Connect with us

Internacional

Cresce na UE movimento para reconhecer um Estado Palestino

Por décadas, apenas um punhado de antigos países comunistas da Europa reconheceram a Palestina como um Estado soberano. Agora, Espanha e Irlanda querem mudar esse quadro e pressionar por mais reconhecimento no bloco

À medida que crescem as manifestações em apoio aos palestinos da Faixa de Gaza em todo o mundo, a Assembleia Geral da ONU ampliou, em uma votação no dia 10 de maio, os direitos dos palestinos dentro da organização global.

Agora, quatro países-membros da União Europeia (UE) estão planejando aumentar ainda mais o peso dos palestinos nos palcos globais, reconhecendo oficialmente a Palestina como um país soberano. Em decisão conjunta, a Espanha, a Irlanda e a Noruega anunciaram nesta quarta-feira (22/05) o reconhecimento de um Estado palestino, que será formalizado em 28 de maio.

“Hoje, a Irlanda, a Noruega e a Espanha anunciam que reconhecemos o Estado da Palestina. Antes do anúncio de hoje, falei com vários outros líderes e estou confiante de que mais países se juntarão a nós para dar este importante passo nas próximas semanas”, afirmou premiê da Irlanda, Simon Harris.

No anúncio, o premiê espanhol, Pedro Sánchez, afirmou que ressaltou que o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, não tem projeto de paz para a região. “Combater o grupo terrorista Hamas é legítimo e necessário, mas Netanyahu está gerando tanta dor e tanta destruição, e tanto ressentimento em Gaza e no resto da Palestina, que a solução de dois Estados está em perigo”, destacou.

Por um lado, trata-se de solidariedade com a população civil da Faixa de Gaza. Por outro, a medida é vista como um reforço da posição a favor de uma solução de dois Estados para acabar com o conflito no Oriente Médio – um plano que o atual governo de ultradireita de Israel rejeita veementemente.

Após a ofensiva terrorista do Hamas a Israel em 7 de outubro de 2023, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, declarou como objetivo de guerra a destruição do grupo radical islâmico palestino Hamas, que tomou por completo o governo da Faixa de Gaza em 2007. Netanyahu também não esconde que quer controlar o território palestino a longo prazo. No entanto, Israel está sofrendo uma pressão internacional cada vez maior devido à severidade da sua ofensiva militar, que, de acordo com dados de autoridades ligadas ao Hamas, já causou a morte de mais de 35.000 civis em Gaza, território que também enfrenta uma situação humanitária desastrosa. Os números não puderam ser checados pela DW de forma independente. 

Na Europa, ainda são poucos os países que oficialmente reconhecem a Palestina com um Estado. Entre os 27 membros da UE, apenas oito países adotam essa posição, seis deles com passado comunista que oficializaram o reconhecimento nos anos 1980.

A falta de mais apoios contrasta com outras regiões do globo. Na América do Sul, por exemplo, todos os países reconhecem a Palestina como um Estado soberano. O Brasil oficializou essa posição em 2010, no segundo governo de Luiz Inácio Lula da Silva.

Mas, agora, dentro da UE, além de Espanha e Irlanda, a Eslovênia e Malta também querem aumentar a pressão por uma solução passando pelo reconhecimento da Palestina, constituída pela Faixa de Gaza – controlada pelo Hamas e alvo da ofensiva israelense – e a Cisjordânia, nominalmente sob responsabilidade da Autoridade Nacional Palestina, mas retalhada por assentamentos israelenses e em grande parte ocupada militarmente por Israel.

Espanha: mediadora tradicional

O primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, manteve várias conversas com parceiros europeus nos últimos meses. De acordo com relatos, ele inicialmente tentou promover a ideia como um projeto da UE. No entanto, a proposta provocou resistência da Alemanha – fortemente alinhada com Israel – e de outros países. Após se deparar com essas rejeições, Sánchez passou a tentar formar uma coalizão fora do escopo da UE. Na semana passada, o chefe da diplomacia do bloco europeu, Josep Borrell, que também é espanhol, revelou que a Espanha, a Irlanda e a Eslovênia pretendiam formalizar o reconhecimento ainda em maio.

