Connect with us

Educação & Cultura

Como um imperador romano pode nos ajudar a construir resiliência nos filhos em tempos de pandemia

6 princípios estóicos para ensinar às crianças.

Meu filho adolescente, vendo a cena de um seriado em que um grupo de jovens estava rindo e conversando em um campus movimentado, comentou: “É tão estranho ver isso… O mundo não é mais assim, parece que tem algo de errado nesta cena”.

Para os adultos, especialmente os mais extrovertidos, estar entre amigos faz falta. Para crianças e adolescentes é mais que isso: é uma necessidade. O que a família pode oferecer vai até um ponto. É no meio social que eles descobrem motivação para aprender, descobrem quem são, do que gostam, o que querem.

Então é normal que, mesmo no conforto de seus quartos, tendo conquistado horas extras de games e mantendo algum contato virtual com colegas, eles vivenciem, neste período, momentos de desânimo e desmotivação.

Se há algo que torna mais fácil essa fase – e não apenas para os jovens – é passar por ela coletivamente. Isso faz que todos percam um pouco o direito de reclamar. Mesmo inconscientemente, sabemos que temos a responsabilidade de fazer o mínimo que podemos para evitar que o ano se torne ainda mais pesado, e esse mínimo é monitorar nossas doses diárias de lamentações. Claro que há aqueles de natureza reclamona, mas aos poucos até eles vão se dando por vencidos.

As próprias crianças percebem isso: se todas as outras estão na mesma situação, é porque não adianta reclamar.

“O que nos faz amargos geralmente não é uma situação em si, mas o fato de nos sentirmos injustiçados ou em desvantagem com relação aos outros. Quando todos saem perdendo, ninguém mais é vítima.”

É claro que o fato de meu filho ter considerado utópica uma cena de pessoas felizes reunidas aperta um pouco o coração. Para crianças, os meses são longos, pois a percepção de tempo é diferente. Claro que lamento a ausência da alegria que os amigos trazem para o dia a dia dele; e que lamento por todas as crianças a privação de estarem entre colegas, brincarem no parque, ensaiarem para apresentações.

Mas lamentar não é só é inútil, como alimenta o sentimento que nos incomoda. Podemos reagir de forma diferente ao coração apertado diante dos filhos tristes ou às nossas próprias frustrações, que neste ano estão difíceis de contar. A forma como reagimos é o modelo que apresentamos às crianças de como lidar com adversidades. Isso não significa que nós, adultos, temos todas as respostas e que não devemos, também, ter um modelo a seguir.

Ter um guia para enfrentar dificuldades da vida pode nos ajudar a evitar muitos tropeços e a nos refazermos depois das quedas. Minha sugestão, inspirada nas incertezas e inseguranças que passaram a nos assombrar mais intensamente neste ano, é buscarmos ajuda daqueles que dedicaram sua vida a descobrir e a ensinar como enfrentar adversidades de forma sábia, sem perder a tranquilidade, o equilíbrio mental e a capacidade de tomar boas decisões.

Quem pode nos guiar com maestria por esse conhecimento são os filósofos estóicos – mais especificamente aquele que pôde colocar as ideias estóicas na prática em situações extremas, sendo imperador de um reino que vivia uma época marcada por invasões violentas e uma pandemia devastadora, causadora de aproximadamente 5 milhões de mortes.

Marco Aurélio, o imperador filósofo, que governou Roma entre 161 e 180 d.C, teve muitas oportunidades de perder a cabeça e se deixar comandar pelo medo, raiva ou vaidade, como muitos fizeram naquela época tão marcada por conflitos violentos. Dizem, no entanto, que ele nunca perdeu a tranquilidade e o bom senso, mesmo tendo passado por inimagináveis situações de sofrimento, como a perda dos filhos e ver seu império em guerras. Talvez nós, que perdemos completamente a calma quando um voo é cancelado ou quando os planos são adiados, possamos aprender a pensar um pouco mais como ele.

O imperador recorreu aos estóicos, mais especificamente Sêneca e Epiteto, para formar seu caráter. E, com as constantes provações pelas quais passou, pôde também somar seus próprios pensamentos e práticas à filosofia.

Resumi parte de seus ensinamentos, que podem nos ser esclarecedores em momentos de ansiedade ou tristeza, em 6 princípios estóicos. Por serem muito práticos, servem como passos que podemos exercitar e que, desde cedo, podem ser ensinados às crianças.

