçaram forçar a passagem da PEC pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ).

A PEC autoriza o governo federal a restabelecer o auxílio emergencial, excluindo a sua despesa do teto de gastos para o ano de 2021. Em contrapartida, ela também estabelece uma série de regras fiscais que têm causado polêmica, como o fim dos investimentos mínimos anuais em educação e saúde e o congelamento dos salários de servidores públicos.

O requerimento para tirar a PEC do Plenário foi apresentado pelo senador Paulo Rocha (PT-PA), que pediu uma discussão mais aprofundada na CCJ, que foi instalada nesta semana. Com isso, o relatório do senador Marcio Bittar seria apresentado primeiro à comissão, em vez de ir a votação no Plenário. O líder do governo na Casa, senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), pediu que o relatório fosse lido ainda nesta quinta-feira (25), mas adiantou que uma nova versão seria apresentada na semana que vem, para contemplar novas emendas que foram apresentadas pelos senadores.

— Nós estamos trabalhando para trazer uma proposta final na segunda-feira [1º], a última proposta, fruto de todas as preocupações que foram expressas aqui por diversos senadores. O relatório [atual] precisa ser lido porque foi o trabalho que [Marcio Bittar] fez ao longo desses últimos dias. Com as emendas apresentadas, eu não tenho dúvida de que ele fará o aprimoramento do texto — disse Bezerra.

A explicação causou dúvidas no Plenário, e os líderes partidários preferiram liberar as suas bancadas na votação do requerimento do senador Paulo Rocha. O senador Izalci Lucas (PSDB-DF), por exemplo, disse acreditar que o fim do piso de gastos com educação e saúde — um dos itens mais criticados em Plenário — será removido no novo relatório. Segundo ele, não faria sentido apresentar um relatório defasado aos senadores.

— Eu entendi que essa questão da educação e da saúde já está liquidada. Acho, sinceramente, que ler um relatório de uma questão que já está liquidada não é correto — ressaltou.

Diante do receio dos colegas, e para evitar que a PEC tivesse que recuar para a CCJ, o senador Fernando Bezerra Coelho concordou em adiar a apresentação do relatório e a sua votação para a semana que vem. Tudo acontecerá diretamente no Plenário.

“Chantagem”

Durante a discussão sobre o adiamento da PEC, os senadores reiteraram as suas críticas aos termos da proposta. Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Zenaide Maia (Pros-RN) questionaram o interesse do governo em vincular o auxílio emergencial a uma reforma orçamentária. Para Zenaide, a atitude configura “chantagem” do Executivo.

— Se o governo tivesse interesse em aprovar o auxílio emergencial, a urgência estaria com uma PEC do auxílio emergencial em separado. Mas ele está exigindo do Congresso Nacional, chantageado, que vote contra a educação, contra a saúde, contra os servidores públicos — protestou ela.

O senador Major Olimpio (PSL-SP) também destacou a interrupção dos reajustes salariais para os servidores públicos como um aspecto negativo da PEC, afirmando que o governo quer “satanizar” a categoria.

— Não vamos permitir que os servidores tenham que pagar de novo a conta da corrupção, da incompetência, dos desvios públicos ao longo de décadas. O que está no relatório é lamentável, um congelamento por mais dois anos subsequentes à calamidade — declarou ele.

O senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) lembrou que o Congresso Nacional aprovou, no ano passado, a constitucionalização permanente do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), iniciativa que seria prejudicada pelos novos termos da PEC Emergencial.

— Se a gente concordar com essa PEC, cheia de “jabutis”, vamos desaprovar o Fundeb. Como é que o Brasil vai entender que, seis meses atrás, nós aprovamos o Fundeb, e, hoje, nós vamos “desaprovar”? — questionou.

O senador Jean Paul Prates (PT-RN) listou outros itens da proposta que ele considera inconvenientes, que chamou de “bodes na sala”. Ele observou que outras despesas de combate à pandemia continuariam restritas pelo teto de gastos, que a PEC cria um “gatilho” de restrição de despesas para estados e municípios e que ela pressiona o governo federal a vender ativos de empresas estatais para conter o crescimento da dívida pública.

— É uma verdadeira concertação em prol do Estado mínimo que está em curso aqui, em plena pandemia, com o auxílio emergencial esperando — protestou.

O senador Fernando Bezerra Coelho defendeu as contrapartidas listadas na PEC, argumentando que elas são necessárias para que o auxílio emergencial seja uma política pública viável pelos próximos meses e para que o Brasil não perca o controle sobre o seu endividamento (a PEC dispõe que o auxílio será financiado pela emissão de créditos extraordinários).