A Espanha mantém boas relações com muitos países árabes, especialmente os da região do Magreb, bem como com a Turquia. Em parte, ela cultivou esses laços desde a ditadura de Francisco Franco(1939-1975); nos anos que se seguiram à Segunda Guerra Mundial, esses países salvaram o Estado do sul da Europa do completo isolamento econômico e político entre o Ocidente e o Bloco Oriental. Após o fim da ditadura de Franco, em 1975, a Espanha estabeleceu relações econômicas com Israel e, em 1986, também relações diplomáticas. Nos anos seguintes, se estabeleceu como uma mediadora respeitada entre o Estado judeu e o mundo árabe. Uma conferência sobre o Oriente Médio realizada em Madri em 1991 é considerada o prelúdio do processo de paz de Oslo entre palestinos e Israel nos anos seguintes.

Irlanda: solidariedade a partir de sua própria história

A Irlanda também vem reiterado seu tradicional apoio aos palestinos desde os primeiros dias da atual guerra em Gaza. Quando o novo primeiro-ministro Simon Harris foi empossado em meados de abril, Sanchez foi seu primeiro convidado de Estado em Dublin, e o reconhecimento da Palestina foi o principal tópico da reunião. A Irlanda é favor de uma solução de dois estados desde 1980, mais tempo do que qualquer outro país-membro da UE.

Na Irlanda, a forte identificação com a Palestina pode ser explicada pela história do país europeu. Ela começa com um estadista britânico chamado Arthur Balfour, que, no final do século 19, era responsável por comandar a Irlanda, à época praticamente uma colônia britânica. No cargo de secretário-geral para a Irlanda (1887-1891), Balfour negou aos irlandeses a formação de um governo autônomo dentro do Reino Unido.

Em 1917, ocupando então o cargo de Ministro das Relações Exteriores do Reino Unido, ele emitiu a chamada Declaração de Balfour, na qual, em nome do governo britânico, se manifestou a favor da criação de uma pátria judaica na Palestina, então controlada pelos otomanos. Depois, quando o território se tornou um protetorado britânico com a dissolução do Império Otomano, Londres deslocou para a área vários agentes de segurança que haviam atuado contra insurgentes irlandeses nos anos 1910.

O influxo de judeus para essa área do Oriente Médio, à época povoado principalmente por muçulmanos e cristãos, é normalmente comparado na Irlanda católica com o assentamento de protestantes britânicos no norte da ilha. Alguns irlandeses associam o conflito resultante na Irlanda do Norte com a crise no Oriente Médio.

Protesto pró-palestinos em Dublin, Irlanda

O governo de esquerda da Espanha e o governo de centro-direita da Irlanda estão se apoiando mutuamente em todos os campos políticos. Para dar mais peso à medida conjunta, eles conquistaram outros apoiadores: a Eslovênia manteve a perspectiva de reconhecer a Palestina até meados de junho. Malta, membro da UE, também pretende seguir esse caminho. Em abril, o país já havia votado a favor da adesão total da Palestina à ONU em uma votação no Conselho de Segurança, que acabou fracassando devido ao veto dos EUA.

Diferentes posições na Europa

Dentro da UE, são principalmente os países da Europa Central e Oriental que até agora reconheciam um Estado palestino. Nestes casos, o reconhecimento remonta ao período comunista, no qual havia uma proximidade ideológica com Yasser Arafat, antigo líder da Organização para a Libertação da Palestina (OLP). Hoje na UE, países como Polônia, Hungria, Eslováquia, República Tcheca, Romênia e Bulgária passaram a reconhecer a Palestina em 1988, ainda na época da Cortina de Ferro. Depois do fim do comunismo, alguns desses países, especialmente a República Tcheca e a Hungria, agora se encontram mais alinhados com Israel, embora continuem a manter relações diplomáticas plenas com os palestinos.

Mahmoud Abbas, líder da Autoridade Nacional Palestina, e o chanceler da Alemanha, Olaf Scholz, durante encontro em 2022. Alemanha não reconhece Palestina como Estado

O primeiro e até agora único país a reconhecer um Estado palestino quando já estava na UE foi a Suécia, em 2014. Agora, resta saber se a coalizão hispano-irlandesa crescerá ainda mais: na Bélgica, o governo avalia qual será o momento oportuno; Portugal recuou por enquanto, após a chegada ao poder em abril de um novo governo conservador.

