Connect with us

ECONOMIA

Produção industrial recua 0,9%

Em maio de 2024, a produção industrial nacional recuou 0,9% na comparação com abril, na série com ajuste sazonal, a segunda taxa negativa consecutiva, período em que acumulou perda de 1,7%. A média móvel trimestral teve variação negativa de 0,2% no trimestre encerrado em maio de 2024 frente ao nível do mês anterior.

Maio 2024/ Abril 2024-0,9%
Maio 2024/Maio 2023-1,0%
Acumulado no ano2,5%
Acumulado em 12 meses1,3%
Média móvel trimestral-0,2%

Em relação a maio de 2023, a indústria recuou 1,0%, após avançar 8,4% em abril. Com isso, o setor industrial cresceu 2,5% nos cinco primeiros meses de 2024. No acumulado nos últimos 12 meses, o avanço foi de 1,3%, reduzindo a intensidade no ritmo de crescimento em relação ao resultado do mês anterior.

Indicadores da Produção Industrial por Grandes Categorias Econômicas Brasil – Maio de 2024
Grandes Categorias EconômicasVariação (%)
Maio 2024 / Abril 2024*Maio 2024 / Maio 2023Acumulado Janeiro-MaioAcumulado nos Últimos 12 Meses
Bens de Capital-2,73,14,1-6,8
Bens Intermediários-0,8-2,22,01,6
Bens de Consumo-1,30,73,72,3
Duráveis-5,7-10,62,8-0,5
Semiduráveis e não Duráveis-0,12,63,82,8
Indústria Geral-0,9-1,02,51,3
Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Estatísticas Conjunturais em Empresas*Série com ajuste sazonal

O setor industrial, ao mostrar redução de 0,9% em maio de 2024 na comparação com o mês imediatamente anterior, na série com ajuste sazonal, marcou o segundo mês seguido de queda na produção e eliminou o ganho de 1,1% acumulado nos meses de março e de fevereiro de 2024. No índice desse mês, diferentemente do que havia sido observado no mês anterior, verifica-se predomínio de taxas negativas, uma vez que as quatro grandes categorias econômicas e 16 das 25 atividades industriais pesquisadas apontaram recuo na produção.

Vale destacar que, com esses resultados, a produção industrial se encontra 1,4% abaixo do patamar pré-pandemia (fevereiro de 2020) e 17,8% abaixo do nível recorde alcançado em maio de 2011.

Veículos e produtos alimentícios têm as maiores influências negativas

Entre as atividades, as influências negativas mais importantes foram assinaladas por veículos automotores, reboques e carrocerias (-11,7%) e produtos alimentícios (-4,0%), com a primeira eliminando parte do avanço de 13,8% verificado no mês anterior; e a última marcando o segundo mês seguido de queda na produção, período em que acumulou perda de 4,7%.

Outras contribuições negativas relevantes sobre o total da indústria vieram de produtos químicos (-2,5%), de máquinas, aparelhos e materiais elétricos (-6,3%), de produtos do fumo (-28,2%), de metalurgia (-2,8%), de máquinas e equipamentos (-3,5%), de impressão e reprodução de gravações (-15,0%) e de produtos diversos (-8,5%).

Por outro lado, entre as nove atividades que apontaram expansão na produção, indústrias extrativas (2,6%) e coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (1,9%) exerceram os principais impactos em maio de 2024, com a primeira eliminando parte do recuo de 3,2% registrado em abril último; e a segunda interrompendo cinco meses consecutivos de queda na produção, período em que acumulou perda de 4,2%.

Todas as grandes categorias econômicas ficam no campo negativo

Entre as grandes categorias econômicas, ainda na comparação com o mês imediatamente anterior, bens de consumo duráveis (-5,7%) e bens de capital (-2,7%) assinalaram as taxas negativas mais elevadas em maio de 2024, com ambas revertendo os avanços registrados no mês anterior: 4,5% e 2,9%, respectivamente.

Os setores produtores de bens intermediários (-0,8%) e de bens de consumo semi e não duráveis (-0,1%) também apontaram queda na produção nesse mês, com o primeiro acumulando perda de 2,1% em dois meses consecutivos de recuo; e o segundo interrompendo três meses seguidos de expansão, período em que acumulou ganho de 1,8%.

