Connect with us

Educação & Cultura

Câmbio flutuante: entenda o que é e como esse regime funciona

Existem diferentes formas de regular as ondulações e o câmbio flutuante é uma das opções. Você sabe como ele funciona?

O valor das moedas internacionais, principalmente o dólar, traz diversos impactos para o dia a dia de empresários e investidores. Dessa forma, é fundamental entender como funciona as variações da moeda. Existem diferentes formas de regular as ondulações e o câmbio flutuante é uma das opções. Você sabe como ele funciona?

Ele é considerado um dos mais adequados para os mercados desenvolvidos e com maior estabilidade, mas gera algumas dúvidas. No entanto, como isso afeta negócios, investimentos e, até mesmo, o turismo, é importante entender o seu funcionamento.

Pensando nisso, preparamos este conteúdo para esclarecer as principais dúvidas sobre o câmbio flutuante e as transações internacionais. Continue a leitura e se informe!

O que é o câmbio flutuante?

O câmbio flutuante foi adotado como regime oficial no Brasil em 1999 e é um dos mais utilizados entre os países com economia estável. Nesse caso, o governo não tem controle sobre as operações de compra e venda de moeda, o que faz com que o preço varie constantemente — por isso a utilização do termo “flutuante”.

Esse regime cambial se baseia na oferta e demanda, de modo que a busca pela compra aumenta o valor da moeda, enquanto a queda no número de compradores também faz com que o preço diminua. Da mesma forma, quando a moeda tem maior disponibilidade no mercado o seu preço é reduzido, e quanto existe uma menor quantidade, o seu valor aumenta.

Isso acontece por um motivo simples — a grande procura e/ou a baixa quantidade de moedas estimula os compradores a oferecerem valores e permite que os vendedores aumentem o preço. Assim, o câmbio flutuante permite o desenvolvimento de uma relação livre no mercado, com independência para que os agentes econômicos operem as moedas.

O que afeta o valor do câmbio flutuante?

O câmbio flutuante é afetado pelas operações de compra e venda realizadas. No Brasil, podemos classificar os agentes envolvidos como demandantes, que englobam investidores brasileiros que aplicam em ativos do exterior, turistas brasileiros, empresas importadores etc., e ofertantes, como os investidores estrangeiros, turistas que visitam o Brasil e exportadores.

Contudo, além dos agentes econômicos citados, existem outros fatores que trazem impactos para o câmbio flutuante e influenciam no valor das moedas. Conheça os principais:

  • inflação no país;
  • nível de emprego e de renda;
  • taxa de juros interna e externa;
  • política fiscal e monetária adotada;
  • número de importações e exportações;
  • fluxo de turistas;
  • investimentos estrangeiros;
  • número de imigrantes e residentes fora do país.

Qual a diferença entre câmbio flutuante e câmbio fixo?

Outro regime de câmbio comum e que gera algumas dúvidas é o fixo. Nele, a taxa é fixada pelo governo e não varia conforme as operações feitas com a moeda e a demanda, permanecendo sempre a mesma. O mercado financeiro não tem autonomia para regular as cotações, então o Estado tem uma atuação maior na regulamentação. Basicamente, ele é o oposto do câmbio flutuante.

Também existe um terceiro regime cambiário, considerado intermediário ou misto. Apesar de não ser reconhecido oficialmente, ele é adotado em alguns lugares e conhecido como “flutuação suja” ou ” dirty float”.

Nesse caso, apesar do país adotar o câmbio flutuante, o Estado ainda interfere por meio da manipulação da moeda disponível. A ideia é que a instituição monetária dominante do país consiga controlar o câmbio diante de grandes variações da moeda.

Flutuação suja no Brasil

Na verdade, esse é exatamente o regime adotado no Brasil. Não é incomum se deparar com notícias a respeito de intervenções do Banco Central (Bacen), como a compra e venda de moedas, a fim de evitar a desvalorização ou supervalorização.

O objetivo é reduzir os riscos nas operações financeiras, como investimentos, empréstimos e negociações feitas entre brasileiros e estrangeiros. Portanto, apesar de não ser uma intervenção direta no câmbio feita pelo Estado, a flutuação não acontece de forma totalmente livre e pode impactar a inflação do país.

