Connect with us

Internacional

Hiroshima e outras feridas radioativas abertas do Japão

Há 75 anos, bombas atômicas americanas caíram sobre duas cidades japonesas. No meio tempo, o desastre do reator de Fukushima. A luta dos sobreviventes contra a discriminação e a má vontade estatal prossegue até hoje.

Na calçada de uma rua estreita do centro de Hiroshima, uma modesta placa memorial indica: a 580 metros acima desse ponto, explodiu em 6 de agosto de 1945 a primeira bomba atômica empregada numa guerra. A foto histórica sobre a placa mostra o centro da cidade totalmente arrasado.

Do local até os edifícios do Instituto de Pesquisa dos Efeitos da Radioatividade, são apenas dois quilômetros. Lá estão preservadas as amostras de sangue, plasma e urina de 20 mil hibakusha, os sobreviventes da explosão. Devido à idade avançada, o número dos participantes desse estudo de longo prazo se reduziu a 3 mil.

Entre eles, um número bem acima da média padeceu dos efeitos colaterais da radiação, sobretudo de câncer, mas também infartes e depressões. “A arma de 1945 continua agindo, já há 75 anos”, constata o médico Osamu Saito, de Hiroshima, que acompanhou diversas vítimas de radiação. “Os sobreviventes carregam esses efeitos no corpo e na alma.”

Mudança de local: na cidadezinha de Futaba, a poucos quilômetros da usina nuclear Fukushima Daiichi, um guindaste distribui sacos de plástico preto na esteira rolante de uma unidade de processamento. Cada um contém um metro cúbico de terra e grama contaminados, escavados dos campos e jardins da antiga zona interditada.

Estão esperando ser tratados 14 milhões desses sacos. Se a terra peneirada só irradiar um pouco, o Estado quer utilizá-la por todo o país, para o cultivo de plantas, usinas de biomassa e obras públicas como ruas.

Trabalhador de roupa protetora em meio a sacos de lixo cheios
Governo japonês pretende usar terra de Fukushima em obras

Mais de 3 mil cidadãos criticaram esse plano do Ministério do Meio Ambiente. “A radioatividade vai ser espalhada por todo o país”, diz um deles, indignado. Em março de 2011, explosões de hidrogênio nos reatores liberaram 168 vezes mais césio do que uma bomba nuclear do porte da de Hiroshima, tornando inabitáveis 1.100 quilômetros quadrados e desalojando 120 mil habitantes.

A catástrofe nuclear reavivou o trauma das bombas atômicas: criou-se uma nova geração de hibakusha, novamente cidadãos japoneses são discriminados por estarem contaminados por radioatividade, sofrem bullying na escola, não encontram trabalho nem parceiros.

Os moradores da área da usina nuclear sofrem a “síndrome da dose de radiação”, aponta o médico Saito, que já alguns anos voltou a trabalhar em sua cidade natal, Fukushima. Embora até o momento não se tenham constatado neles danos de saúde óbvios, “sua insegurança emocional é tão grande, que não conseguem encarar sobriamente o risco da dose de radiação que receberam”.

Má vontade do Estado

Para os hibakusha, outro paralelo entre Hiroshima e Fukushima é o comportamento pouco incisivo das autoridades. “No acidente atômico e na bomba, o governo disse que ia investigar cientificamente os efeitos da radiação, mas delegou essas tarefas às autoridades locais, e não informa a respeito”, queixa-se Terumi Tanaka, que sobreviveu a bomba de Nagasaki aos 13 anos de idade e por longo tempo foi secretário-geral da organização Nihon Hidankyo, de hibakusha. “Então, não sabemos o que o material radioativo faz nos nossos corpos.”

O Estado precisou de 12 anos para finalmente reconhecer a existência dos hibakusha, numa lei médica de 1957. Ao se submeterem aos exames na instituição que antecedeu o de Pesquisa dos Efeitos da Radioatividade, muitas vítimas da explosão se sentiam tratadas como “cobaias”. Nenhum dos chefes de governo do Japão ergueu a voz contra sua discriminação.

A prodigalidade estatal é contida. É fato que os hibakusha reconhecidos não precisam pagar a parte do segurado dos tratamentos médicos e recebem o equivalente a quase 300 euros por mês, se sofrem de uma entre 11 enfermidades determinadas. No entanto, só recebem a ajuda social de 1.200 euros se suas afecções são inquestionavelmente originárias da radiação. Para prová-lo, muitos têm que ir a tribunal, e quatro de cada cinco queixas são indeferidas.