Média móvel trimestral varia -0,2% em maio de 2024

Ainda na série com ajuste sazonal, o índice de média móvel trimestral para o total da indústria variou -0,2% no trimestre encerrado em maio de 2024 em relação ao nível do mês anterior, interrompendo, dessa forma, a trajetória predominantemente ascendente iniciada em fevereiro de 2023.

Entre as grandes categorias econômicas, ainda em relação ao movimento deste índice na margem, os bens de consumo duráveis (-1,8%) assinalaram o resultado negativo mais elevado em maio de 2024 e interromperam a trajetória ascendente iniciada em novembro de 2023. Os segmentos de bens intermediários (-0,4%) e de bens de capital (-0,2%) também mostraram recuo nesse mês, com o primeiro marcando o quarto mês seguido de queda, período em que acumulou perda de 2,3%; e o segundo interrompendo a trajetória ascendente iniciada em dezembro de 2023.

Por outro lado, o setor produtor de bens de consumo semi e não duráveis, ao avançar 0,3%, assinalou o único resultado positivo em maio de 2024 e apontou o quarto mês seguido de crescimento, período em que acumulou ganho de 1,4%.

Indústria recua 1,0% em relação a maio de 2023

Na comparação com maio de 2023, o setor industrial assinalou recuo de 1,0% em maio de 2024, com resultados negativos em duas das quatro grandes categorias econômicas, 14 dos 25 ramos, 43 dos 80 grupos e 50,4% dos 789 produtos pesquisados. Vale citar que maio de 2024 (21 dias) teve 1 dia útil a menos do que igual mês do ano anterior (22).

Entre as atividades, as principais influências negativas no total da indústria foram registradas por coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (-3,0%), veículos automotores, reboques e carrocerias (-6,0%), máquinas e equipamentos (-8,9%), metalurgia (-5,6%) e produtos químicos (-3,6%).

Vale destacar também as contribuições negativas assinaladas pelos ramos de produtos do fumo (-22,9%), de produtos diversos (-11,5%) e de artefatos de couro, artigos para viagem e calçados (-6,9%).

Por outro lado, ainda na comparação com maio de 2023, entre as 11 atividades que apontaram expansão na produção, produtos alimentícios (1,5%), máquinas, aparelhos e materiais elétricos (9,4%) e celulose, papel e produtos de papel (5,5%) exerceram as maiores influências na formação da média da indústria. Outros impactos positivos importantes foram assinalados pelos setores de produtos de borracha e de material plástico (4,3%), de produtos farmoquímicos e farmacêuticos (5,8%), de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (5,9%), de outros equipamentos de transporte (9,0%) e de móveis (7,1%).

Em relação a maio de 2023, duas categorias econômicas têm taxas negativas

Entre as grandes categorias econômicas, ainda no confronto com maio de 2023, bens de consumo duráveis (-10,6%) assinalou, em maio de 2024, a redução mais acentuada entre as grandes categorias econômicas. O segmento de bens intermediários (-2,2%) também mostrou queda na produção nesse mês. Por outro lado, os setores produtores de bens de consumo semi e não duráveis (2,6%) e de bens de capital (3,1%) registraram as taxas positivas em maio de 2024.

O setor produtor de bens de consumo duráveis recuou 10,6% em maio de 2024 frente a igual período do ano anterior e assinalou a taxa negativa mais elevada desde abril de 2022 (-14,0%). Nesse mês, o setor foi pressionado, em grande medida, pela redução na fabricação de automóveis (-30,6%). Por outro lado, os principais impactos positivos vieram dos grupamentos de eletrodomésticos da “linha branca” (16,6%) e de outros eletrodomésticos (24,8%). Vale destacar também os avanços registrados por motocicletas (4,2%) e eletrodomésticos da “linha marrom” (2,0%).