Quais as vantagens do câmbio flutuante?

O regime flutuante é o mais adotado porque apresenta alguns benefícios. O primeiro, sem dúvidas, é que ele se ajusta livremente conforme o próprio mercado. Esse tipo de câmbio evita ataques especulativos por investidores estrangeiros, que acontece quando eles provocam a desvalorização de uma moeda propositalmente.

A flutuação do câmbio reduz os riscos de impactos sofridos em decorrência de crises estrangeiras, protegendo o país dos efeitos que os problemas externos podem trazer. Também não é necessário que seja feita uma gestão internacional das taxas de câmbio, como no caso das intervenções do Fundo Monetário Internacional (FMI).

As intervenções feitas pelo banco central, quando acontecem, são menos frequentes e não é preciso fazer restrições no fluxo de capital, melhorando a eficiência do mercado. Outra vantagem é a flexibilidade e a adaptação de preços, já que a economia se molda às condições do mercado considerando os cenários interno e externo. 

Além disso, os bancos centrais dos Estados conseguem promover as políticas monetárias com maior liberdade, já que o Governo não precisa interferir diretamente no câmbio. As medidas adotadas podem focar em questões como ajustes fiscais ou estabilização de preços, sem tanto foco nas variações da moeda. Por fim, esse regime garante uma visão mais realista do mercado, refletindo a real situação econômica.

Quais as desvantagens desse regime de câmbio?

Existem algumas desvantagens nesse regime cambial que devem ser consideradas. A primeira trata da segurança em investimentos e negociações realizadas em outras moedas. Como elas variam de acordo com o mercado e mudam diariamente, isso traz um pouco de incerteza e pode se tornar um aspecto negativo. Aqui, a solução é acompanhar o mercado para entender as tendências e conseguir elementos para embasar as decisões.

Outra desvantagem é que o regime flutuante dificulta a estabilização cambial, caso necessário, que poderia ajudar nas atividades econômicas do país em determinados períodos. Por exemplo, desvalorização forçada da moeda pode ajudar na produção interna e estimular a economia. Aqui, o câmbio fixo poderia trazer benefícios para a economia do país.

Como garantir as melhores condições em transações internacionais?

Acompanhar o câmbio é fundamental para quem trabalha com transações internacionais, como investimentos, importação ou exportação. A preocupação também é comum entre as pessoas que pretendem fazer viagens para o exterior, realizar intercâmbios ou, até mesmo, mudar para outro país.

As variações da moeda afetam o planejamento financeiro, as obrigações assumidas e os rendimentos obtidos, então é importante acompanhar o mercado e compreender como funciona o câmbio. Entretanto, outro cuidado que deve ser adotado é a busca por melhores condições para as transações internacionais.

Nesses casos, é preciso lidar com as variações da moeda, que pode ser atrelada ao mercado internacional (câmbio comercial) ou aos valores praticados por Casas de Câmbio, voltadas aos viajantes (câmbio turismo), assim como taxas relacionadas ao envio e o pagamento de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

Tudo isso pode aumentar consideravelmente o valor da transação, afetando o seu orçamento. Desse modo, vale a pena contar com soluções mais práticas e econômicas disponíveis no mercado, como a Remessa Online.

Como usar a Remessa Online e quais as vantagens

A Remessa Online é uma plataforma que permite enviar e receber dinheiro com diversas finalidades: operações comerciais, investimentos ou transações pessoais. O usuário faz o cadastro online informando dados pessoais e e-mail, ativa a conta e já consegue realizar transações.

A plataforma é simples e intuitiva, com informações claras para que o usuário consiga enviar e receber dinheiro sem complicações. O limite diário é de R$ 37,5 mil e o anual é de R$ 75 mil, mas é possível aumentar o limite fazendo o cadastro completo, que fará uma análise de crédito. Além da facilidade para fazer as transações, a plataforma também oferece um ótimo custo-benefício:

  • a conversão segue o câmbio comercial, sem tarifa adicional no valor da moeda;
  • o usuário paga uma taxa fixa de 1,3% sobre o valor da transação, e uma tarifa de R$ 5,90 se o total for menor que R$ 2.500;
  • o IOF incidirá com alíquota de 0,38% em transações para terceiros ou de 1,1% para a mesma titularidade.