Menina asia´tica atendida por médicos em maca
Incidência de câncer é muito acima da média entre crianças de Fukushima

O Estado também ignorou o risco de saúde representado pela precipitação radioativa, a “chuva negra” de cinza nuclear após as bombas, observa o físico de partículas Shoji Sawada, professor emérito da Universidade de Nagoya, o primeiro a reavaliar os efeitos dessa forma de radiação. “O governo cala por causa dos EUA, que não querem admitir que a precipitação radioativa dos testes atômicos deles tenha contaminado os habitantes.”

Também os moradores de Fukushima sofrem a síndrome da radioatividade. Os pais de 300 mil crianças estão temerosos, porque entre elas a taxa de câncer da tireoide é inusitadamente alta.

As autoridades alegam tratar-se de um efeito dos exames em massa, um argumento também sustentado pelo médico nuclear alemão Christoph Reiner: “O mesmo estudo foi realizado em regiões distantes entre si, e encontrou-se a mesma frequência de alterações. O acúmulo de caso se deve, portanto, ao rastreamento intensivo”, afirmou em entrevista por vídeo.

O governo também liberou dois terços das zonas interditadas após uma descontaminação. Para tal, elevou-se o nível máximo permissível de radiação a 20 milisieverts por ano. Isso, apesar de o valor-limite padrão de um milisievert ter se baseado nas pesquisas com os hibakusha de Hiroshima e Nagasaki.

Os que haviam sido evacuados e se recusam a retornar às zonas do desastre de Fukushima perdem o direito à subvenção mensal do Estado. Para o médico Saito, só há uma maneira de as feridas radioativas do Japão sararem: “O Estado tem que se desculpar pelas bombas atômicas e o acidente do reator, e indenizar inteiramente todos os atingidos. Isso é o mínimo.”

Continue Reading
Advertisement

Relógio

Grupo do Portal Informa Paraíba (Facebook)

Portal Informa Paraíba

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias

TWITTER DO PORTAL INFORMA PARAÍBA

www.informaparaiba.com.br

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias.

Página do Portal Informa Paraíba (Facebook)

ECONOMIA2 horas ago

Nota técnica da Consultoria da Câmara questiona projeções do governo sobre as contas públicas na LDO de 2025

Segurança Pública2 horas ago

Comissão aumenta pena para estelionato praticado contra mulher

Segurança Pública2 horas ago

Comissão aprova projeto que permite prender agressor de mulher em flagrante após registro da ocorrência

Segurança Pública2 horas ago

Comissão aprova projeto que disciplina atuação coercitiva de agente socioeducativo

CIDADE6 horas ago

IBGE destaca ações junto aos municípios em Reunião Geral da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP)

Segurança Pública6 horas ago

Defesa Civil Estadual realiza inspeção em municípios atingidos pelas chuvas

Internacional6 horas ago

Agora: Israel realiza ofensiva contra o Irã, informa emissora americana ABC

CIÊNCIA & TECNOLOGIA6 horas ago

Novo Adobe Express mobile traz IA generativa para democratizar a criatividade

CIÊNCIA & TECNOLOGIA6 horas ago

WhatsApp: novo recurso vai dedurar usuários que estiveram online

CIÊNCIA & TECNOLOGIA6 horas ago

Veja 8 dicas para tornar o Microsoft Outlook um pouco menos complicado de usar

AGRICULTURA & PECUÁRIA6 horas ago

Arroba do boi gordo volta a subir; veja preços e cotações

AGRICULTURA & PECUÁRIA6 horas ago

Comissão da Câmara aprova auxílio-internet para agricultores

AGRICULTURA & PECUÁRIA6 horas ago

Citricultores enfrentam ataque de mosca-das-frutas

AGRICULTURA & PECUÁRIA6 horas ago

Cotação do café arábica finaliza a sessão desta 5ª feira com baixas na Bolsa de NY

Esporte7 horas ago

Treze repatria jogador que conquistou o acesso pelo clube em 2018

Esporte7 horas ago

Tsarukyan revela que juiz responsável por marcar vitória de Do Bronx se desculpou por equívoco

Esporte7 horas ago

Mateo Ponte marca e Botafogo vence a primeira no Brasileiro

Nacional7 horas ago

Elon Musk Acusa Alexandre De Moraes De Interferir Nas Eleições Brasileiras

Nacional7 horas ago

‘Pacheco é o presidente mais covarde da história do Congresso’, diz presidente do Novo

Nacional7 horas ago

Dallagnol: “Congresso dos EUA revelam padrão apavorante”

Nacional7 horas ago

Após jantar com ministros, Lula inicia peregrinação de articulações para defender o STF

Esporte7 horas ago

COB anuncia primeiros atletas do programa Vivência Olímpica

ESTADO7 horas ago

Paraíba recebe Menção Honrosa no prêmio Arara Azul por trabalho de promoção do turismo 

