Connect with us

Educação & Cultura

Desigualdades na educação e o FUST

A universalização da banda larga é urgente. E há recursos para isso

O ano de 2020 ficará marcado para sempre, mas não somente pela pandemia do novo coronavírus. Para além da óbvia crise sanitária e de Saúde que enfrentamos, veio também a crise da Educação. E essa pode se prolongar mais que a da Saúde. Não se trata do mérito de nomes específicos no comando do Ministério – ou da falta de um, como em junho/julho – ou das tendências ideológicas e total falta de diretrizes e políticas públicas focadas, já anteriores à pandemia e que com ela se acentuaram. O foco aqui é o que a pandemia trouxe de novidade: escancarou e, pior. agravou a já enorme distância de acesso à educação entre classes sociais.

Da mesma forma que trabalhadores de classes sociais distintas tiveram relação distinta com o isolamento social, estudantes também estão enfrentando a pandemia em condições bem díspares. A diferença entre eles e trabalhadores é que na Educação não precisava ser assim. O principal instrumento que poderia promover um acesso igualitário à necessária educação à distância em tempos de pandemia existe há vinte anos – isso mesmo, desde 2000 – mas nunca foi usado adequadamente. E continua não sendo.

Com a pandemia, as classes média e alta passaram em grande parte a trabalhar em casa (home office). Já os mais pobres (e com emprego), em boa parte continuaram trabalhando. São prestadores de serviços de baixo valor agregado, mas essenciais, como motoristas (de caminhão, de ônibus, trens etc.), porteiros, faxineiros, encanadores, mecânicos, caixas de supermercado etc. Esses serviços não podem ser realizados à distância e essas pessoas não tiveram direito à quarentena. Grande exposição ao vírus também ocorreu por parte dos trabalhadores informais. Muitos dependem do que ganham cada dia e precisaram continuar trabalhando. As absurdas filas – em plena pandemia – na porta de agências da Caixa evidenciaram ainda mais as desigualdades sociais do país.

Mas e os estudantes? Os estudantes de todas as idades e classes sociais se viram obrigados a fazer quarentena, já que aulas foram suspensas no país inteiro. Escolas particulares passaram a oferecer aulas online e os pais de classe média rapidamente compraram um laptop ou um tablet a mais – isso quando já não tinham equipamentos sobrando em casa. Mas e os colégios públicos? E a classe baixa?

Segundo dados do INEP, quase um quarto dos inscritos no ENEM 2019 não tinham acesso a internet. Isso mesmo, mais de 1 milhão dos pouco mais de 5 milhões de inscritos. Essa falta de acesso à internet, que já era grave e proliferadora da desigualdade, tornou-se mais grave com a pandemia. Além disso, mais de 2 milhões dos inscritos declarou não ter computador em casa (46%) e outros mais de 2 milhões declarou ter apenas um computador em casa (outros 43%). Ou seja, apenas 10% dos inscritos no ENEM 2019 possuíam mais de um computador em casa – algo essencial para que um jovem que está concluindo o ensino médio em 2020 ou o concluiu recentemente possa durante a quarentena se dedicar aos estudos. Sem falar que 2% declarou não possuir sequer telefone celular – e não há números para os que possuíam e não eram smartphones.

Como se não bastassem outras dificuldades mais acentuadas para os estudantes mais pobres – como aumento na necessidade de trabalhar para ajudar a família num momento de crise, falta de espaço em casa (e silêncio) para se isolar para estudar e a questão emocional – eles ainda têm que lidar com a exclusão digital. E não são apenas os candidatos ao ENEM, obviamente. Segundo a pesquisa TIC Educação 2019 [1] – que cobriu mais de 1000 escolas urbanas e mais de 1400 escolas rurais – 39% dos alunos de escolas públicas urbanas não possuíam nenhum computador ou tablete em seu domicílio.