Para complementar, o valor enviado é disponibilizado em até 1 dia útil, enquanto os valores recebidos ficam disponíveis em 2 dias úteis. Ou seja, você conta com agilidade, praticidade e economia para fazer as suas transações com o exterior.

Continue Reading
Advertisement

Relógio

Grupo do Portal Informa Paraíba (Facebook)

Portal Informa Paraíba

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias

TWITTER DO PORTAL INFORMA PARAÍBA

www.informaparaiba.com.br

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias.

Página do Portal Informa Paraíba (Facebook)

Judiciário12 horas ago

OAB sobe tom contra Moraes e busca Câmara em meio à disputa entre Poderes

Nacional12 horas ago

Lira diz que governo Lula planta mentiras e Padilha é incompetente

Nacional13 horas ago

Governo Lula adota postura diplomática ambígua após ataque do Irã a Israel

Esporte16 horas ago

Nos pênaltis, Sousa vence Botafogo-PB e é campeão Paraibano de 2024

Esporte16 horas ago

Carol Meligeni perde para Siegemund, e Brasil cai para Alemanha mais uma vez na BJK Cup

Esporte16 horas ago

Fla encara Halcones por vaga na final da Champions League de basquete

Esporte16 horas ago

Popó confirma luta contra Vitor Belfort e anuncia quando será o combate

Esporte17 horas ago

Doornbos aconselha Verstappen: “Vá para a Mercedes, a Ford não será a melhor opção

Educação & Cultura17 horas ago

Atlas do IBGE com Brasil no centro vira polêmica: como surgiu o marco zero dos mapas?

Segurança Pública17 horas ago

É falsa informação de que STF extinguiu hora extra aos policiais civis

Judiciário17 horas ago

ADI 6.655: futuro dos cargos comissionados e veredito do STF para tribunais de contas

Judiciário17 horas ago

Último ano de mandato e o aumento na despesa com pessoal

Educação & Cultura17 horas ago

Usufruído ou não, recreio deve ser computado na jornada de professora

Judiciário17 horas ago

Reforma do Código Civil prevê divórcio unilateral direto no cartório

ESTADO17 horas ago

Mais de 68,7 mil doses aplicadas no “Dia D contra a Influenza e Multivacinação” 

CIDADE17 horas ago

Mais de 5,8 mil pessoas foram imunizadas durante o ‘Dia D’ de vacinação na Capital

ESTADO18 horas ago

Governo da Paraíba facilita acesso de pescadores ao Cadastro Nacional da Agricultura Familiar

ESTADO18 horas ago

Programa Opera Paraíba realiza primeira cirurgia de artroplastia total de quadril no Hospital Regional de Picuí

Judiciário18 horas ago

Aborto: a vida começa na concepção – recente resolução do Conselho Federal de Medicina

CIDADE18 horas ago

CPICS Equilíbrio do Ser oferece meditação para gerenciamento do estresse e da ansiedade 

CIDADE18 horas ago

Clube de Vantagens do IPM-JP concede aos aposentados descontos em rede conveniada

ESTADO18 horas ago

Agevisa adequa legislação estadual à nacional e restringe venda livre de álcool a 70% na Paraíba a partir de 30 de abril 

ESTADO18 horas ago

CRMV-PB e Abracrim alertam para maus-tratos contra animais; saiba como denunciar

Esporte18 horas ago

Alex Poatan apaga Jamahal Hill com nocaute avassalador e mantém cinturão dos meio-pesados no UFC 300

Segurança Pública18 horas ago

COMO ANALISAR E EVITAR GOLPES DO PIX

Saúde18 horas ago

UMA SEGUNDA INFECÇÃO POR DENGUE PODE SER PIOR DO QUE A PRIMEIRA?

