Connect with us

Nacional

Censo 2022: informações de população e domicílios por setores censitários auxiliam gestão pública

Destaques
Na oitava divulgação do Censo Demográfico 2022, IBGE apresenta os totais de população residente e de domicílios por Setores Censitários preliminares e agregados por Subdistritos e Distritos. Também hoje, passa a estar disponível a Malha de Setores Censitários preliminares.
As informações podem ser acessadas no portal do IBGE e no Panorama do Censo, com visualização de mapas interativos, busca direta por locais específicos e seleção de um ou mais distritos, subdistritos ou setores censitários de um determinado município.
Através da base de dados disponibilizada pelo IBGE, o usuário pode fazer uma grande variedade de análises e estudos, a partir de totais de população e domicílios e da área territorial dos setores, como a média de moradores, densidade demográfica, comparações entre recortes, mapeamento de áreas de risco, entre outros.
No caso da malha de setores censitários, o planejamento urbano e a gestão do território são os principais beneficiados.
Nesta divulgação, os setores são classificados como preliminares porque, de maneira inédita, avanços tecnológicos permitirão que aconteçam aperfeiçoamentos na malha de setores censitários antes da publicação definitiva a partir dos dados coletados no Censo.
Por meio dos dados disponibilizados, é possível observar, por exemplo, que, em 2022, 54,8% da população brasileira (111.277.361 pessoas) vivia em Setores Censitários a uma distância máxima de 150 km do litoral. Enquanto isso, 4,6% dos brasileiros (9.416.714 pessoas) moravam em Setores Censitários localizados até 150 km da faixa de fronteira do Brasil com outros países.
Os dados também permitem fazer observações como a quantidade aproximada de pessoas que habita o entorno de avenidas: no Rio de Janeiro, por exemplo, quase 500 mil pessoas moravam em Setores Censitários localizados até 500 metros de distância da Avenida Brasil, ao longo de toda a sua extensão.

Divulgação dos agregados por setores censitários preliminares permite que a sociedade acesse, mais rapidamente, informações detalhadas obtidas pelo Censo 2022

Destaques

  • Na oitava divulgação do Censo Demográfico 2022, IBGE apresenta os totais de população residente e de domicílios por Setores Censitários preliminares e agregados por Subdistritos e Distritos. Também hoje, passa a estar disponível a Malha de Setores Censitários preliminares.
  • As informações podem ser acessadas no portal do IBGE e no Panorama do Censo, com visualização de mapas interativos, busca direta por locais específicos e seleção de um ou mais distritos, subdistritos ou setores censitários de um determinado município.  
  • Através da base de dados disponibilizada pelo IBGE, o usuário pode fazer uma grande variedade de análises e estudos, a partir de totais de população e domicílios e da área territorial dos setores, como a média de moradores, densidade demográfica, comparações entre recortes, mapeamento de áreas de risco, entre outros.
  • No caso da malha de setores censitários, o planejamento urbano e a gestão do território são os principais beneficiados.  
  • Nesta divulgação, os setores são classificados como preliminares porque, de maneira inédita, avanços tecnológicos permitirão que aconteçam aperfeiçoamentos na malha de setores censitários antes da publicação definitiva a partir dos dados coletados no Censo.   
  • Por meio dos dados disponibilizados, é possível observar, por exemplo, que, em 2022, 54,8% da população brasileira (111.277.361 pessoas) vivia em Setores Censitários a uma distância máxima de 150 km do litoral. Enquanto isso, 4,6% dos brasileiros (9.416.714 pessoas) moravam em Setores Censitários localizados até 150 km da faixa de fronteira do Brasil com outros países. 
  • Os dados também permitem fazer observações como a quantidade aproximada de pessoas que habita o entorno de avenidas: no Rio de Janeiro, por exemplo, quase 500 mil pessoas moravam em Setores Censitários localizados até 500 metros de distância da Avenida Brasil, ao longo de toda a sua extensão.

O IBGE disponibiliza a partir de hoje (21) os totais de população residente e de domicílios por setores censitários preliminares e agregados por subdistritos e distritos. Os setores censitários são as unidades territoriais de coleta do Censo Demográfico. Está sendo divulgada, também, a malha de setores censitários preliminares, contendo os arquivos vetoriais digitalizados dos setores censitários que representam o território brasileiro. Trata-se de uma base de dados por meio da qual é possível fazer uma ampla gama de análises e estudos técnicos, com a composição de recortes personalizados de acordo com o interesse do usuário. Ao todo, 452.338 setores censitários estão distribuídos pelos 5.568 municípios brasileiros, além do Distrito Federal e do Distrito de Fernando de Noronha. A divulgação da malha e dos agregados definitivos está prevista para o segundo semestre.