1. Aceite que a vida sempre trará adversidades e sofrimento.

Imaginar que felicidade é um estado constante ou um ideal a ser conquistado é ingenuidade e contraprodutivo. Quando mais a perseguimos, mais ela escapa, pois essa busca traz frustração constante.

Essa é uma mensagem importante de se passar às crianças desde cedo. Sentimentos presumidamente opostos fazem parte da mesma composição, um permitindo a existência do outro. Ninguém é corajoso sem ter experiência do medo, assim como não existe felicidade sem a tristeza ou força sem dor.

2. Tenha em mente que o objetivo da vida é ação

Se felicidade não é um objetivo a se almejar, o que verdadeiramente nos motiva a sair da cama de manhã? Para os estóicos, o propósito que nos move é a sabedoria, é podermos nos tornar melhores e mais fortes. Marco Aurélio falava em ação. Agir de forma sábia em todas as situações é cumprir nosso propósito de deixar o mundo um lugar um pouco melhor. E para agir de forma sábia, é necessário o esforço e o sofrimento.

Às crianças, podemos ensinar isso valorizando o que elas fazem pelos outros, reconhecendo seu esforço, elogiando sua coragem de aceitar desafios, de arriscar e errar.

3. Tenha confiança de que é mais resiliente que imagina.

Essa é a boa notícia dos estóicos. Quando aprendemos a confiar na nossa capacidade de recomposição e de adaptação às circunstâncias, avançamos com coragem. Não à toa, estoicismo é fortemente associado à resiliência mental – e também física.

Um estóico, ao levar o filho para ganhar uma injeção, não diria para não ter medo, porque não vai doer. Diria que é possível que doa, mas a dor é uma sensação que faz parte da vida; ele irá aguentar porque é forte e logo passará.

4. Não lamente os infortúnios.

Os estóicos tinham consciência da relação da linguagem com o pensamento que, por sua vez, influencia os sentimentos. Lamentações e reclamações são uma forma de alimentar as sensações que queremos evitar. Eles já sabiam o que viemos constatar recentemente com a neurociência: palavras não apenas refletem os sentimentos, mas ajudam a construi-los e a definir as situações como boas ou ruins.

O alívio momentâneo que uma queixa pode trazer não vale o prolongamento de um sentimento que não faz bem. O melhor a pensar, segundo Marco Aurélio, é que não são as circunstâncias que são boas ou ruins e sim o julgamento que fazemos delas. “Ao invés de lamentar o infortúnio, contente-se com o fato de ser capaz de enfrentá-lo com tranquilidade.”

Esse ensinamento pode ser traduzido de uma forma bem simples para a linguagem das crianças: sabe como as convencemos a tomar remédio dizendo que é amargo na hora, mas depois nos faz sentir melhor? Reclamar é o contrário de remédio: pode aliviar na hora, mas faz a gente se sentir pior depois.

5. Reflita se você tem realmente algum controle sobre a situação.

Isso te fará concluir que quase nunca tem. Então simplesmente aceite e deixe passar. Por mais que gostaríamos, não temos controle sobre as pessoas e muito menos sobre situações que acontecem com a gente. Podemos, no máximo, servir como influência aos outros.

Nem mesmo sobre o que sentimos depende de nós. Marco Aurélio lembra que os sentimentos não nos definem e sim nossas ações, pois é sobre elas que temos controle.

Com crianças, podemos exercitar essa prática mostrando a elas que é normal que coisas que nos deixam tristes ou com medo, que muitas vezes não é culpa de ninguém e que vai passar.

6. Considere a possibilidade de situações e pessoas te decepcionarem.

Parece pessimismo? Não gastamos uma quantidade razoável de dinheiro em seguros? Eles não servem para nos desanimar e sim para nos tranquilizar, pois nos sentimos mais preparados para enfrentar um incidente.

A ansiedade é, de forma talvez paradoxal, bem maior quando a expectativa que construímos é muito alta e não nos preparamos para o fracasso da investida. Nesse caso, abrimos espaço para que mais coisas deem erradas e, quando isso acontece, nos sentimos injustiçados e despreparados. Isso é válido para tudo – de um relacionamento a morte.

Não contemplar a possibilidade de adversidades acontecerem com a gente não significa que nosso inconsciente não está fazendo esse trabalho por nós, mas de uma forma que promove ansiedade e nos afasta cada vez mais da realidade. Marco Aurélio acordava todos os dias e, como um exercício, lembrava-se de que certamente iria lidar com pessoas egoístas e mal-intencionadas.