ECONOMIA18 horas ago

IMPOSTO DE RENDA: RECEITA FEDERAL AUMENTA LIMITE DE ISENÇÃO DE IMÓVEIS

Internacional18 horas ago

Micróbios da Antártida resistem em clima similar ao de Marte

AGRICULTURA & PECUÁRIA18 horas ago

Equipes da Companhia coletam dados para atualizar números da safra de café

AGRICULTURA & PECUÁRIA18 horas ago

Safra de grãos 2023/2024 está estimada em 294,1 milhões de toneladas

Internacional9 meses ago

Cidade alemã passa a distribuir gratuitamente filtro solar

Internacional10 meses ago

IMPRESSIONANTE – GOVERNO CANADENSE ADMITE: “Os não vacinados estavam certos sobre as vacinas de mRNA”

Judiciário11 meses ago

Escravizados

ENTRETENIMENTO9 meses ago

JIBÓIA

ENTRETENIMENTO10 meses ago

Exorcista: filme “Nefarious” é “o melhor já produzido” sobre possessão demoníaca

Nacional8 meses ago

CNS reconhece religiões afro como complementares ao SUS

ENTRETENIMENTO6 meses ago

Conheça Rocco, um cão mistura de rottweiler com husky siberiano: ‘Parece o Batman’

AGRICULTURA & PECUÁRIA3 meses ago

Com produtor revisando tamanho da safra, 2024 inicia cercado de incertezas para a soja

Nacional12 meses ago

Advogado de Adélio Bispo recebeu R$ 315 mil do PCC, segundo inquérito da PF

Internacional3 meses ago

Secretário-geral da ONU condena atos criminosos no Equador

CONCURSO E EMPREGO3 meses ago

Carreiras em Extinção? Veja Quais Podem Sumir

CIDADE11 meses ago

Sapé: ex-candidato a prefeito Luizinho, vice e coligação são condenados a pagar R$ 300 mil por infringir norma eleitoral e sanitária

Nacional11 meses ago

Bomba: Alexandre de Moraes monitorava todos os passos de funcionários do gabinete de Bolsonaro e da primeira-dama desde 2021, diz Folha

Internacional3 meses ago

Fome já é generalizada em Gaza, alerta ONU

ECONOMIA3 meses ago

Calendário do Bolsa Família 2024: saiba quando você vai receber

Nacional12 meses ago

Exclusivo: imagens mostram baixo contingente de segurança no Planalto e atuação do GSI no 8 de janeiro

AGRICULTURA & PECUÁRIA3 meses ago

Número de IGs cresceu 60% em quatro anos no Brasil

CIDADE3 meses ago

Polêmica em Princesa Isabel: Vereadores aprovam aumento salarial próprio e do Executivo

Judiciário7 meses ago

Informativo destaca não exigência de provas para fixação de indenização mínima por danos morais

Nacional11 meses ago

Lira manda novo recado ao governo Lula: “grande resistência entre os parlamentares”

Judiciário6 meses ago

Entender Direito: especialistas discutem os embargos de divergência

Saúde3 meses ago

OS PRINCIPAIS LEGUMES E VERDURAS QUE AJUDAM A PREVENIR DOENÇAS CRÔNICAS

Internacional3 meses ago

Israel quer controlar e fechar fronteira entre Gaza e Egito

ENTRETENIMENTO3 meses ago

HORTÊNSIAS

Educação & Cultura3 meses ago

Campina Grande entra na disputa e poderá ser escolhida para receber nova Escola de Sargentos do Exército após impasse em Pernambuco

Segurança Pública11 meses ago

Conheça as 6 piores prisões do mundo

Nacional10 meses ago

Relator lê parecer sobre indicação de Cristiano Zanin ao STF; sabatina está marcada para 21 de junho

Internacional3 meses ago

“Perdas, dor e angústia” após ataques aéreos marcam o início do ano na Ucrânia

Educação & Cultura10 meses ago

Novo ensino médio precisa levar em conta realidade de alunos e municípios, aponta debate

Nacional11 meses ago

Repórter da TV Globo é agredida por segurança de Maduro após questionamento

Segurança Pública18 horas ago

COMO ANALISAR E EVITAR GOLPES DO PIX

Saúde18 horas ago

UMA SEGUNDA INFECÇÃO POR DENGUE PODE SER PIOR DO QUE A PRIMEIRA?

ECONOMIA18 horas ago

IMPOSTO DE RENDA: RECEITA FEDERAL AUMENTA LIMITE DE ISENÇÃO DE IMÓVEIS

Internacional3 dias ago

O PIOR LUGAR DO MUNDO PARA SER MULHER?