Esse número era 9% para os alunos de escolas particulares urbanas. Outro indicador aponta que enquanto apenas 3% dos alunos de escolas urbanas privadas acessam a internet apenas pelo celular, esse é o caso para 21% dos alunos de escola pública urbana. A pesquisa não traz esse detalhamento para as escolas rurais, mas a disparidade digital entre o ensino público e o privado deve ser ainda maior no meio rural.

O mais impressionante é que realmente não precisava ser assim. A lei 9998 de agosto de 2000 instituiu o Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (FUST), “tendo por finalidade proporcionar recursos destinados a cobrir a parcela de custo exclusivamente atribuível ao cumprimento das obrigações de universalização de serviços de telecomunicações, que não possa ser recuperada com a exploração eficiente do serviço”.

Ou seja, cabe ao governo federal através do FUST financiar a inclusão em telecomunicações. E isso ocorre subsidiariamente, isto é, no que não for comercialmente interessante para as prestadoras de serviços de telecomunicações. A lei incube ao Ministério das Comunicações definir as políticas de universalização e destinar os recursos e à Anatel – que é a autarquia federal que funciona como agência reguladora setorial – fiscalizar.

Desde sua criação, o FUST já arrecadou mais de 22 bilhões de reais[2]. Só em 2020 já foram mais de 400 milhões de reais. Sua principal receita é a contribuição de 1% sobre a receita operacional bruta de todo prestador de serviço de telecomunicações (internet, TV a cabo, radiodifusão etc.). A população paga caro por isso. Esses recursos poderiam e deveriam ser destinados à universalização do acesso – isso está no próprio nome do fundo! Existe, todavia, um porém. O FUST se aplica desde 2000 apenas aos “serviços prestados em regime público”, ou seja, telefonia fixa. Sim, porque parece que poucos se deram conta antes da pandemia que a internet era crucial para dar oportunidades iguais e que a telefonia fixa deixou de ser essencial há muito tempo.

O projeto de lei 3477/2020, assinado conjuntamente por 23 deputados federais de 8 partidos distintos, “dispõe sobre a garantia de acesso à internet, com fins educacionais, aos alunos e professores da educação básica pública.” Mais importante, ele permite a utilização do FUST para a universalização da banda larga fixa e móvel e telefonia celular. Prevê inclusive a aquisição de tablets e laptops para distribuição a alunos e professores da rede pública de ensino básico.

É certamente preocupante a falta total de menção no projeto ou em sua “justificação” (tsc.) para qualquer questão relacionada a infraestrutura de telecomunicações[3]. Fala corretamente que “a verdadeira barreira digital encontra-se no acesso à internet”, mas na sequência dá ênfase ao custo dos planos de dados e volume de dados oferecidos.

Ignora, portanto, o importante gargalo da infraestrutura que assegure levar o sinal de internet ao domicílio de alunos e professores. Isso não é tarefa trivial em muitas comunidades em centros urbanos, e principalmente no meio rural – mesmo dispondo dos recursos do FUST. Vale dizer que o tema é amplamente debatido no Plano Estrutural de Redes de Telecomunicações (PERT)[4], aprovado pela Anatel em junho de 2019, que inclusive propunha a alteração da lei do FUST para abarcar a universalização da banda larga.

Ainda assim, o projeto de lei é certamente uma iniciativa louvável, ainda que possa receber aperfeiçoamentos. Resta esperar – ou pressionar para – que vire lei antes do fim da pandemia.

Continue Reading
Advertisement

Relógio

Grupo do Portal Informa Paraíba (Facebook)

Portal Informa Paraíba

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias

TWITTER DO PORTAL INFORMA PARAÍBA

www.informaparaiba.com.br

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias.