Podemos ensinar desde cedo as crianças a considerarem a possibilidade de planos darem errado sem que isso seja o fim do mundo, dizendo coisas como “Se der errado, não faz mal, tenta novamente”; “a vida nem sempre é justa, quanto mais cedo você se acostumar com isso menos vai sofrer” ou “deu errado? Que bom, você aprendeu com isso”.

Continue Reading
Advertisement

Relógio

Grupo do Portal Informa Paraíba (Facebook)

Portal Informa Paraíba

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias

TWITTER DO PORTAL INFORMA PARAÍBA

www.informaparaiba.com.br

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias.

Página do Portal Informa Paraíba (Facebook)

CIDADE5 horas ago

Sara Cabral lidera pesquisa DataVox em Bayeux com ampla vantagem

ENTRETENIMENTO6 horas ago

Projeto da FLIC usa o cinema para discutir temas do Enem

ENTRETENIMENTO6 horas ago

Música, performance e circo na programação do Viva Usina

ENTRETENIMENTO6 horas ago

Concerto da Orquestra Sinfônica da Paraíba tem músicas de Mozart, Beethoven e Villa-Lobos

Politíca6 horas ago

Projeto de Jutay proíbe reconhecimento facial ou biometria para garantir bem-estar de deficientes e neurodivergentes

Politíca13 horas ago

Gervásio debate desafios e oportunidades para o país com principais lideranças políticas e empresariais

Internacional13 horas ago

Elon Musk pode comprar a Globo? Entenda a possibilidade com base na Constituição

CIDADE18 horas ago

Feira Móvel do Produtor estreia na Feira de Jaguaribe nesta quarta-feira

ESTADO18 horas ago

Governo da Paraíba divulga resultado parcial do edital do Programa Paraíba sem Fronteiras

AGRICULTURA & PECUÁRIA18 horas ago

Asplan comemora tramitação do PL que pune invasores de terras e diz é preciso aprovação para aumentar segurança no campo

CONCURSO E EMPREGO18 horas ago

Prefeito ressalta geração de empregos durante visita às obras de expansão da empresa AeC

CIDADE18 horas ago

Prefeitura de João Pessoa e CMS iniciam Conferência sobre ‘Gestão do Trabalho e Educação na Saúde’ 

CIDADE18 horas ago

Hospital Municipal Padre Alfredo Barbosa inicia atendimentos em urgência, emergência, Raio X e Ultrassom

ESTADO18 horas ago

Governo da Paraíba intensifica obras em aeródromos estaduais

Nacional19 horas ago

CCJ da Câmara deve votar projetos contra invasões de terras

Judiciário19 horas ago

Presidente do TRE-PB inspeciona atendimento eleitoral no Espaço Cultural

CIDADE19 horas ago

CCJ aprecia 30 matérias na reunião da CMJP

ESTADO19 horas ago

Clubes e entidades assinam o termo do programa Paraíba Esporte Total nesta terça-feira (23)

ESTADO19 horas ago

Artesanato paraibano conquista Reconhecimento de Excelência da Unesco e do Conselho Mundial do Artesanato

ESTADO20 horas ago

Paraíba teve mais de 5,5 mil contratos renegociados pelo Desenrola FIES

CIDADE20 horas ago

Prefeitura lança edital 2024 do Apoio Universitário para 300 estudantes e programa chega à marca de 735 beneficiados

ESTADO20 horas ago

Governo realiza última rodada de consultas públicas sobre gestão dos recursos hídricos das Bacias Hidrográficas Litorâneas

ESTADO20 horas ago

Paraíba registra aumento de mais de 40% na quantidade de descargas atmosféricas no primeiro trimestre de 2024

Politíca20 horas ago

Veneziano homenageia 376 anos do Exército Brasileiro e enaltece postura atual das Forças Armadas, em defesa da Constituição e da democracia

Politíca20 horas ago

Murilo lamenta falecimento de Agassiz Almeida e destaca trajetória política do ex-sogro em defesa da democracia

Politíca20 horas ago

Família, amigos e autoridades se despedem do ex-deputado Agassis Almeida em velório na ALPB

Politíca20 horas ago

Tovar integra grupo de 63 políticos que participaram da I Romaria dos Parlamentares

ENTRETENIMENTO20 horas ago

Quinteto Uirapuru se apresenta na Igreja da Guia, nesta sexta, 26 – É o projeto “Templos de Fé e Música” que une arte e educação

Nacional20 horas ago

Censura no Brasil pode resultar no impeachment de Alexandre de Moraes?