Saúde3 dias ago

CIÊNCIA PODE ESTAR PERTO DE DESCOBRIR ORIGEM DE TRANSTORNOS ALIMENTARES

Saúde3 dias ago

POR QUE O BRASIL TEM RECORDE DE CASOS DE DENGUE?

Nacional3 dias ago

SOTAQUE CARIOCA: POR QUE SE FALA CHIADO NO RJ?

Saúde3 dias ago

O QUE O CAFÉ FAZ REALMENTE COM O SEU CORPO

ENTRETENIMENTO4 dias ago

RECEITA DA COCADA DE MARACUJÁ

Saúde4 dias ago

IBGE APONTA QUE 60% DA POPULAÇÃO BRASILEIRA ADULTA ESTÁ ACIMA DO PESO

Saúde4 dias ago

OZEMPIC: INJEÇÕES PARA DIABETES AGORA COMO REMÉDIO PARA EMAGRECIMENTO

Internacional4 dias ago

EMPRESA DO REINO UNIDO LANÇA ‘ESCUDO’ QUE DEIXA QUALQUER PESSOA INVISÍVEL

AGRICULTURA & PECUÁRIA4 dias ago

MARÇO DE 2024 FOI O MÊS MAIS QUENTE DA HISTÓRIA

ENTRETENIMENTO5 dias ago

BRASILEIRO CASAM MENOS E FICAM MENOS TEMPO JUNTOS

ENTRETENIMENTO5 dias ago

SEXTO SENTIDO, UM PODER OCULTO?

Saúde5 dias ago

METAIS TÓXICOS EM BEBÊS

Nacional5 dias ago

PREOCUPAÇÃO COM O USO DA IA NAS CAMPANHAS POLÍTICAS VOLTA À TONA

CIÊNCIA & TECNOLOGIA5 dias ago

A CORRIDA PELO CAMINHÃO DO FUTURO

CIÊNCIA & TECNOLOGIA6 dias ago

TV 3.0: COMO SERÁ A TELEVISÃO DO FUTURO NO PAÍS

ENTRETENIMENTO6 dias ago

CRIAÇÃO DE VIEIRAS: A JOIA DO MAR EM CULTIVO SUSTENTÁVEL

Saúde6 dias ago

SINAIS DO PARKINSON PODEM APARECER BEM ANTES DOS TREMORES

Saúde6 dias ago

FEBRE OROPOUCHE: CRESCE CASOS DA DOENÇA COM SINTOMAS PARECIDO COM A DENGUE

AGRICULTURA & PECUÁRIA6 dias ago

PESQUISA DA UFMG TRANSFORMA XIXI EM ADUBO

Saúde1 semana ago

É PRECISO HIGIENIZAR A LATINHA ANTES DE CONSUMIR A BEBIDA?

CIÊNCIA & TECNOLOGIA1 semana ago

ROBÓTICA É PARA TODOS?

Internacional1 semana ago

MERCOSUL QUER FECHAR ACORDOS COMERCIAIS COM OUTROS BLOCOS

ECONOMIA1 semana ago

PARTE DO IMPOSTO DEVIDO PODE SER DOADO

Educação & Cultura1 semana ago

MAIOR MAPA EM 3D DO UNIVERSO PODE REVOLUCIONAR COMPREENSÃO DO COSMOS

ENTRETENIMENTO2 semanas ago

RECEITA DO BOLO DE MILHO VERDE

Nacional2 semanas ago

COMO O BRASIL ESTÁ SE TORNANDO O PAÍS DOS EVANGÉLICOS

Advertisement
Advertisement

Vejam também

Somos o Portal Informa Paraíba, uma empresa de marketing e portal de informações que oferece um noticioso com assuntos diversos. Nosso objetivo é fornecer conteúdo relevante e atualizado para nossos leitores, mantendo-os informados sobre os acontecimentos mais importantes. Nossa equipe é composta por profissionais experientes e apaixonados por comunicação, que trabalham incansavelmente para oferecer um serviço de qualidade. Além disso, estamos sempre em busca de novas formas de melhorar e inovar, para podermos atender às necessidades e expectativas de nossos clientes. Seja bem-vindo ao nosso mundo de informações e descubra tudo o que o Portal Informa Paraíba tem a oferecer. Fiquem bem informados acessando o Portal Informa Paraíba: www.informaparaiba.com.br