Página do Portal Informa Paraíba (Facebook)

CIDADE13 horas ago

Pesquisa do Procon de Santa Rita revela variação de 38% no preço do arroz parboilizado

Judiciário13 horas ago

Pensão alimentícia e gestão de bens comuns: como o STJ vê a prestação de contas no direito de família

ENTRETENIMENTO14 horas ago

Orquestra Sinfônica da Paraíba homenageia Brasil e Argentina com músicas brasileiras e tangos

Judiciário14 horas ago

MPPB recomenda medidas para promoção da igualdade racial nas escolas estaduais

Judiciário14 horas ago

Alexandre de Moraes suspende lei municipal que proíbe uso de linguagem neutra em escola

Judiciário14 horas ago

TJPB recebe equipe de inspeção do CNJ para aprimorar atendimento prestado pelo Judiciário

ESTADO14 horas ago

Pollyanna Dutra reforça a importância de políticas públicas no combate à fome no G20 Social

CIDADE14 horas ago

Lançamento da pré-candidatura de Manoel Costa a vereador atraí mais de 300 pessoas no bairro de Marcos Moura

Esporte14 horas ago

Flamengo se aproxima de valor recorde e astronômico para patrocínio máster

Esporte14 horas ago

Vettel faz Ímola sorrir, e Norris faz F1 ter esperanças

Esporte14 horas ago

Anderson Silva revela por que Chael Sonnen será seu último adversário no Brasil

Esporte14 horas ago

Sousa vai ao STJD pedindo anulação de partida contra o Santa Cruz-RN

Esporte14 horas ago

[VÍDEO] Rafael Nadal já chegou e retorna a Roland Garros dois anos depois

Esporte14 horas ago

Brasil assegura mais quatro ouros no Mundial de Atletismo Paralímpico

ECONOMIA15 horas ago

Trabalhadores que atual por 15, 20 ou 25 anos nestas profissões têm aposentadoria especial! Confira

ESTADO15 horas ago

João Azevêdo é homenageado na Câmara de João Pessoa pelas ações e obras estruturantes na Capital

Educação & Cultura15 horas ago

Instalação obrigatória de internet nas escolas públicas deve ser votada na CCDD

Internacional15 horas ago

Como fica o Irã após a morte do presidente Raisi?

Internacional15 horas ago

Taiwan empossa novo presidente em meio a tensão com a China

Internacional15 horas ago

OMS e Unicef apoiam campanha de vacinação contra a pólio em Angola

Internacional15 horas ago

Êxodo em Gaza chega a 810 mil pessoas

Internacional15 horas ago

TPI busca mandados de prisão contra líderes israelenses e do Hamas

Saúde15 horas ago

Inteligência Artificial diminui falsos positivos de câncer de mama

Saúde15 horas ago

Áudios de atenção plena reduzem efeitos colaterais do tratamento de câncer

Nacional15 horas ago

EUA rejeitam proposta brasileira de imposto global para bilionários

Nacional15 horas ago

Pacheco: Maioria é a favor do fim da reeleição para o Executivo

Nacional15 horas ago

PL alerta parlamentares contra apoio a candidatos de outros partidos nas eleições municipais de 2024

Nacional16 horas ago

Ciro Gomes critica fake news de Janja: ‘não deveria ser a prioridade’ no RS

Nacional16 horas ago

Lira recorrerá de parecer do MPF em processo contra Felipe Neto

Nacional16 horas ago

Tragédia do RS expõe cinco fragilidades do governo Lula 3

Internacional10 meses ago

Cidade alemã passa a distribuir gratuitamente filtro solar

Internacional11 meses ago

IMPRESSIONANTE – GOVERNO CANADENSE ADMITE: “Os não vacinados estavam certos sobre as vacinas de mRNA”

ENTRETENIMENTO10 meses ago

JIBÓIA

ENTRETENIMENTO11 meses ago

Exorcista: filme “Nefarious” é “o melhor já produzido” sobre possessão demoníaca

AGRICULTURA & PECUÁRIA4 meses ago

Com produtor revisando tamanho da safra, 2024 inicia cercado de incertezas para a soja