Nacional20 horas ago

Janja leva Lula ao Palácio do Planalto em carro de R$ 449 mil

Internacional9 meses ago

Cidade alemã passa a distribuir gratuitamente filtro solar

Internacional10 meses ago

IMPRESSIONANTE – GOVERNO CANADENSE ADMITE: “Os não vacinados estavam certos sobre as vacinas de mRNA”

Judiciário11 meses ago

Escravizados

ENTRETENIMENTO9 meses ago

JIBÓIA

ENTRETENIMENTO10 meses ago

Exorcista: filme “Nefarious” é “o melhor já produzido” sobre possessão demoníaca

AGRICULTURA & PECUÁRIA4 meses ago

Com produtor revisando tamanho da safra, 2024 inicia cercado de incertezas para a soja

Nacional9 meses ago

CNS reconhece religiões afro como complementares ao SUS

ENTRETENIMENTO7 meses ago

Conheça Rocco, um cão mistura de rottweiler com husky siberiano: ‘Parece o Batman’

Internacional3 meses ago

Secretário-geral da ONU condena atos criminosos no Equador

CONCURSO E EMPREGO4 meses ago

Carreiras em Extinção? Veja Quais Podem Sumir

ECONOMIA4 meses ago

Calendário do Bolsa Família 2024: saiba quando você vai receber

Internacional4 meses ago

Fome já é generalizada em Gaza, alerta ONU

CIDADE12 meses ago

Sapé: ex-candidato a prefeito Luizinho, vice e coligação são condenados a pagar R$ 300 mil por infringir norma eleitoral e sanitária

Nacional11 meses ago

Bomba: Alexandre de Moraes monitorava todos os passos de funcionários do gabinete de Bolsonaro e da primeira-dama desde 2021, diz Folha

AGRICULTURA & PECUÁRIA4 meses ago

Número de IGs cresceu 60% em quatro anos no Brasil

CIDADE4 meses ago

Polêmica em Princesa Isabel: Vereadores aprovam aumento salarial próprio e do Executivo

Judiciário8 meses ago

Informativo destaca não exigência de provas para fixação de indenização mínima por danos morais

Nacional11 meses ago

Lira manda novo recado ao governo Lula: “grande resistência entre os parlamentares”

Saúde4 meses ago

OS PRINCIPAIS LEGUMES E VERDURAS QUE AJUDAM A PREVENIR DOENÇAS CRÔNICAS

Judiciário7 meses ago

Entender Direito: especialistas discutem os embargos de divergência

Internacional4 meses ago

Israel quer controlar e fechar fronteira entre Gaza e Egito

ENTRETENIMENTO4 meses ago

HORTÊNSIAS

Educação & Cultura4 meses ago

Campina Grande entra na disputa e poderá ser escolhida para receber nova Escola de Sargentos do Exército após impasse em Pernambuco

Segurança Pública12 meses ago

Conheça as 6 piores prisões do mundo

Nacional10 meses ago

Relator lê parecer sobre indicação de Cristiano Zanin ao STF; sabatina está marcada para 21 de junho

Internacional4 meses ago

“Perdas, dor e angústia” após ataques aéreos marcam o início do ano na Ucrânia

Educação & Cultura10 meses ago

Novo ensino médio precisa levar em conta realidade de alunos e municípios, aponta debate

Nacional11 meses ago

Repórter da TV Globo é agredida por segurança de Maduro após questionamento

CIÊNCIA & TECNOLOGIA4 meses ago

Vale a pena usar um gerador de conteúdo para redes sociais?

Nacional11 meses ago

URGENTE: Receita diz que joias sauditas dadas a Bolsonaro são isentas de cobrança de imposto 

