Connect with us

Internacional

“Petróleo na Margem Equatorial deve ser fonte de riqueza”

Em entrevista à DW na COP28, o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, defende a exploração da chamada Foz do Amazonas e diz que os países ricos devem pagar a conta da transição energética

Para Alexandre Silveira, ministro de Minas e Energia, o anúncio da entrada do Brasil na Opep+ não se incomodou mal-estar. Em Dubai, Silveira anunciou a adesão do país ao subgrupo que comanda os maiores produtores de petróleo um dia antes do presidente Luiz Inácio Lula da Silva discursar na Conferência do Clima, COP28 .

“Ninguém pode negar que o Brasil explora petróleo. Tanto é que nós temos uma das maiores empresas que tem maior expertise em explorar petróleo em águas profundas, que é a Petrobras ”, justificou em entrevista à DW nesta segunda-feira (04/12) depois de participar de um debate no pavilhão que o governo federal montou em conferência.

Questionado se a COP28 deve fixar um dado para o fim da era fóssil, uma das principais discussões no evento, Silveira foi evasivo. Ele disse que vai liderar o debate dentro do G20 para que a conta da descarbonização seja paga pelos países que mais poluíram historicamente, e não pelos países em desenvolvimento.

Embora a ciência seja clara sobre a obrigação de redução drástica da queima de combustíveis fósseis para conter o aquecimento global , o ministro brasileiro defendeu ainda a abertura de novas frentes de exploração no país, incluindo a região chamada de Foz do Amazonas.

No fim deste quinto dia da COP28, após a publicação da entrevista, o Brasil ganhou o antiprêmio Fóssil do Dia, uma tradição mantida pelas entidades da sociedade civil nas conferências do clima. O antiprêmio visa expor governos que prejudiquem o meio ambiente ou tenham posições favoráveis ​​aos objetivos da conferência.

DW: No dia de abertura da Conferência do Clima em Dubai, o senhor participou de uma reunião com a Organização dos Países Exportadores do Petróleo ( Opep ) e anunciou a entrada do Brasil para o subgrupo chamado de Opep+. O senhor não acha que isso causou um mal-estar bem na abertura da COP28?

Alexandre Silveira: Muito pelo contrário. Na verdade, o Brasil nunca escondeu que sua grande potencialidade é exatamente sua pluralidade energética, sua diversidade energética. É importante destacar que o Brasil já é um grande líder da transição energética no mundo, e aqui na COP isso ficou claro. Temos 88% da nossa matriz energética limpa e renovável.

Tio investimentos robustos na construção de hidrelétricas, inclusive em mandatos do presidente Lula, como Belo Monte, Jirau, Santo Antônio. Continuamos fazendo investimentos para aumentar a produção de energia eólica, solar e biomassa no Nordeste brasileiro.

A questão da OPEP+ é importante destacar que nada tem a ver com o núcleo da OPEP que discute a questão do controle do petróleo. A OPEP+, na verdade, é uma carta de adesão, de cooperação, de uma plataforma que discute a estratégia dos investimentos dos países petroleiros do mundo. Ninguém pode negar que o Brasil explora petróleo. Tanto é que temos uma das maiores empresas com maior expertise na exploração de petróleo em águas profundas, que é a Petrobras.

Vamos falar sobre o petróleo?

Eu vou continuar, com maior alegria e toda clara. Falando sobre petróleo, vou falar aqui sobre a França. A França não tem petróleo, mas tem a terceira maior petroleira do mundo, que é a Total Energies, que inclusive explora petróleo no Brasil.

O debate que temos que fazer é o seguinte: a transição energética tem que ser um instrumento de proteger o planeta, de aumentar a sustentabilidade, e o Brasil já está fazendo isso com louvor. Há esse reconhecimento aqui em todos os fóruns que participei na COP.

Inclusive o relatório da Agência Internacional de Energia (AIE) aponta a América Latina como a região que mais protege o meio ambiente no planeta. O que precisamos fazer, na verdade, é um debate com os países desenvolvidos para como a transição vai se dar de forma justa, inclusiva, e como disse o Papa Francisco, obrigatória.

Enquanto não criamos um mecanismo internacional onde os países em desenvolvimento sejam financiados de forma mais justa, com juros mais baratos pelos bancos multilaterais para avançar na transição energética, enquanto não tivermos uma forma de aquilatar a emissão de carbono pelos países que emitem mais – e Esses países a gente sabe muito bem que são industrializados – nós não vamos conseguir alcançar o grande objetivo de sustentabilidade e transição energética.

Na minha visão, o principal ponto da transição energética é a proteção planetária. Mas ela tem outra missão, que é incluir o povo do Sul global, em especial, na cidadania, combatendo a desigualdade, gerando emprego e renda com oportunidade. E o Brasil não vai perder esta oportunidade.