A produção de bens intermediários mostrou redução de 2,2% em maio de 2024 frente a igual período do ano anterior e marcou a queda mais intensa desde abril de 2023 (-2,9%). O resultado desse mês foi explicado, principalmente, pelos recuos nos produtos associados às atividades de coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (-6,5%), de produtos químicos (-6,1%), de metalurgia (-5,6%), de veículos automotores, reboques e carrocerias (-4,9%), de produtos alimentícios (-2,4%), de máquinas e equipamentos (-9,1%), de produtos de minerais não metálicos (-1,1%) e de indústrias extrativas (-0,2%), enquanto as pressões positivas foram registradas por celulose, papel e produtos de papel (6,8%), produtos de borracha e de material plástico (4,6%), produtos têxteis (1,6%) e produtos de metal (0,4%).

Ainda no confronto com igual mês do ano anterior, o segmento de bens de consumo semi e não duráveis avançou 2,6% em maio de 2024, segunda taxa positiva consecutiva nesse tipo de comparação, mas com intensidade menor do que a verificada em abril último (11,5%). O desempenho positivo nesse mês foi explicado pelo crescimento registrado em todos os grupamentos, com destaque para alimentos e bebidas elaborados para consumo doméstico (3,2%), não duráveis (3,9%) e carburantes (2,0%).

Por fim, o setor produtor de bens de capital mostrou expansão de 3,1% em maio de 2024 frente a igual período do ano anterior e marcou o segundo mês seguido de crescimento na produção, mas com intensidade menor do que a observada no mês anterior (24,6%). Na formação do índice desse mês, o segmento foi influenciado, principalmente, pelo avanço observado no grupamento de bens de capital para equipamentos de transporte (15,8%).

No acumulado do ano, indústria avança 2,5%

No acumulado dos cinco primeiros meses de 2024, em relação a igual período do ano anterior, o setor industrial assinalou avanço de 2,5%, com resultados positivos em quatro das quatro grandes categorias econômicas, 19 dos 25 ramos, 50 dos 80 grupos e 55,3% dos 789 produtos pesquisados. Entre as atividades, as principais influências positivas no total da indústria foram registradas por produtos alimentícios (5,2%), coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (3,1%), indústrias extrativas (2,3%) e veículos automotores, reboques e carrocerias (4,8%).

Vale destacar também os impactos positivos registrados pelos setores de máquinas, aparelhos e materiais elétricos (9,9%), de celulose, papel e produtos de papel (4,4%), de produtos de borracha e de material plástico (4,3%), de outros equipamentos de transporte (11,9%), de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (6,6%), de bebidas (4,1%) e de produtos de madeira (9,0%).

Por outro lado, ainda na comparação com janeiro-maio de 2023, entre as seis atividades que apontaram redução na produção, produtos farmoquímicos e farmacêuticos (-9,9%) exerceu a maior influência na formação da média da indústria, pressionada, em grande medida, pela menor produção de medicamentos. Outras contribuições negativas importantes foram registradas pelas atividades de máquinas e equipamentos (-2,8%) e de manutenção, reparação e instalação de máquinas e equipamentos (-4,7%).

Entre as grandes categorias econômicas, o perfil dos resultados para os cinco primeiros meses de 2024 mostrou maior dinamismo para bens de capital (4,1%) e bens de consumo semi e não duráveis (3,8%), impulsionadas, em grande medida, pela maior produção de bens de capital para equipamentos de transporte (12,1%), na primeira; e de óleos brutos de petróleo e óleo diesel, na segunda. Os setores produtores de bens de consumo duráveis (2,8%) e de bens intermediários (2,0%) também apontaram resultados positivos no índice acumulado no ano, com o primeiro registrando avanço mais intenso do que o verificado na média da indústria (2,5%); e o último mostrando o crescimento menos acentuado.

Continue Reading
Advertisement

Relógio

Grupo do Portal Informa Paraíba (Facebook)

Portal Informa Paraíba

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias

TWITTER DO PORTAL INFORMA PARAÍBA

www.informaparaiba.com.br

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias.