— Um país que tem quase 90% do seu PIB de dívida contraída precisa reforçar os conceitos da responsabilidade fiscal, porque, se não mandarmos essa mensagem de que vamos honrar os compromissos, as expectativas se deterioram — ponderou.

Histórico

A PEC Emergencial foi apresentada em 2019 como parte de um pacote de medidas de reforma fiscal, chamado de Plano Mais Brasil. Originalmente, ela trazia uma série de mecanismos de cortes de gastos que seriam acionados automaticamente de acordo com a situação das contas públicas. A proposta tramitava na CCJ.

Nesse formato, ela chegou a ter um parecer do seu primeiro relator, o senador Oriovisto Guimarães (Podemos-PR), mas, com o agravamento da pandemia, as comissões interromperam suas atividades e a PEC não foi votada. No fim do ano passado, ela foi redistribuída para o senador Marcio Bittar, que também é o relator da proposta da Lei Orçamentária Anual para 2021 (PLN 28/2020). No início deste ano, essa PEC foi convertida no veículo para o novo auxílio emergencial.

Nesse novo formato, o conteúdo original da PEC se transformou em contrapartidas fiscais — entre elas está a limitação de gastos com pessoal. A essas contrapartidas se somaram dispositivos retirados de outra proposta do Plano Mais Brasil, a PEC 188/2019, que trata do pacto federativo. Dela veio a extinção dos gastos vinculados em educação e saúde.

Parceiros
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

TV CÂMARA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA – CMJP AO VIVO

 

CALENDÁRIO

fevereiro 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  

Grupo do Portal Informa Paraíba (Facebook)

Portal Informa Paraíba

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias

Página do Portal Informa Paraíba (Facebook)

Esporte12 horas ago

A pouco mais de 100 dias da Olimpíada, Japão reforça medidas contra a COVID

Esporte12 horas ago

Aston Martin oficializa Nico Hulkenberg como piloto reserva na Fórmula 1

Esporte13 horas ago

Contra atual campeão, Minas busca vaga nas semifinais da Champions League

Esporte13 horas ago

Com dor nas costas, Bruno Soares desiste de torneios na Europa

Esporte13 horas ago

Mineira estoura limite de peso e tem luta cancelada no UFC em Las Vegas

Esporte13 horas ago

De contrato renovado com Minas, Léia projeta mais títulos pelo clube

Esporte13 horas ago

Marcelinho Paraíba relembra sucesso no Sport, prega respeito, mas sonha com classificação do Treze

Nacional13 horas ago

Meta 4: Novo lote envolvendo ações de improbidade traz 34 sentenças de 18 comarcas

CIDADE13 horas ago

Ana Cláudia cobra reabertura dos restaurantes populares em Campina para minimizar sofrimento da população na pandemia

CIDADE13 horas ago

Cejusc Trânsito de Patos e STTrans fortalecem parceria e aperfeiçoam serviços ao usuário

Judiciário13 horas ago

Banco deve indenizar correntista em R$ 10 mil por contratação de empréstimo de forma fraudulenta

ENTRETENIMENTO14 horas ago

Governo realiza etapa final do Festival SIVUC@THON: Arte em Cena Digital e divulga vencedores em transmissão ao vivo

Segurança Pública14 horas ago

Seap-PB implanta novo projeto de reinserção social com reeducandos de Solânea

Esporte14 horas ago

Agora é Lei: 12 de março dia estadual do Jiu –Jitsu Brasileiro

Internacional14 horas ago

Alemanha concede Ordem do Mérito a sobrevivente de Auschwitz

Internacional14 horas ago

Tribunal europeu dá aval a vacinação obrigatória

Internacional14 horas ago

UE pede unidade sobre uso da vacina da AstraZeneca

Internacional14 horas ago

Situação na América do Sul é a mais preocupante, diz agência da OMS

ESTADO14 horas ago

Aesa utiliza aparelho que emite ondas sonoras para medir vazão da água

Judiciário14 horas ago

7 dúvidas frequentes sobre pensão alimentícia

Agricultura e Pecuária8 meses ago

Akatsuki: todos os membros, a história e poderes de cada um | Naruto

Agricultura e Pecuária7 meses ago

Saga Crepúsculo: a ordem correta para assistir aos filmes

Internacional8 meses ago

Polícia invade orgia gay “regada a drogas” de padres do Vaticano

Saúde8 meses ago

Engolir esperma pode ser uma arma contra o coronavírus?