Internacional4 meses ago

Secretário-geral da ONU condena atos criminosos no Equador

CONCURSO E EMPREGO5 meses ago

Carreiras em Extinção? Veja Quais Podem Sumir

Nacional10 meses ago

CNS reconhece religiões afro como complementares ao SUS

ENTRETENIMENTO8 meses ago

Conheça Rocco, um cão mistura de rottweiler com husky siberiano: ‘Parece o Batman’

ECONOMIA5 meses ago

Calendário do Bolsa Família 2024: saiba quando você vai receber

Internacional5 meses ago

Fome já é generalizada em Gaza, alerta ONU

AGRICULTURA & PECUÁRIA5 meses ago

Número de IGs cresceu 60% em quatro anos no Brasil

CIDADE5 meses ago

Polêmica em Princesa Isabel: Vereadores aprovam aumento salarial próprio e do Executivo

Saúde5 meses ago

OS PRINCIPAIS LEGUMES E VERDURAS QUE AJUDAM A PREVENIR DOENÇAS CRÔNICAS

Internacional5 meses ago

Israel quer controlar e fechar fronteira entre Gaza e Egito

Judiciário9 meses ago

Informativo destaca não exigência de provas para fixação de indenização mínima por danos morais

Judiciário8 meses ago

Entender Direito: especialistas discutem os embargos de divergência

ENTRETENIMENTO5 meses ago

HORTÊNSIAS

Educação & Cultura5 meses ago

Campina Grande entra na disputa e poderá ser escolhida para receber nova Escola de Sargentos do Exército após impasse em Pernambuco

Internacional5 meses ago

“Perdas, dor e angústia” após ataques aéreos marcam o início do ano na Ucrânia

CIÊNCIA & TECNOLOGIA5 meses ago

Vale a pena usar um gerador de conteúdo para redes sociais?

Nacional11 meses ago

Relator lê parecer sobre indicação de Cristiano Zanin ao STF; sabatina está marcada para 21 de junho

Educação & Cultura11 meses ago

Novo ensino médio precisa levar em conta realidade de alunos e municípios, aponta debate

Nacional12 meses ago

Repórter da TV Globo é agredida por segurança de Maduro após questionamento

Nacional5 meses ago

TCU pede que ministra da Saúde pague R$ 11 milhões a cofres públicos

ECONOMIA11 meses ago

Por unanimidade, TCU aprova contas do governo Bolsonaro

CIDADE12 meses ago

Vereador Marlon vence queda de braço com prefeito de Sobrado e fica com comando do Republicanos no município

ENTRETENIMENTO4 meses ago

PASSEIO MOSTRA COMO É UM BORBOLETÁRIO

Educação & Cultura11 meses ago

EXCLUSIVO: Gilson Souto Maior lança em julho ‘História da Imprensa na Paraíba’

Nacional12 meses ago

Lula volta a defender ditadura: ‘Houve muito respeito com a participação do Maduro’

ENTRETENIMENTO16 horas ago

REVOLUCIONANDO A AGRICULTURA: FLORES COMESTÍVEIS E AQUAPONIA

Saúde16 horas ago

PLANOS DE SAÚDE CANCELAM CONTRATOS DE CLIENTES ILEGALMENTE

CONCURSO E EMPREGO16 horas ago

ALERTA PARA O USO DE IA EM EXAMES DE RECRUTAMENTO

Saúde16 horas ago

FAPESP: VACINA CONTRA A GRIPE, PESQUISA CONTRA O COVID 19 E FUTURO INCERTO

Nacional16 horas ago

O VERDADEIRO TAMANHO DO DESASTRE NO RS – E AS OUTRAS CRISES QUE SE ANUNCIAM

ENTRETENIMENTO3 dias ago

DOBERMANN, O CACHORRO MAIS ASSUSTADOR

Educação & Cultura3 dias ago

A MODERNIZAÇÃO DOS COLÉGIOS AGRÍCOLAS NO PR

CIÊNCIA & TECNOLOGIA3 dias ago

GOVERNO LANÇA PORTAL CONTRA FAKE NEWS

ENTRETENIMENTO3 dias ago

DONA DE JARDIM COM MAIS DE 500 MIL SEGUIDORES COMPARTILHA CUIDADOS COM PLANTAS

Internacional3 dias ago

CIDADES DO MUNDO SOFREM COM COLAPSOS CLIMÁTICOS COMO DO RS

AGRICULTURA & PECUÁRIA3 dias ago

PRODUÇÃO DE MEL COM ABELHAS SEM FERRÃO

AGRICULTURA & PECUÁRIA6 dias ago

CAPRINOCULTURA – VALE A PENA INVESTIR?