O evento de divulgação ocorre hoje, às 10 horas, no auditório da Associação dos Municípios da Grande Florianópolis (GRANFPOLIS), com o apoio da Federação Catarinense de Municípios (FECAM), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), da Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento (ARIS) e da GRANFPOLIS. Haverá transmissão ao vivo pelo portal do IBGE.

Grande Regiões e Unidades da FederaçãoTotal
NomePopulaçãoDomicíliosSetores Censitários(1)Municípios(2)Distritos(3)Subdistritos
Brasil203.080.75690.704.582452.3385.57010.670643
Região Norte17.354.8846.535.78137.20645069514
Região Nordeste54.658.51524.446.202115.9951.7943.30171
Região Sudeste84.840.11338.729.504203.0581.6683.434221
Região Sul29.937.70613.832.75763.5291.1912.487223
Região Centro-Oeste16.289.5387.160.33832.550467753114
Fonte: IBGE – Censo Demográfico 2022
(1) Nos arquivos vetoriais de Setores Censitários, constam áreas operacionais referentes à Lagoa dos Patos e à Lagoa Mirim.
(2) Nos arquivos vetoriais de Municípios, Brasília, capital federal e sede do Distrito Federal, e o Distrito Estadual de Fernando de Noronha, por razões cadastrais, são armazenados como Municípios. Constam ainda áreas operacionais referentes à Lagoa dos Patos e à Lagoa Mirim.
(3) Nos arquivos vetoriais de Distritos, consta uma área operacional referente à Lagoa dos Patos e à Lagoa Mirim.

“Entre os censos de 2010 e 2022, 135.764 setores censitários foram adicionados, um incremento de 43%, refletindo o crescimento de edificações no território verificado no período. Além disso, apesar da redução da desaceleração do crescimento da população na última década, houve um aumento de 34% no quantitativo de domicílios em relação ao Censo 2010, o que se reflete na malha de setores censitários, explica Fernando Damasco, pesquisador do IBGE. Segundo ele, “com as informações disponibilizadas, os analistas conseguem estabelecer uma série de estudos, classificações territoriais e regionalizações que podem ser úteis, principalmente, para atividades de gestão do território nas três esferas de governo”.   

Os dados podem ser consultados no portal do IBGE e no Panorama do Censo, por meio da visualização em mapas interativos, com possibilidade de busca direta por localidades específicas, além da seleção de um ou mais distritos, subdistritos ou setores censitários de um determinado município.

Vídeo – Fernando Damasco, Analista do Censo – Agregados por Setores Censitários Preliminares

Malha está sendo aprimorada e versão definitiva trará mais variáveis associadas

A malha de setores censitários preliminares compõe o conjunto de recortes territoriais institucionais do IBGE, reunidos no Quadro Geográfico de Referência para produção, análise e disseminação de estatísticas. Assim, pode ser acessada também através do site do Quadro Geográfico e na PGI do Quadro Geográfico. Os setores censitários apresentados são considerados preliminares porque, pela primeira vez, antes da publicação dos agregados definitivos, haverá possibilidade de implementar melhorias na Base Territorial, em sua forma e suas classificações, a partir das informações coletadas no Censo 2022, o que só foi possível devido aos avanços tecnológicos da última década.

O IBGE vem realizando vários procedimentos de crítica e adequação dos setores censitários à configuração territorial existente na data de referência do Censo, a fim de que alcancem sua formatação definitiva, para viabilizar uma nova agregação estatística acompanhada de maior quantitativo de variáveis associadas a recortes coerentes com os resultados divulgados. Nos próximos meses, o instituto prosseguirá com os processos de apuração de resultados e de aperfeiçoamento da malha de setores censitários, com o objetivo de divulgar os agregados por setores censitários definitivos. A previsão é que esse trabalho seja concluído no segundo semestre deste ano. 

“O principal propósito desta divulgação é fazer com que a sociedade tenha acesso, com maior rapidez, a informações em níveis territoriais mais detalhados obtidas pelo Censo 2022, sempre preservando a confiabilidade dos dados. Podem existir divergências entre as feições, os limites e atributos representados na versão preliminar e aqueles de sua versão definitiva”, destaca Raphael Moraes, pesquisador do IBGE. Ele lembra que comparações entre estatísticas de 2010 e 2022 devem ser feitas com cautela, principalmente no que se refere aos setores alterados no período.