Nacional6 meses ago

Como calcular os votos para eleição de vereador 2020

Internacional5 meses ago

Imagens mostram Joe Biden em atitude imprópria com crianças

Internacional9 meses ago

Cidades dos EUA registram confrontos em atos antirracismo

CIDADE8 meses ago

Tentaram assassinar a pré-candidata a prefeita da cidade do Conde Karla Pimentel

Judiciário9 meses ago

Política Nacional de Turismo não impede cobrança de direitos autorais em estabelecimentos de hospedagem

Internacional8 meses ago

Economia alemã tem retração histórica

Segurança Pública8 meses ago

Comando Vermelho vira preocupação de Bolsonaro; entenda

Nacional8 meses ago

Estados e municípios poderão ter mais prazo para se adequarem à reforma da Previdência

Tecnologia2 meses ago

Facebook admite que “cometeu um erro” ao censurar hidroxicloroquina

CIDADE3 meses ago

“Animais jamais serão sacrificados na nossa cidade”, diz prefeito de cidade paraibana de Brejo do Cruz

CIDADE6 meses ago

Juiz vê “gritante contradição” e determina suspensão de pesquisa Datavox em Bayeux sob pena de multa de R$ 100 mil

Nacional9 meses ago

Senadores avaliam queda da arrecadação federal e aumento da previsão de deficit

CIDADE4 meses ago

MAIS UM ESCÂNDALO EM BAYEUX: vereadores são “obrigados” a assinar carta-renúncia e fazer um pré-acordo na tentativa de eleger Noquinha o presidente da Câmara; entenda

Tecnologia3 meses ago

AMPLIAÇÃO DO ACESSO À INTERNET NO CAMPO AUMENTARIA O PIB EM ATÉ 1,2% AO ANO

CIDADE6 meses ago

CONDE – Policia atira por trás e quase assassina Karla Pimentel

Agricultura e Pecuária8 meses ago

30 espécies de morcegos muito bizarras para serem consideradas morcegos

Tecnologia1 dia ago

PROFISSIONAIS DE TECNOLOGIA SÃO OS MAIS PROCURADOS DURANTE A PANDEMIA

Saúde1 dia ago

COMEÇAM A SURGIR CASOS DE PESSOAS QUE MORRERAM POR COVID-19 APÓS SEREM VACINADAS

ECONOMIA1 dia ago

PRAZO PARA DECLARAR IR É PRORROGADO ATÉ 31 DE JULHO

Saúde1 dia ago

COVID-19: MÉDICOS E PESQUISADORES ESTUDAM SEQUELAS DA DOENÇA NO ORGANISMO

Internacional1 dia ago

MUNDO VIVE TENSÃO SOCIAL E ECONÔMICA EXTREMA, DIZ FMI

Educação & Cultura1 dia ago

[VÍDEO] Aposentadoria do professor servidor público: caso prático

ECONOMIA3 dias ago

PARA ONDE VAI O DÓLAR? ANALISTAS EXPLICAM O QUE DEVE IMPACTAR A MOEDA EM 2021

Saúde3 dias ago

SEDENTARISMO É RESPONSÁVEL POR GRANDE PARTE DAS MORTES POR PATOLOGIAS

ECONOMIA3 dias ago

PREÇO DE COMBUSTÍVEIS NO BRASIL E NO MUNDO

Educação & Cultura3 dias ago

CAI O PERCENTUAL DE INTERESSADOS EM CURSAR ENSINO SUPERIOR EM 2021

Educação & Cultura3 dias ago

O QUE É SOCIAL-DEMOCRACIA?

Saúde4 dias ago

ESPECIALISTA TIRA DÚVIDAS SOBRE ANOREXIA E BULIMIA

Educação & Cultura4 dias ago

BRASIL NA ESCOLA INVESTE NOS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

Tecnologia4 dias ago

INPE: AUMENTO DA POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA CAUSA MAIOR INCIDÊNCIA DE RAIOS NO BRASIL

Educação & Cultura4 dias ago

MEC OFERECE CURSOS ONLINE PARA AJUDAR NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO

ECONOMIA4 dias ago

CURSO ONLINE INTELIGÊNCIA DE MERCADO – COMO ACESSAR O MERCADO EM TEMPOS DE CRISE

ENTRETENIMENTO4 dias ago

PLATEIA VIRTUAL PAGA POR INGRESSOS DE ESPETÁCULOS EM APLICATIVOS

Nacional6 dias ago

O papel do SUS no combate à pandemia

Educação & Cultura6 dias ago

PATRIMÔNIO DA HUMANIDADE: PANTANAL TAMBÉM É RICO EM CULTURA

Internacional6 dias ago

COMO MORTES POR COVID-19 NO REINO UNIDO DESABARAM DE 1,2 MIL A MENOS DE 20

Parceiros

INFORMA PARAÍBA

    Parceiros

    Vejam também

    pt_BRPortuguês do Brasil
    Powered by TranslatePress »