ESTADO7 horas ago

João Azevêdo prestigia evento do Sebrae que premiou práticas empreendedoras de municípios paraibanos

Educação & Cultura7 horas ago

Projeto Limite do Visível tem inscrições abertas com 400 vagas para o segundo semestre

Judiciário7 horas ago

Comissão de juristas entrega proposta de revisão do Código Civil ao Senado

AGRICULTURA & PECUÁRIA8 horas ago

Empaer realiza vacinação dos rebanhos das estações experimentais contra febre aftosa

Judiciário8 horas ago

Promotoria vai realizar audiência sobre situação das aulas em escola de Boa Vista

Judiciário8 horas ago

MPPB recomenda medidas para eventos festivos em cinco municípios

AGRICULTURA & PECUÁRIA8 horas ago

Governo da Paraíba destina mais de R$ 8 milhões para pagamento do Garantia-Safra a agricultores de 135 municípios

Internacional9 meses ago

Cidade alemã passa a distribuir gratuitamente filtro solar

Internacional10 meses ago

IMPRESSIONANTE – GOVERNO CANADENSE ADMITE: “Os não vacinados estavam certos sobre as vacinas de mRNA”

Judiciário11 meses ago

Escravizados

ENTRETENIMENTO9 meses ago

JIBÓIA

ENTRETENIMENTO10 meses ago

Exorcista: filme “Nefarious” é “o melhor já produzido” sobre possessão demoníaca

Nacional8 meses ago

CNS reconhece religiões afro como complementares ao SUS

AGRICULTURA & PECUÁRIA3 meses ago

Com produtor revisando tamanho da safra, 2024 inicia cercado de incertezas para a soja

ENTRETENIMENTO7 meses ago

Conheça Rocco, um cão mistura de rottweiler com husky siberiano: ‘Parece o Batman’

Internacional3 meses ago

Secretário-geral da ONU condena atos criminosos no Equador

CONCURSO E EMPREGO4 meses ago

Carreiras em Extinção? Veja Quais Podem Sumir

ECONOMIA4 meses ago

Calendário do Bolsa Família 2024: saiba quando você vai receber

CIDADE12 meses ago

Sapé: ex-candidato a prefeito Luizinho, vice e coligação são condenados a pagar R$ 300 mil por infringir norma eleitoral e sanitária

Internacional4 meses ago

Fome já é generalizada em Gaza, alerta ONU

Nacional11 meses ago

Bomba: Alexandre de Moraes monitorava todos os passos de funcionários do gabinete de Bolsonaro e da primeira-dama desde 2021, diz Folha

AGRICULTURA & PECUÁRIA4 meses ago

Número de IGs cresceu 60% em quatro anos no Brasil

CIDADE4 meses ago

Polêmica em Princesa Isabel: Vereadores aprovam aumento salarial próprio e do Executivo

Judiciário8 meses ago

Informativo destaca não exigência de provas para fixação de indenização mínima por danos morais

Nacional11 meses ago

Lira manda novo recado ao governo Lula: “grande resistência entre os parlamentares”

Judiciário7 meses ago

Entender Direito: especialistas discutem os embargos de divergência

Saúde4 meses ago

OS PRINCIPAIS LEGUMES E VERDURAS QUE AJUDAM A PREVENIR DOENÇAS CRÔNICAS

Internacional4 meses ago

Israel quer controlar e fechar fronteira entre Gaza e Egito

ENTRETENIMENTO4 meses ago

HORTÊNSIAS

Educação & Cultura4 meses ago

Campina Grande entra na disputa e poderá ser escolhida para receber nova Escola de Sargentos do Exército após impasse em Pernambuco

Segurança Pública11 meses ago

Conheça as 6 piores prisões do mundo

Nacional10 meses ago

Relator lê parecer sobre indicação de Cristiano Zanin ao STF; sabatina está marcada para 21 de junho

Internacional4 meses ago

“Perdas, dor e angústia” após ataques aéreos marcam o início do ano na Ucrânia

Educação & Cultura10 meses ago

Novo ensino médio precisa levar em conta realidade de alunos e municípios, aponta debate

Nacional11 meses ago

Repórter da TV Globo é agredida por segurança de Maduro após questionamento

CIÊNCIA & TECNOLOGIA4 meses ago

Vale a pena usar um gerador de conteúdo para redes sociais?