Mas vamos falar sobre emissões, ministro. A gente tem uma realidade, que está sendo discutida aqui na COP, que mostra que o mundo não pode mais emitir gases do efeito estufa, que o limite para queima do petróleo foi ultrapassado. A ciência mostra que não se pode mais abrir novos poços de petróleo para que se cumpra o Acordo de Paris…

O relatório da IEA mostra de forma clara o que regiões foram feitas geopoliticamente como para proteger o planeta. A América Latina, os países do Sul globais, os países mais pobres que financiam de forma mais vigorosa a transição energética. Para ser justa e inclusiva, a transição não pode penalizar mais ainda as pessoas que mais precisam ser incluídas na cidadania.

E essa inclusão é com o petróleo, é isso que o senhor está querendo dizer?

Não. Ao contrário. É com os países ricos, desenvolvidos, num debate internacional honesto, transparente claro, como o presidente Lula tem liderado.

Eu fui a Goa [Índia] e me reuni com 46 ministros de energia no mundo inteiro, desenvolvido e do Sul global, fazendo este mesmo debate. Eu estive aqui na COP, calorosamente, fazendo esse mesmo debate. E eu vou presidir o G20 de energia do Brasil ano que vem exatamente para levar este debate.

Além dos esforços já feitos pelo Brasil e pelos outros países do Sul global, o avanço da descarbonização e o declínio da produção de petróleo no mundo são feitos por países que se enriquecem e incluem suas populações. Tem que ser feito de forma justa para que os países em desenvolvimento não continuem pagando esta conta com pobreza e miséria.

Quando deve ser declarado o fim da era fóssil, na visão do senhor? Isso deveria ser decidido aqui na COP?

Eu defendo que isso deve ser feito num especial onde o mundo inteiro possa entender que vivemos num único ecossistema e que, portanto, não sacrifique um único ou alguns países menos desenvolvidos para poder pagar a conta da sustentabilidade sozinho.

Ou seja, o Brasil vai continuar abrindo poços de petróleo? Sim ou não?

Eu defendo que a Margem Equatorial [região também chamada de Foz do Amazonas], de forma adequada, cumprindo a legislação ambiental, deve ser mais uma fonte de riqueza para combater a desigualdade no Brasil.

Continue Reading
Advertisement

Relógio

Grupo do Portal Informa Paraíba (Facebook)

Portal Informa Paraíba

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias

TWITTER DO PORTAL INFORMA PARAÍBA

www.informaparaiba.com.br

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias.

Página do Portal Informa Paraíba (Facebook)

Esporte1 hora ago

Botafogo-Pb vence o Serra Branca e avança às semifinais

Internacional6 horas ago

Papa Francisco sobre a ideologia de gênero: “Pior perigo”

Judiciário6 horas ago

Barroso reserva sessão para pauta econômica de R$ 516,2 bilhões

Judiciário7 horas ago

STF analisará pedido de traficante Pancadão para reaver R$ 10 milhões

CIDADE1 dia ago

Reconhecendo falha, PCdoB de Santa Rita se reúne com Nicola

CIDADE1 dia ago

“Greve de Professores em Santa Rita: Sindicato emite nota condenando a gestão de Panta por sua ‘postura autoritária'”

Judiciário1 dia ago

Por 5 votos a 2, TRT determina afastamento imediato de Buega Gadelha da presidência da FIEP

Esporte2 dias ago

Ayrton Lucas assume protagonismo e larga na frente de Viña no Flamengo

Esporte2 dias ago

Retrospectiva SUPER LUTAS: Assista aos melhores e mais brutais nocautes do mês de fevereiro

Esporte2 dias ago

Medvedev brilha rumo à semifinal em Dubai e mantém a defesa do título viva

Esporte2 dias ago

Com drama e gol no fim, Campinense bate Nacional e respira no Paraibano

Esporte2 dias ago

F1: Análise dos ritmos das equipes após o primeiro dia de treinos no Bahrein

Saúde2 dias ago

ALZHEIMER É UM TIPO DE Diabete? ESTUDOS INVESTIGAM

Educação & Cultura2 dias ago

DIGRESSÕES SOBRE O QUE DEVE ACONTECER ATÉ O FINAL DESTE SÉCULO

ENTRETENIMENTO2 dias ago

AULA 1 – JORNADA 3 PILARES DO CULTIVO DE PLANTAS EM VASOS

Judiciário2 dias ago

CONTRATO DE ALUGUEL: COMO NÃO PAGAR MULTA

Internacional2 dias ago

2 ANOS DA GUERRA NA UCRÂNIA: A VIDA NO VILAREJO QUE FICOU POVOADO POR ÓRFÃOS

AGRICULTURA & PECUÁRIA2 dias ago

Fim da tarifa antidumping na China deve ampliar exportações de frango do PR

AGRICULTURA & PECUÁRIA2 dias ago

Pesquisa mapeia 2,3 milhões de bovinos, 41% do gado confinado no País em 2023

AGRICULTURA & PECUÁRIA2 dias ago

Baixa de Chicago e alta do dólar: veja influência na soja brasileira

AGRICULTURA & PECUÁRIA2 dias ago

Lavouras de milho se recuperam na região de Soledade

AGRICULTURA & PECUÁRIA2 dias ago

Avanço da colheita no Brasil e falta de demanda pela soja americana ajudam a pressionar cotações da soja em Chicago