Outros países, como a Alemanha, mantêm vínculos com a Autoridade Nacional Palestina (rival do Hamas), mas só querem reconhecer um Estado palestino quando Israel fizer o mesmo. Enquanto o Hamas, que é classificado como uma organização terrorista por vários países, incluindo todos os membros da UE e os EUA, continuar sendo um fator de poder político nos territórios palestinos, essa medida é considerada fora de questão.

Continue Reading
Advertisement

Relógio

Grupo do Portal Informa Paraíba (Facebook)

Portal Informa Paraíba

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias

TWITTER DO PORTAL INFORMA PARAÍBA

www.informaparaiba.com.br

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias.

Página do Portal Informa Paraíba (Facebook)

AGRICULTURA & PECUÁRIA8 horas ago

O Monstro oculto na Petrobras durante o governo Lula

CIDADE8 horas ago

Lei do município de Sapé sobre a aposentadoria dos servidores é julgada inconstitucional

Politíca8 horas ago

Lei de Jutay proíbe punição a famílias de autistas em condomínios

Politíca8 horas ago

ALPB apreciou mais de 5.500 matérias no primeiro semestre de 2024

Nacional9 horas ago

Procurador Solicita Investigação sobre Repasse de Secretária do Governo Lula para ONG

Politíca1 dia ago

Pesquisa Índice/Fonte83 revela os 70 nomes mais lembrados para Câmara de Vereadores de João Pessoa

Esporte1 dia ago

Reunião de planejamento com a Federação Cearense de Futebol de Travinha

CIDADE1 dia ago

Visita de Nilvan Ferreira às UPAEs em Recife: fortalecendo a saúde pública

Nacional1 dia ago

Cadê o Lula?

Internacional1 dia ago

Esfera gigante na China pronta para desvendar os segredos do universo

Nacional1 dia ago

O feirão de Arthur Lira

Judiciário1 dia ago

Entenda as três teses em julgamento do STF sobre descriminalização de maconha

Politíca2 dias ago

“RESULTADOS PODEM NÃO AGRADAR, MAS ELEIÇÕES LIVRES SÃO A FORÇA DA DEMOCRACIA”

Educação & Cultura2 dias ago

PISA: O BRASIL NO RANKING INTERNACIONAL

ENTRETENIMENTO2 dias ago

CHICO BUARQUE: 80 ANOS DE CRIATIVIDADE

CIÊNCIA & TECNOLOGIA2 dias ago

COMO NVIDIA VIROU A EMPRESA MAIS VALIOSA DO MUNDO?

AGRICULTURA & PECUÁRIA2 dias ago

TECNOLOGIA AJUDA NO MANEJO E PREVENÇÃO DE DOENÇAS

Internacional2 dias ago

Faixa de Gaza é marcada pelo definhamento infantil, alerta a ONU

Internacional2 dias ago

No Dia Mundial do Refugiado, ONU faz chamado urgente à solidariedade

Internacional2 dias ago

Cinco fatos sobre a seca causada pelo El Niño no sul da África

Internacional2 dias ago

ONU destaca subnotificação e estigma da violência sexual em conflitos

Internacional2 dias ago

ONU mobiliza ajuda para o Haiti em meio à temporada severa de furacões

Internacional2 dias ago

Uso de armamento pesado por Israel em Gaza levanta preocupações sobre violação das leis da guerra

Politíca2 dias ago

Pesquisa eleitoral em João Pessoa–PB para 2024: cenário atual e detalhes da consulta

Segurança Pública2 dias ago

Operação conjunta em João Pessoa resulta em prisão de traficantes e apreensão de drogas

AGRICULTURA & PECUÁRIA2 dias ago

Câmara aprova suspensão de dívidas para agricultores gaúchos afetados por enchentes

ECONOMIA3 dias ago

Nível de competitividade do Brasil cai, aproximando-se da Venezuela, diz Revista Exame

CIÊNCIA & TECNOLOGIA3 dias ago

Apple explica: por que o Apple Intelligence só roda em iPhones mais novos?

ENTRETENIMENTO3 dias ago

Morre Chrystian, cantor que fez dupla com Ralf

CIÊNCIA & TECNOLOGIA3 dias ago

ChatGPT, Gemini e Copilot: como usar o IA no trabalho?