Internacional6 dias ago

REINO UNIDO: ESTAMOS PERTO DE ESCALADA NUCLEAR

Educação & Cultura6 dias ago

BANCAS E LIVRARIAS SE REINVENTAM EM MEIO AO MERCADO DIGITAL

ECONOMIA6 dias ago

SETOR DE VAREJO APRESENTA MELHORA E PODER DE COMPRA PODE ESTAR SUBINDO

ENTRETENIMENTO6 dias ago

RECEITA DO DOCE DE MAMÃO CRISTALIZADO

Internacional6 dias ago

MONTEVIDÉU SE PREPARA PARA O AVANÇO DO MAR

ECONOMIA7 dias ago

CRISE NO VAREJO: ESPECIALISTAS ANALISAM A CRISE PERSISTENTE NO SETOR

ENTRETENIMENTO7 dias ago

CONSERVAÇÃO DO MICO LEÃO PRETO

Saúde7 dias ago

VINAGRE DE MAÇA NÃO É UM REMÉDIO MILAGROSO CONTRA VÍRUS

Educação & Cultura7 dias ago

AS ESTRANHAS RAZÕES PELAS QUAIS PESSOAS DORMIAM EM ARMÁRIOS NA IDADE MÉDIA

Saúde7 dias ago

AS 3 ONDAS DE DOENÇAS INFECCIOSAS QUE DEVEM ACOMETER O RS DEPOIS DAS INUNDAÇÕES

Internacional2 semanas ago

POR QUE AMEAÇAS À LIBERDADE DE IMPRENSA SÃO TENDÊNCIA GLOBAL

ENTRETENIMENTO2 semanas ago

COMO É VIVER NO PAÍS MAIS FELIZ DO MUNDO

ENTRETENIMENTO2 semanas ago

GALINHAS ORNAMENTAIS: O QUE VOCÊ PRECISA SABER ANTES DE COMEÇAR?

CONCURSO E EMPREGO2 semanas ago

QUAIS EMPREGOS ESTÃO EM RISCO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL?

CONCURSO E EMPREGO2 semanas ago

AS RAZÕES PELA VOLTA DO TRABALHO PRESENCIAL NOS 5 DIAS DA SEMANA

ENTRETENIMENTO2 semanas ago

RECEITA DA CUECA VIRADA

Educação & Cultura2 semanas ago

MEC QUER TORNAR O FIES MAIS ATRATIVO COM RELANÇAMENTO E NOVAS REGRAS

Educação & Cultura2 semanas ago

PRIMEIRO ATLAS GEOLÓGICO DA LUA FICA PRONTO

Advertisement
Advertisement

Vejam também

Somos o Portal Informa Paraíba, uma empresa de marketing e portal de informações que oferece um noticioso com assuntos diversos. Nosso objetivo é fornecer conteúdo relevante e atualizado para nossos leitores, mantendo-os informados sobre os acontecimentos mais importantes. Nossa equipe é composta por profissionais experientes e apaixonados por comunicação, que trabalham incansavelmente para oferecer um serviço de qualidade. Além disso, estamos sempre em busca de novas formas de melhorar e inovar, para podermos atender às necessidades e expectativas de nossos clientes. Seja bem-vindo ao nosso mundo de informações e descubra tudo o que o Portal Informa Paraíba tem a oferecer. Fiquem bem informados acessando o Portal Informa Paraíba: www.informaparaiba.com.br