Vídeo – Raphael de Moraes, Analista do Censo – Agregados por Setores Censitários Preliminares

Presídios e condomínios influenciam quantidade de moradores e de domicílios

Dentre tantas possibilidades de uso dos dados disponibilizados hoje pelo IBGE, alguns resultados chamam atenção. No ranking de setores censitários com mais pessoas no Brasil, as duas primeiras posições ficaram em Brasília/DF (10.163 pessoas) e Vila Velha/ES (7.756 pessoas), nos setores onde estão, respectivamente, o Complexo Penitenciário da Papuda e a Penitenciária Estadual de Vila Velha. O setor com mais domicílios também foi identificado em Brasília/DF (6.322 domicílios), e compreende, além de chácaras, o Itapoã Parque. Lá, havia muitos condomínios com prédios vagos, em construção ou em reforma. Dos 76 condomínios, apenas quatro estavam habitados e alguns dos moradores não estavam ocupando os imóveis na data de referência da pesquisa (31/07/2022). 

Perdizes, Grajaú e Marsilac se destacaram entre os distritos de São Paulo

Maior cidade do país, São Paulo tinha, em 2022, a quantidade mais expressiva de domicílios coletivos em Perdizes (294 domicílios coletivos), maior população e número de domicílios no Grajaú (384.873 pessoas e 154.205 domicílios), e menor população e quantidade de domicílios em Marsilac (11.443 pessoas e 6.135 domicílios). 

“O nível de detalhamento das informações que estamos trazendo agora também pode ser útil no mapeamento de habitações em áreas de risco, como no litoral norte de São Paulo”, observa Raphael Moraes.

Em Florianópolis/SC, alguns destaques são os distritos de Ratones, com a menor população (5.823 pessoas), menor quantidade de domicílios (2.511 domicílios) e maior média de moradores em domicílios ocupados (2,69 pessoas); Lagoa da Conceição, com a menor média de moradores em domicílios ocupados (2,19 pessoas); e Florianópolis, com a maior população (276.224 pessoas) e o maior número de domicílios (134.210 domicílios).

O distrito que apresentou maior média de moradores por domicílio ocupado foi Toricueije (6,6 moradores), em Barra do Garças/MT.

Substritos de Ceilândia, no DF, e Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, são os mais populosos de suas regiões

No Distrito Federal, o subdistrito de Ceilândia é o mais populoso, com 287.023 moradores, seguido por Samambaia, com 218.840. O subdistrito Parkway tem a maior média de moradores, com 3,34 pessoas por domicílio, seguido por Sol Nascente/Pôr do Sol, com 3,23.

Na cidade do Rio de Janeiro, o subdistrito de Jacarepaguá tem a maior população (653.492), seguido de Campo Grande (600.464). O subdistrito de menor população é a Ilha de Paquetá, com 3.486. Já em relação à média de moradores por subdistrito, a maior foi registrada em Santa Cruz (2,78), enquanto a menor foi observada no Centro (1,81).

Em 2022, mais da metade dos brasileiros viviam a até 150 km do litoral 

Os agregados por setores censitários preliminares do Censo 2022 mostram que 111.277.361 pessoas, equivalente a 54,8% da população do Brasil, moravam em setores censitários localizados a uma distância máxima de 150 quilômetros do litoral. Em Santa Catarina, esse percentual chega a 75,4%, o que corresponde a 5.734.702 habitantes vivendo próximos ao mar.

Pode-se observar, ainda, a parcela da população brasileira que habitava a faixa de fronteira. O total de 9.416.714 pessoas moravam em setores censitários localizados a até 150 quilômetros de distância da fronteira do Brasil com outros países. Isso equivale a 4,6% da população do país. Em Santa Catarina, 11,4% da população (866.171 pessoas) vivia próximo à fronteira com a Argentina.

Nesta avaliação, foram considerados apenas os Setores Censitários totalmente contidos nas faixas de 150 quilômetros em relação à fronteira e ao litoral.

Quase meio milhão de pessoas moravam no entorno da Avenida Brasil

Principal via expressa do Rio de Janeiro, a Avenida Brasil tem mais de 58 quilômetros de extensão. Ao analisar os dados do Censo 2022, o usuário descobre, por exemplo, que 486.195 pessoas moravam nos 999 setores censitários totalmente ou parcialmente localizados a uma distância máxima de 500 metros da via. Um total de 219.553 domicílios, sendo 219.489 particulares e 64 coletivos, estão em setores localizados até 500 metros da Avenida Brasil, em seu entorno. 