Internacional11 meses ago

Cidade alemã passa a distribuir gratuitamente filtro solar

ENTRETENIMENTO12 meses ago

Exorcista: filme “Nefarious” é “o melhor já produzido” sobre possessão demoníaca

AGRICULTURA & PECUÁRIA6 meses ago

Com produtor revisando tamanho da safra, 2024 inicia cercado de incertezas para a soja

ENTRETENIMENTO11 meses ago

JIBÓIA

Internacional5 meses ago

Secretário-geral da ONU condena atos criminosos no Equador

ENTRETENIMENTO9 meses ago

Conheça Rocco, um cão mistura de rottweiler com husky siberiano: ‘Parece o Batman’

CONCURSO E EMPREGO6 meses ago

Carreiras em Extinção? Veja Quais Podem Sumir

Nacional11 meses ago

CNS reconhece religiões afro como complementares ao SUS

ECONOMIA6 meses ago

Calendário do Bolsa Família 2024: saiba quando você vai receber

Internacional6 meses ago

Fome já é generalizada em Gaza, alerta ONU

AGRICULTURA & PECUÁRIA6 meses ago

Número de IGs cresceu 60% em quatro anos no Brasil

CIDADE6 meses ago

Polêmica em Princesa Isabel: Vereadores aprovam aumento salarial próprio e do Executivo

Saúde6 meses ago

OS PRINCIPAIS LEGUMES E VERDURAS QUE AJUDAM A PREVENIR DOENÇAS CRÔNICAS

Internacional6 meses ago

Israel quer controlar e fechar fronteira entre Gaza e Egito

Judiciário10 meses ago

Informativo destaca não exigência de provas para fixação de indenização mínima por danos morais

Judiciário9 meses ago

Entender Direito: especialistas discutem os embargos de divergência

Educação & Cultura6 meses ago

Campina Grande entra na disputa e poderá ser escolhida para receber nova Escola de Sargentos do Exército após impasse em Pernambuco

ENTRETENIMENTO6 meses ago

HORTÊNSIAS

Internacional6 meses ago

“Perdas, dor e angústia” após ataques aéreos marcam o início do ano na Ucrânia

CIÊNCIA & TECNOLOGIA6 meses ago

Vale a pena usar um gerador de conteúdo para redes sociais?

Educação & Cultura12 meses ago

Novo ensino médio precisa levar em conta realidade de alunos e municípios, aponta debate

Nacional6 meses ago

TCU pede que ministra da Saúde pague R$ 11 milhões a cofres públicos

ENTRETENIMENTO5 meses ago

PASSEIO MOSTRA COMO É UM BORBOLETÁRIO

Judiciário1 mês ago

Juízes comemoram inclusão do Judiciário entre atividades de risco

ENTRETENIMENTO4 meses ago

1º Cabedelo MotoFest: prepare-se para uma explosão de emoções na praia do Jacaré!

Internacional3 meses ago

China

CIÊNCIA & TECNOLOGIA11 meses ago

Como sair do grupo de WhatsApp anonimamente e ninguém ver

ESTADO7 meses ago

Energisa reúne empresas de telecomunicações para tratar sobre segurança na disposição de cabos em postes 

Nacional10 meses ago

EXCLUSIVO – Leia na íntegra o pronunciamento de 7 de setembro de Lula

ENTRETENIMENTO11 meses ago

Assistam ao filme “Tropa de elite 2 – O inimigo agora é outro” e reflitam

Politíca2 dias ago

“RESULTADOS PODEM NÃO AGRADAR, MAS ELEIÇÕES LIVRES SÃO A FORÇA DA DEMOCRACIA”

Educação & Cultura2 dias ago

PISA: O BRASIL NO RANKING INTERNACIONAL

ENTRETENIMENTO2 dias ago

CHICO BUARQUE: 80 ANOS DE CRIATIVIDADE

CIÊNCIA & TECNOLOGIA2 dias ago

COMO NVIDIA VIROU A EMPRESA MAIS VALIOSA DO MUNDO?