AGRICULTURA & PECUÁRIA2 dias ago

Representantes do governo federal acompanham produção de extrativistas de babaçu do Médio Mearim

Internacional2 dias ago

Por que os agricultores têm tanta influência política na França

Internacional2 dias ago

Como megajulgamento do chefe do tráfico mudou a Holanda

Internacional2 dias ago

Moldávia: o próximo alvo de Putin?

Internacional2 dias ago

Parlamento Europeu aprova Lei de Restauração da Natureza

Internacional2 dias ago

Marinha alemã impede ataque de drones dos rebeldes houthis

Internacional2 dias ago

Milei proíbe linguagem inclusiva no governo da Argentina

Internacional2 dias ago

Brasil e Moçambique discursam em dia de encerramento da Unea-6

Internacional7 meses ago

Cidade alemã passa a distribuir gratuitamente filtro solar

Internacional9 meses ago

IMPRESSIONANTE – GOVERNO CANADENSE ADMITE: “Os não vacinados estavam certos sobre as vacinas de mRNA”

Segurança Pública11 meses ago

IMAGEM FORTÍSSIMA: Vídeo mostra momento em que aluno mata professora a facadas

Judiciário10 meses ago

Escravizados

ENTRETENIMENTO8 meses ago

Exorcista: filme “Nefarious” é “o melhor já produzido” sobre possessão demoníaca

ENTRETENIMENTO7 meses ago

JIBÓIA

CIÊNCIA & TECNOLOGIA11 meses ago

DarkWeb, DeepWeb e DarkNet: qual a diferença?

CIÊNCIA & TECNOLOGIA11 meses ago

Como ver os Stories anonimamente no Instagram

Nacional7 meses ago

CNS reconhece religiões afro como complementares ao SUS

Segurança Pública11 meses ago

Adulteração de chassi de reboques está mais próximo de se tornar crime

Nacional11 meses ago

Advogado de Adélio Bispo recebeu R$ 315 mil do PCC, segundo inquérito da PF

ENTRETENIMENTO5 meses ago

Conheça Rocco, um cão mistura de rottweiler com husky siberiano: ‘Parece o Batman’

CIÊNCIA & TECNOLOGIA11 meses ago

Novo botão ágil do YouTube Music baixa até 200 músicas de uma vez

CIDADE10 meses ago

Sapé: ex-candidato a prefeito Luizinho, vice e coligação são condenados a pagar R$ 300 mil por infringir norma eleitoral e sanitária

Nacional10 meses ago

Bomba: Alexandre de Moraes monitorava todos os passos de funcionários do gabinete de Bolsonaro e da primeira-dama desde 2021, diz Folha

AGRICULTURA & PECUÁRIA2 meses ago

Com produtor revisando tamanho da safra, 2024 inicia cercado de incertezas para a soja

Nacional11 meses ago

Exclusivo: imagens mostram baixo contingente de segurança no Planalto e atuação do GSI no 8 de janeiro

Nacional10 meses ago

Lira manda novo recado ao governo Lula: “grande resistência entre os parlamentares”

Judiciário6 meses ago

Informativo destaca não exigência de provas para fixação de indenização mínima por danos morais

CONCURSO E EMPREGO2 meses ago

Carreiras em Extinção? Veja Quais Podem Sumir

Judiciário5 meses ago

Entender Direito: especialistas discutem os embargos de divergência

ENTRETENIMENTO12 meses ago

COMO ELIMINAR COCHONILHA DE RAIZ DE PLANTAS EM VASO

Internacional2 meses ago

Secretário-geral da ONU condena atos criminosos no Equador

Internacional2 meses ago

Fome já é generalizada em Gaza, alerta ONU

ECONOMIA2 meses ago

Calendário do Bolsa Família 2024: saiba quando você vai receber

CIDADE2 meses ago

Polêmica em Princesa Isabel: Vereadores aprovam aumento salarial próprio e do Executivo

AGRICULTURA & PECUÁRIA2 meses ago

Número de IGs cresceu 60% em quatro anos no Brasil

Judiciário11 meses ago

TST valida vínculo de emprego entre vendedora e lotérica de jogo do bicho

CIÊNCIA & TECNOLOGIA11 meses ago

Andrômeda vai colidir com a Via Láctea: devemos nos preocupar?