Mais sobre a pesquisa

O Censo Demográfico é a principal fonte de referência sobre as condições de vida da população em todos os municípios do país e em seus recortes territoriais internos. A divulgação Censo Demográfico 2022: Agregados por Setores Censitários preliminares: População e Domicílios disponibiliza para a sociedade arquivos para download com informações, por Setor Censitário, dos totais de pessoas e de domicílios investigados em todo o território nacional. Já o Censo Demográfico 2022: Malha de Setores Censitários preliminares contém os arquivos, em formato vetorial digital, dos Setores Censitários que representam o território brasileiro para os censos e pesquisas do IBGE. De forma inédita, os Agregados foram disponibilizados de forma integrada aos arquivos vetoriais da Malha de Setores preliminares, de modo a facilitar as análises geoespaciais e estatísticas dos resultados censitários.

Continue Reading
Advertisement

Relógio

Grupo do Portal Informa Paraíba (Facebook)

Portal Informa Paraíba

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias

TWITTER DO PORTAL INFORMA PARAÍBA

www.informaparaiba.com.br

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias.

Página do Portal Informa Paraíba (Facebook)

Esporte3 horas ago

Nos pênaltis, Sousa vence Botafogo-PB e é campeão Paraibano de 2024

Esporte3 horas ago

Carol Meligeni perde para Siegemund, e Brasil cai para Alemanha mais uma vez na BJK Cup

Esporte3 horas ago

Fla encara Halcones por vaga na final da Champions League de basquete

Esporte3 horas ago

Popó confirma luta contra Vitor Belfort e anuncia quando será o combate

Esporte3 horas ago

Doornbos aconselha Verstappen: “Vá para a Mercedes, a Ford não será a melhor opção

Educação & Cultura3 horas ago

Atlas do IBGE com Brasil no centro vira polêmica: como surgiu o marco zero dos mapas?

Segurança Pública3 horas ago

É falsa informação de que STF extinguiu hora extra aos policiais civis

Judiciário3 horas ago

ADI 6.655: futuro dos cargos comissionados e veredito do STF para tribunais de contas

Judiciário4 horas ago

Último ano de mandato e o aumento na despesa com pessoal

Educação & Cultura4 horas ago

Usufruído ou não, recreio deve ser computado na jornada de professora

Judiciário4 horas ago

Reforma do Código Civil prevê divórcio unilateral direto no cartório

ESTADO4 horas ago

Mais de 68,7 mil doses aplicadas no “Dia D contra a Influenza e Multivacinação” 

CIDADE4 horas ago

Mais de 5,8 mil pessoas foram imunizadas durante o ‘Dia D’ de vacinação na Capital

ESTADO4 horas ago

Governo da Paraíba facilita acesso de pescadores ao Cadastro Nacional da Agricultura Familiar

ESTADO4 horas ago

Programa Opera Paraíba realiza primeira cirurgia de artroplastia total de quadril no Hospital Regional de Picuí

Judiciário4 horas ago

Aborto: a vida começa na concepção – recente resolução do Conselho Federal de Medicina

CIDADE4 horas ago

CPICS Equilíbrio do Ser oferece meditação para gerenciamento do estresse e da ansiedade 

CIDADE4 horas ago

Clube de Vantagens do IPM-JP concede aos aposentados descontos em rede conveniada

ESTADO4 horas ago

Agevisa adequa legislação estadual à nacional e restringe venda livre de álcool a 70% na Paraíba a partir de 30 de abril 

ESTADO4 horas ago

CRMV-PB e Abracrim alertam para maus-tratos contra animais; saiba como denunciar

Esporte4 horas ago

Alex Poatan apaga Jamahal Hill com nocaute avassalador e mantém cinturão dos meio-pesados no UFC 300

Segurança Pública5 horas ago

COMO ANALISAR E EVITAR GOLPES DO PIX

Saúde5 horas ago

UMA SEGUNDA INFECÇÃO POR DENGUE PODE SER PIOR DO QUE A PRIMEIRA?