Nacional11 meses ago

URGENTE: Receita diz que joias sauditas dadas a Bolsonaro são isentas de cobrança de imposto 

Educação & Cultura10 horas ago

CURSOS PRIVADOS SÃO INFERIORES À EDUCAÇÃO PÚBLICA, APONTA MEC

CIÊNCIA & TECNOLOGIA10 horas ago

CIENTISTAS ESTUDAM PESSOAS CENTENÁRIAS EM BUSCA DO SEGREDO DA LONGEVIDADE

Internacional10 horas ago

EMBRANQUECIMENTO DAS BARREIRAS DE CORAL CAUSAM MORTALIDADE DE VIDA MARINHA

ENTRETENIMENTO10 horas ago

BASENJI: O MISTERIOSO CÃO AFRICANO COM 4000 ANOS DE HISTÓRIA

Educação & Cultura10 horas ago

BALSEIROS DO RIO URUGUAI – 2006

Educação & Cultura4 dias ago

REI DOS VESTIBULARES: ADOLESCENTE DE 15 ANOS É APROVADO EM 18 UNIVERSIDADES

ENTRETENIMENTO4 dias ago

JUMENTO NORDESTINO: A VERDADE SOBRE O HERÓI DO SERTÃO

Internacional4 dias ago

COINCIDÊNCIAS, O INEXPLICÁVEL

Politíca4 dias ago

200 ANOS DO SENADO

CIDADE4 dias ago

ESTUDO DA UFAL REVELA EXPANSÃO DAS ÁREAS ÁRIDAS NO NORDESTE BRASILEIRO

Segurança Pública5 dias ago

COMO ANALISAR E EVITAR GOLPES DO PIX

Saúde5 dias ago

UMA SEGUNDA INFECÇÃO POR DENGUE PODE SER PIOR DO QUE A PRIMEIRA?

ECONOMIA5 dias ago

IMPOSTO DE RENDA: RECEITA FEDERAL AUMENTA LIMITE DE ISENÇÃO DE IMÓVEIS

Internacional1 semana ago

O PIOR LUGAR DO MUNDO PARA SER MULHER?

Saúde1 semana ago

CIÊNCIA PODE ESTAR PERTO DE DESCOBRIR ORIGEM DE TRANSTORNOS ALIMENTARES

Saúde1 semana ago

POR QUE O BRASIL TEM RECORDE DE CASOS DE DENGUE?

Nacional1 semana ago

SOTAQUE CARIOCA: POR QUE SE FALA CHIADO NO RJ?

Saúde1 semana ago

O QUE O CAFÉ FAZ REALMENTE COM O SEU CORPO

ENTRETENIMENTO1 semana ago

RECEITA DA COCADA DE MARACUJÁ

Saúde1 semana ago

IBGE APONTA QUE 60% DA POPULAÇÃO BRASILEIRA ADULTA ESTÁ ACIMA DO PESO

Saúde1 semana ago

OZEMPIC: INJEÇÕES PARA DIABETES AGORA COMO REMÉDIO PARA EMAGRECIMENTO

Internacional1 semana ago

EMPRESA DO REINO UNIDO LANÇA ‘ESCUDO’ QUE DEIXA QUALQUER PESSOA INVISÍVEL

AGRICULTURA & PECUÁRIA1 semana ago

MARÇO DE 2024 FOI O MÊS MAIS QUENTE DA HISTÓRIA

ENTRETENIMENTO1 semana ago

BRASILEIRO CASAM MENOS E FICAM MENOS TEMPO JUNTOS

ENTRETENIMENTO1 semana ago

SEXTO SENTIDO, UM PODER OCULTO?

Saúde1 semana ago

METAIS TÓXICOS EM BEBÊS

Nacional1 semana ago

PREOCUPAÇÃO COM O USO DA IA NAS CAMPANHAS POLÍTICAS VOLTA À TONA

CIÊNCIA & TECNOLOGIA1 semana ago

A CORRIDA PELO CAMINHÃO DO FUTURO

CIÊNCIA & TECNOLOGIA2 semanas ago

TV 3.0: COMO SERÁ A TELEVISÃO DO FUTURO NO PAÍS

ENTRETENIMENTO2 semanas ago

CRIAÇÃO DE VIEIRAS: A JOIA DO MAR EM CULTIVO SUSTENTÁVEL

Advertisement
Advertisement

Vejam também

Somos o Portal Informa Paraíba, uma empresa de marketing e portal de informações que oferece um noticioso com assuntos diversos. Nosso objetivo é fornecer conteúdo relevante e atualizado para nossos leitores, mantendo-os informados sobre os acontecimentos mais importantes. Nossa equipe é composta por profissionais experientes e apaixonados por comunicação, que trabalham incansavelmente para oferecer um serviço de qualidade. Além disso, estamos sempre em busca de novas formas de melhorar e inovar, para podermos atender às necessidades e expectativas de nossos clientes. Seja bem-vindo ao nosso mundo de informações e descubra tudo o que o Portal Informa Paraíba tem a oferecer. Fiquem bem informados acessando o Portal Informa Paraíba: www.informaparaiba.com.br