Segurança Pública11 meses ago

Projeto determina a apreensão de todos os bens usados em crime ambiental

Saúde2 dias ago

ALZHEIMER É UM TIPO DE Diabete? ESTUDOS INVESTIGAM

Educação & Cultura2 dias ago

DIGRESSÕES SOBRE O QUE DEVE ACONTECER ATÉ O FINAL DESTE SÉCULO

ENTRETENIMENTO2 dias ago

AULA 1 – JORNADA 3 PILARES DO CULTIVO DE PLANTAS EM VASOS

Judiciário2 dias ago

CONTRATO DE ALUGUEL: COMO NÃO PAGAR MULTA

Internacional2 dias ago

2 ANOS DA GUERRA NA UCRÂNIA: A VIDA NO VILAREJO QUE FICOU POVOADO POR ÓRFÃOS

ENTRETENIMENTO3 dias ago

OS ENCANTOS DO BORDADO POLONÊS

AGRICULTURA & PECUÁRIA3 dias ago

PÉ-DURO: O GADO QUE DESAFIOU O SERTÃO BRASILEIRO

CIÊNCIA & TECNOLOGIA3 dias ago

EUA VOLTAM À LUA MAIS DE 50 ANOS DEPOIS COM POUSO DE MÓDULO ESPACIAL

ENTRETENIMENTO3 dias ago

CINCO DADOS FASCINANTES SOBRE ORQUÍDEAS

Judiciário3 dias ago

A NOVA CARTEIRA DE IDENTIDADE NACIONAL E O QUE MUDA COM A NUMERAÇÃO UNIFICADA

AGRICULTURA & PECUÁRIA3 dias ago

CISTERNAS GARANTEM SEGURANÇA HÍDRICA NO CAMPO

AGRICULTURA & PECUÁRIA3 dias ago

BRASIL É EXEMPLO PRODUÇÃO DE ALIMENTOS PRODUZIDOS COM TECNOLOGIAS SUSTENTÁVEIS

Saúde5 dias ago

VARIANTES DA DENGUE EM CIRCULA PELO BRASIL

Nacional5 dias ago

CENSO 2022: COLETA DE ESGOTO ATENDE 62% DOS BRASILEIROS

Educação & Cultura5 dias ago

ESCOLAS SUECAS REDESCOBREM LIVROS – E ALUNOS SE SURPREENDEM

ENTRETENIMENTO5 dias ago

BLOQUEIE AS PRAGAS

Saúde5 dias ago

AEDES AEGYPTI: MOSQUITO TRANSMISSOR DA DENGUE PODE INFECTAR PESSOAS DIRETAMENTE

CIÊNCIA & TECNOLOGIA6 dias ago

PETROBRAS: PROJETO PIONEIRO QUE SEPARA GÁS CARBÔNICO E PETRÓLEO NO FUNDO DO MAR

ECONOMIA6 dias ago

BRASIL REGISTRA ALTA DEPENDÊNCIA EM COMMODITIES NA ECONOMIA

ENTRETENIMENTO6 dias ago

TOMATE, PIMENTA E PIMENTÃO PLANTADOS COM O QUE IRIA PARA O LIXO

ECONOMIA6 dias ago

ECONOMIA DA SOLIDÃO: CRESCE MERCADO DE MAIS DE UM BILHÃO DE PESSOAS

Saúde6 dias ago

COMO ‘RECONFIGUREI’ MEU CÉREBRO EM SEIS SEMANAS

Saúde2 semanas ago

DENGUE: PREOCUPAÇÃO EM ÁREAS RURAIS CRESCE COM DISPARADA DE CASOS

ECONOMIA2 semanas ago

AUMENTO DE ARRECADAÇÃO E AJUDA PARA META FISCAL DO PAÍS

ECONOMIA2 semanas ago

GOVERNO AVALIA LIBERAR UMA NOVA FORMA DE USO DO FGTS

Saúde2 semanas ago

NOMOFOBIA: DEPENDÊNCIA DO USO DO CELULAR JÁ ATINGE IDOSOS

Saúde2 semanas ago

DENGUE: INFECTOLOGISTA TIRA DÚVIDAS SOBRE VACINA, REPELENTES E SINTOMAS

Judiciário2 semanas ago

CHEGOU A HORA DE COMBATER OS ULTRAPROCESSADOS NO BRASIL

CIÊNCIA & TECNOLOGIA2 semanas ago

ENTRA EM VIGOR A LEI EUROPEIA QUE REGULAMENTA TODAS AS PLATAFORMAS DIGITAIS

ENTRETENIMENTO2 semanas ago

PIERNIKI DOMOVE – A BOLACHA DE MEL POLONESA

Advertisement
Advertisement

Vejam também