Página do Portal Informa Paraíba (Facebook)

Nacional19 horas ago

MST quer ampliar influência no governo Lula e pretende lançar 700 candidatos nas eleições 2024

Nacional19 horas ago

Maduro responde à Lula com ironia: “Tome um chá de camomila”

Nacional19 horas ago

Pesquisas fora das capitais acendem alerta no PT

Nacional19 horas ago

Lula compara o Brasil pós-Dilma Rousseff à Faixa de Gaza

Nacional19 horas ago

Ministra questiona gastos tributários, mas defende programas sociais

Nacional19 horas ago

Veja quais foram os impostos que subiram no governo Lula

ENTRETENIMENTO20 horas ago

19º Fest Aruanda prorroga inscrições para 2024 até o dia 12 de agosto

CIDADE20 horas ago

João Pessoa registra 75% de média de ocupação hoteleira e cresce movimento no Aeroporto Castro Pinto

Segurança Pública20 horas ago

Operação com uso de motos aquáticas da Polícia Militar prende integrantes de facção em Lucena

CIDADE20 horas ago

Prefeitura de João Pessoa finaliza etapa para obter recursos para projetos de mobilidade, meio ambiente e preservação do Centro Histórico

Educação & Cultura20 horas ago

UFPB oferta vagas para cursos de mestrado e doutorado em sete programas de pós-graduação

Judiciário20 horas ago

Entenda o Processo de Suspensão da CNH

Educação & Cultura20 horas ago

Secretaria da Educação da Paraíba oferta EJA Semipresencial em 10 escolas por todo estado

ESTADO20 horas ago

Detran-PB e UFPB iniciam curso de Educação para o Trânsito e Saúde do Condutor e da Condutora

ESTADO20 horas ago

Paraibanos podem escolher melhor dia para agendar a emissão da Carteira de Identidade Nacional

ESTADO20 horas ago

Governo do Estado promove 3º Ciclo Formativo Alfabetiza Mais Paraíba

Judiciário21 horas ago

STJ Notícias: motorista de aplicativo pode ser suspenso imediatamente por ato grave

Educação & Cultura21 horas ago

TCE-PB estimula adesão ao Pacto Nacional pela Superação do Analfabetismo

Judiciário21 horas ago

Ação intersetorial contra abuso e exploração infantil realiza mais de 900 abordagens em Campina Grande

CIDADE21 horas ago

TJPB invalida de dispositivo de lei municipal que cria adicional por tempo de serviço

Educação & Cultura21 horas ago

Conexão Mundo: estudantes da rede estadual recebem passaportes para intercâmbio no Reino Unido

Educação & Cultura21 horas ago

 EDP abre inscrições gratuitas para cursos profissionalizantes em Pocinhos, na Paraíba

Judiciário21 horas ago

CNH pode ser apreendida por quantidade de dívidas no Serasa; entenda por que

Internacional21 horas ago

Primeira pesquisa entre Kamala e Trump é divulgada; veja números

Judiciário21 horas ago

Novas mudanças: “Lei do farol” nas estradas recebe alterações; veja as regras

CONCURSO E EMPREGO21 horas ago

Energisa Oferece 20 Vagas de Emprego em Diversas Cidades da Paraíba

ECONOMIA22 horas ago

É verdade que beneficiários do Bolsa Família com carro e casa perdem o benefício? Saiba mais!

ECONOMIA22 horas ago

Idosos de 60 a 64 anos agora têm direito a NOVO BENEFÍCIO; Entenda como solicitar

ECONOMIA22 horas ago

Auxílio para donas de casa LIBERADO? Veja o que diz o governo!

ECONOMIA22 horas ago

É possível receber retroativo do Bolsa Família? Entenda em quais casos o benefício é depositado

AGRICULTURA & PECUÁRIA7 meses ago

Com produtor revisando tamanho da safra, 2024 inicia cercado de incertezas para a soja

Internacional6 meses ago

Secretário-geral da ONU condena atos criminosos no Equador

ENTRETENIMENTO10 meses ago

Conheça Rocco, um cão mistura de rottweiler com husky siberiano: ‘Parece o Batman’

CONCURSO E EMPREGO7 meses ago

Carreiras em Extinção? Veja Quais Podem Sumir

Nacional12 meses ago

CNS reconhece religiões afro como complementares ao SUS

ECONOMIA7 meses ago

Calendário do Bolsa Família 2024: saiba quando você vai receber

Internacional7 meses ago

Fome já é generalizada em Gaza, alerta ONU

CIDADE7 meses ago

Polêmica em Princesa Isabel: Vereadores aprovam aumento salarial próprio e do Executivo