AGRICULTURA & PECUÁRIA2 dias ago

TECNOLOGIA AJUDA NO MANEJO E PREVENÇÃO DE DOENÇAS

Saúde3 dias ago

ESPECIALISTAS CRITICAM A MUDANÇA NA LEI DO ABORTO

ENTRETENIMENTO3 dias ago

TURISMO RURAL EM ROTA

ENTRETENIMENTO3 dias ago

TOMÁS DE AQUINO: O SANTO QUE TROUXE RAZÃO PARA A FÉ

Segurança Pública3 dias ago

REGULAMENTAR O USO DE DROGAS PODE SER NECESSÁRIO

Saúde3 dias ago

PL DO ABORTO: O QUE PODE MUDAR NA LEI QUE IGUALA ABORTO A HOMICÍDIO

AGRICULTURA & PECUÁRIA1 semana ago

ANÁLISE DO CANCELAMENTO DO LEILÃO DE ARROZ PELA CONAB

ENTRETENIMENTO1 semana ago

DIA DE SANTO ANTÔNIO: O SANTO É MESMO CASAMENTEIRO?

Internacional1 semana ago

QUAL O NOVO PERFIL DO PARLAMENTO EUROPEU?

Nacional1 semana ago

LULA VOLTA A DEFENDER TAXAÇÃO DOS MAIS RICOS

CIÊNCIA & TECNOLOGIA1 semana ago

O NEUROCIENTISTA QUE NÃO ACREDITA NO LIVRE-ARBÍTRIO

Saúde1 semana ago

BRADICININA: REMÉDIO CONTRA A PRESSÃO ALTA

CIÊNCIA & TECNOLOGIA1 semana ago

BRASIL É O PRIMEIRO PAÍS A TER TECNOLOGIA ANTI-ROUBO EM CELULARES

ECONOMIA1 semana ago

ALIMENTOS PUXAM INFLAÇÃO PARA CIMA EM MAIO

Segurança Pública1 semana ago

MARCAS DE PERFUMES DE LUXO ESTÃO ENVOLVIDAS COM TRABALHO INFANTIL

CIDADE1 semana ago

PROJETO SUBSTITUI CARROÇA POR TRICICLO NA COLETA DE RECICLÁVEIS

Saúde1 semana ago

FDA CONCLUI QUE MEDICAMENTO PARA ALZHEIMER É EFICAZ

ECONOMIA1 semana ago

EMPRESÁRIOS VÃO AO SENADO PEDIR DERRUBADA DE MP QUE LIMITA CRÉDITOS TRIBUTÁRIOS

Internacional1 semana ago

ELEIÇÕES PARA O PARLAMENTO EUROPEU TEM VITÓRIA DO CENTRO E AVANÇO DA DIREITA

CIÊNCIA & TECNOLOGIA1 semana ago

O QUE ESTÁ POR TRÁS DA ATUAL CORRIDA NUCLEAR?

Saúde1 semana ago

CANABINDOL

ENTRETENIMENTO1 semana ago

Vídeos reúnem pássaros com a plumagem mais magnífica e colorida

CIÊNCIA & TECNOLOGIA2 semanas ago

EMPRESAS PRIVADAS ENTRAM NA CORRIDA ESPACIAL

Internacional2 semanas ago

A EUROPA ESTÁ CANSADA DE TANTO TURISTA

Internacional2 semanas ago

RASTAFÁRI, MOVIMENTO RELIGIOSO QUE COMEÇOU NA JAMAICA

Judiciário2 semanas ago

AÇÕES CONTRA PLANOS DE SAÚDE CRESCEM 21% EM MAIO

Advertisement
Advertisement

Vejam também

Somos o Portal Informa Paraíba, uma empresa de marketing e portal de informações que oferece um noticioso com assuntos diversos. Nosso objetivo é fornecer conteúdo relevante e atualizado para nossos leitores, mantendo-os informados sobre os acontecimentos mais importantes. Nossa equipe é composta por profissionais experientes e apaixonados por comunicação, que trabalham incansavelmente para oferecer um serviço de qualidade. Além disso, estamos sempre em busca de novas formas de melhorar e inovar, para podermos atender às necessidades e expectativas de nossos clientes. Seja bem-vindo ao nosso mundo de informações e descubra tudo o que o Portal Informa Paraíba tem a oferecer. Fiquem bem informados acessando o Portal Informa Paraíba: www.informaparaiba.com.br