ECONOMIA5 horas ago

IMPOSTO DE RENDA: RECEITA FEDERAL AUMENTA LIMITE DE ISENÇÃO DE IMÓVEIS

Internacional5 horas ago

Micróbios da Antártida resistem em clima similar ao de Marte

AGRICULTURA & PECUÁRIA5 horas ago

Equipes da Companhia coletam dados para atualizar números da safra de café

AGRICULTURA & PECUÁRIA5 horas ago

Safra de grãos 2023/2024 está estimada em 294,1 milhões de toneladas

AGRICULTURA & PECUÁRIA5 horas ago

Soja: mercado avalia divergência entre projeções de safra do Brasil

AGRICULTURA & PECUÁRIA5 horas ago

Na contramão do país, exportações de milho sobem em Mato Grosso

AGRICULTURA & PECUÁRIA5 horas ago

Produção de tabaco cai 16%

Internacional9 meses ago

Cidade alemã passa a distribuir gratuitamente filtro solar

Internacional10 meses ago

IMPRESSIONANTE – GOVERNO CANADENSE ADMITE: “Os não vacinados estavam certos sobre as vacinas de mRNA”

Judiciário11 meses ago

Escravizados

ENTRETENIMENTO9 meses ago

JIBÓIA

ENTRETENIMENTO10 meses ago

Exorcista: filme “Nefarious” é “o melhor já produzido” sobre possessão demoníaca

Nacional8 meses ago

CNS reconhece religiões afro como complementares ao SUS

ENTRETENIMENTO6 meses ago

Conheça Rocco, um cão mistura de rottweiler com husky siberiano: ‘Parece o Batman’

AGRICULTURA & PECUÁRIA3 meses ago

Com produtor revisando tamanho da safra, 2024 inicia cercado de incertezas para a soja

Nacional12 meses ago

Advogado de Adélio Bispo recebeu R$ 315 mil do PCC, segundo inquérito da PF

Internacional3 meses ago

Secretário-geral da ONU condena atos criminosos no Equador

CONCURSO E EMPREGO3 meses ago

Carreiras em Extinção? Veja Quais Podem Sumir

CIDADE11 meses ago

Sapé: ex-candidato a prefeito Luizinho, vice e coligação são condenados a pagar R$ 300 mil por infringir norma eleitoral e sanitária

Nacional11 meses ago

Bomba: Alexandre de Moraes monitorava todos os passos de funcionários do gabinete de Bolsonaro e da primeira-dama desde 2021, diz Folha

ECONOMIA3 meses ago

Calendário do Bolsa Família 2024: saiba quando você vai receber

Internacional3 meses ago

Fome já é generalizada em Gaza, alerta ONU

Nacional12 meses ago

Exclusivo: imagens mostram baixo contingente de segurança no Planalto e atuação do GSI no 8 de janeiro

AGRICULTURA & PECUÁRIA3 meses ago

Número de IGs cresceu 60% em quatro anos no Brasil

CIDADE3 meses ago

Polêmica em Princesa Isabel: Vereadores aprovam aumento salarial próprio e do Executivo

Judiciário7 meses ago

Informativo destaca não exigência de provas para fixação de indenização mínima por danos morais

Nacional11 meses ago

Lira manda novo recado ao governo Lula: “grande resistência entre os parlamentares”

Judiciário6 meses ago

Entender Direito: especialistas discutem os embargos de divergência

Saúde3 meses ago

OS PRINCIPAIS LEGUMES E VERDURAS QUE AJUDAM A PREVENIR DOENÇAS CRÔNICAS

Internacional3 meses ago

Israel quer controlar e fechar fronteira entre Gaza e Egito

ENTRETENIMENTO3 meses ago

HORTÊNSIAS

Educação & Cultura3 meses ago

Campina Grande entra na disputa e poderá ser escolhida para receber nova Escola de Sargentos do Exército após impasse em Pernambuco

Segurança Pública11 meses ago

Conheça as 6 piores prisões do mundo

Nacional10 meses ago

Relator lê parecer sobre indicação de Cristiano Zanin ao STF; sabatina está marcada para 21 de junho

Internacional3 meses ago

“Perdas, dor e angústia” após ataques aéreos marcam o início do ano na Ucrânia

Educação & Cultura10 meses ago

Novo ensino médio precisa levar em conta realidade de alunos e municípios, aponta debate

Nacional11 meses ago

Repórter da TV Globo é agredida por segurança de Maduro após questionamento

Segurança Pública5 horas ago

COMO ANALISAR E EVITAR GOLPES DO PIX

Saúde5 horas ago

UMA SEGUNDA INFECÇÃO POR DENGUE PODE SER PIOR DO QUE A PRIMEIRA?