Nacional22 horas ago

DESIGUALDADE PERSISTENTE NO BRASIL: LUZ E SOMBRA EM 2023

CIÊNCIA & TECNOLOGIA22 horas ago

AVIAÇÃO AGRÍCOLA BRASILEIRA TEM PILOTOS MULHERES

ENTRETENIMENTO22 horas ago

PLANTEI ORQUÍDEA NO VASO DE BARRO PARA MORANGOS

Saúde22 horas ago

MOSQUITO AEDES AMEAÇA A 4 BILHÕES E TRAZ DOENÇAS ATRAVÉS DE BAGAGENS

Segurança Pública22 horas ago

PIRATARIA: BRASIL PERDE QUASE R$ 500 BILHÕES COM O COMÉRCIO ILEGAL DE PRODUTOS E

ECONOMIA4 dias ago

PRAZO PARA A DECLARAÇÃO DO IR SE ESTENDE ATÉ O DIA 31 DE MAIO

ENTRETENIMENTO4 dias ago

12 PLANTAS PARA AMBIENTES SOMBREADOS OU INTERNOS

Internacional4 dias ago

A ESTRATÉGIA DE VLADIMIR PUTIN PARA SE MANTER NO COMANDO DA RÚSSIA

Educação & Cultura4 dias ago

OS CABOCLOS – 2003

CIÊNCIA & TECNOLOGIA4 dias ago

ENERGIA LIMPA SE TORNA UM MOTOR DE CRESCIMENTO GLOBAL: 10% DO PIB EM 2023

Educação & Cultura5 dias ago

CURSOS PRIVADOS SÃO INFERIORES À EDUCAÇÃO PÚBLICA, APONTA MEC

CIÊNCIA & TECNOLOGIA5 dias ago

CIENTISTAS ESTUDAM PESSOAS CENTENÁRIAS EM BUSCA DO SEGREDO DA LONGEVIDADE

Internacional5 dias ago

EMBRANQUECIMENTO DAS BARREIRAS DE CORAL CAUSAM MORTALIDADE DE VIDA MARINHA

ENTRETENIMENTO5 dias ago

BASENJI: O MISTERIOSO CÃO AFRICANO COM 4000 ANOS DE HISTÓRIA

Educação & Cultura5 dias ago

BALSEIROS DO RIO URUGUAI – 2006

Educação & Cultura1 semana ago

REI DOS VESTIBULARES: ADOLESCENTE DE 15 ANOS É APROVADO EM 18 UNIVERSIDADES

ENTRETENIMENTO1 semana ago

JUMENTO NORDESTINO: A VERDADE SOBRE O HERÓI DO SERTÃO

Internacional1 semana ago

COINCIDÊNCIAS, O INEXPLICÁVEL

Politíca1 semana ago

200 ANOS DO SENADO

CIDADE1 semana ago

ESTUDO DA UFAL REVELA EXPANSÃO DAS ÁREAS ÁRIDAS NO NORDESTE BRASILEIRO

Segurança Pública1 semana ago

COMO ANALISAR E EVITAR GOLPES DO PIX

Saúde1 semana ago

UMA SEGUNDA INFECÇÃO POR DENGUE PODE SER PIOR DO QUE A PRIMEIRA?

ECONOMIA1 semana ago

IMPOSTO DE RENDA: RECEITA FEDERAL AUMENTA LIMITE DE ISENÇÃO DE IMÓVEIS

Internacional2 semanas ago

O PIOR LUGAR DO MUNDO PARA SER MULHER?

Saúde2 semanas ago

CIÊNCIA PODE ESTAR PERTO DE DESCOBRIR ORIGEM DE TRANSTORNOS ALIMENTARES

Saúde2 semanas ago

POR QUE O BRASIL TEM RECORDE DE CASOS DE DENGUE?

Nacional2 semanas ago

SOTAQUE CARIOCA: POR QUE SE FALA CHIADO NO RJ?

Saúde2 semanas ago

O QUE O CAFÉ FAZ REALMENTE COM O SEU CORPO

ENTRETENIMENTO2 semanas ago

RECEITA DA COCADA DE MARACUJÁ

Saúde2 semanas ago

IBGE APONTA QUE 60% DA POPULAÇÃO BRASILEIRA ADULTA ESTÁ ACIMA DO PESO

Advertisement
Advertisement

Vejam também

Somos o Portal Informa Paraíba, uma empresa de marketing e portal de informações que oferece um noticioso com assuntos diversos. Nosso objetivo é fornecer conteúdo relevante e atualizado para nossos leitores, mantendo-os informados sobre os acontecimentos mais importantes. Nossa equipe é composta por profissionais experientes e apaixonados por comunicação, que trabalham incansavelmente para oferecer um serviço de qualidade. Além disso, estamos sempre em busca de novas formas de melhorar e inovar, para podermos atender às necessidades e expectativas de nossos clientes. Seja bem-vindo ao nosso mundo de informações e descubra tudo o que o Portal Informa Paraíba tem a oferecer. Fiquem bem informados acessando o Portal Informa Paraíba: www.informaparaiba.com.br