ECONOMIA5 horas ago

IMPOSTO DE RENDA: RECEITA FEDERAL AUMENTA LIMITE DE ISENÇÃO DE IMÓVEIS

Internacional2 dias ago

O PIOR LUGAR DO MUNDO PARA SER MULHER?

Saúde2 dias ago

CIÊNCIA PODE ESTAR PERTO DE DESCOBRIR ORIGEM DE TRANSTORNOS ALIMENTARES

Saúde2 dias ago

POR QUE O BRASIL TEM RECORDE DE CASOS DE DENGUE?

Nacional2 dias ago

SOTAQUE CARIOCA: POR QUE SE FALA CHIADO NO RJ?

Saúde2 dias ago

O QUE O CAFÉ FAZ REALMENTE COM O SEU CORPO

ENTRETENIMENTO3 dias ago

RECEITA DA COCADA DE MARACUJÁ

Saúde3 dias ago

IBGE APONTA QUE 60% DA POPULAÇÃO BRASILEIRA ADULTA ESTÁ ACIMA DO PESO

Saúde3 dias ago

OZEMPIC: INJEÇÕES PARA DIABETES AGORA COMO REMÉDIO PARA EMAGRECIMENTO

Internacional3 dias ago

EMPRESA DO REINO UNIDO LANÇA ‘ESCUDO’ QUE DEIXA QUALQUER PESSOA INVISÍVEL

AGRICULTURA & PECUÁRIA3 dias ago

MARÇO DE 2024 FOI O MÊS MAIS QUENTE DA HISTÓRIA

ENTRETENIMENTO4 dias ago

BRASILEIRO CASAM MENOS E FICAM MENOS TEMPO JUNTOS

ENTRETENIMENTO4 dias ago

SEXTO SENTIDO, UM PODER OCULTO?

Saúde4 dias ago

METAIS TÓXICOS EM BEBÊS

Nacional4 dias ago

PREOCUPAÇÃO COM O USO DA IA NAS CAMPANHAS POLÍTICAS VOLTA À TONA

CIÊNCIA & TECNOLOGIA4 dias ago

A CORRIDA PELO CAMINHÃO DO FUTURO

CIÊNCIA & TECNOLOGIA6 dias ago

TV 3.0: COMO SERÁ A TELEVISÃO DO FUTURO NO PAÍS

ENTRETENIMENTO6 dias ago

CRIAÇÃO DE VIEIRAS: A JOIA DO MAR EM CULTIVO SUSTENTÁVEL

Saúde6 dias ago

SINAIS DO PARKINSON PODEM APARECER BEM ANTES DOS TREMORES

Saúde6 dias ago

FEBRE OROPOUCHE: CRESCE CASOS DA DOENÇA COM SINTOMAS PARECIDO COM A DENGUE

AGRICULTURA & PECUÁRIA6 dias ago

PESQUISA DA UFMG TRANSFORMA XIXI EM ADUBO

Saúde1 semana ago

É PRECISO HIGIENIZAR A LATINHA ANTES DE CONSUMIR A BEBIDA?

CIÊNCIA & TECNOLOGIA1 semana ago

ROBÓTICA É PARA TODOS?

Internacional1 semana ago

MERCOSUL QUER FECHAR ACORDOS COMERCIAIS COM OUTROS BLOCOS

ECONOMIA1 semana ago

PARTE DO IMPOSTO DEVIDO PODE SER DOADO

Educação & Cultura1 semana ago

MAIOR MAPA EM 3D DO UNIVERSO PODE REVOLUCIONAR COMPREENSÃO DO COSMOS

ENTRETENIMENTO1 semana ago

RECEITA DO BOLO DE MILHO VERDE

Nacional1 semana ago

COMO O BRASIL ESTÁ SE TORNANDO O PAÍS DOS EVANGÉLICOS

Advertisement
Advertisement

Vejam também

Somos o Portal Informa Paraíba, uma empresa de marketing e portal de informações que oferece um noticioso com assuntos diversos. Nosso objetivo é fornecer conteúdo relevante e atualizado para nossos leitores, mantendo-os informados sobre os acontecimentos mais importantes. Nossa equipe é composta por profissionais experientes e apaixonados por comunicação, que trabalham incansavelmente para oferecer um serviço de qualidade. Além disso, estamos sempre em busca de novas formas de melhorar e inovar, para podermos atender às necessidades e expectativas de nossos clientes. Seja bem-vindo ao nosso mundo de informações e descubra tudo o que o Portal Informa Paraíba tem a oferecer. Fiquem bem informados acessando o Portal Informa Paraíba: www.informaparaiba.com.br