AGRICULTURA & PECUÁRIA7 meses ago

Número de IGs cresceu 60% em quatro anos no Brasil

Saúde7 meses ago

OS PRINCIPAIS LEGUMES E VERDURAS QUE AJUDAM A PREVENIR DOENÇAS CRÔNICAS

Internacional7 meses ago

Israel quer controlar e fechar fronteira entre Gaza e Egito

Judiciário11 meses ago

Informativo destaca não exigência de provas para fixação de indenização mínima por danos morais

Judiciário10 meses ago

Entender Direito: especialistas discutem os embargos de divergência

Educação & Cultura7 meses ago

Campina Grande entra na disputa e poderá ser escolhida para receber nova Escola de Sargentos do Exército após impasse em Pernambuco

Internacional7 meses ago

“Perdas, dor e angústia” após ataques aéreos marcam o início do ano na Ucrânia

ENTRETENIMENTO7 meses ago

HORTÊNSIAS

CIÊNCIA & TECNOLOGIA7 meses ago

Vale a pena usar um gerador de conteúdo para redes sociais?

Nacional7 meses ago

TCU pede que ministra da Saúde pague R$ 11 milhões a cofres públicos

ENTRETENIMENTO6 meses ago

PASSEIO MOSTRA COMO É UM BORBOLETÁRIO

Judiciário2 meses ago

Juízes comemoram inclusão do Judiciário entre atividades de risco

ENTRETENIMENTO5 meses ago

1º Cabedelo MotoFest: prepare-se para uma explosão de emoções na praia do Jacaré!

CIÊNCIA & TECNOLOGIA12 meses ago

Como sair do grupo de WhatsApp anonimamente e ninguém ver

ESTADO8 meses ago

Energisa reúne empresas de telecomunicações para tratar sobre segurança na disposição de cabos em postes 

Nacional11 meses ago

EXCLUSIVO – Leia na íntegra o pronunciamento de 7 de setembro de Lula

ENTRETENIMENTO12 meses ago

Assistam ao filme “Tropa de elite 2 – O inimigo agora é outro” e reflitam

Internacional4 meses ago

China

CONCURSO E EMPREGO9 meses ago

Concurso da PMPB pode ser suspenso? Jurista avalia

Nacional12 meses ago

Publicamente, ex-guerrilheiro que preside a Colômbia alfineta o descondenado que ocupa o Palácio do Planalto

Nacional11 meses ago

Advogado de hacker fez parceria com autor de livro sobre Lula

ENTRETENIMENTO8 meses ago

DEZ FLORES PARA LOCAIS ENSOLARADOS

AGRICULTURA & PECUÁRIA2 semanas ago

QUEIJO AZUL, FEITO COM LEITE DE OVELHA, GANHA SELO ARTESANAL

Nacional2 semanas ago

DESMATAMENTO CAI NA AMAZÔNIA, MAS CRESCE NO CERRADO

CONCURSO E EMPREGO2 semanas ago

EMPRESA PREVÊ MULHERES EM 50% DOS CARGOS DE GESTÃO

ECONOMIA3 semanas ago

PIX TERÁ OPÇÃO DE PAGAMENTO POR APROXIMAÇÃO

Internacional3 semanas ago

O IMPACTO DA TROCA NO PODER DO REINO UNIDO APÓS 14 ANOS

Educação & Cultura3 semanas ago

ENEM DOS CONCURSOS: NOVO EDITAL É DIVULGADO COM POLÍTICA DE REEMBOLSO

AGRICULTURA & PECUÁRIA3 semanas ago

GOVERNO FEDERAL ANUNCIA PLANO SAFRA 2024/2025

Nacional3 semanas ago

SECA NO PANTANAL PODE CHEGAR A PONTO DE NÃO RETORNO

Saúde3 semanas ago

ESTUDO COMPROVA EFICÁCIA DE MEDICAMENTO CONTRA O CÂNCER DE PULMÃO

ENTRETENIMENTO3 semanas ago

RECEITA DO BOLO TENTAÇÃO

CIÊNCIA & TECNOLOGIA3 semanas ago

RELIGIÃO E CIÊNCIA

ECONOMIA3 semanas ago

BC MUDA MECANISMO DE RESSARCIMENTO A VÍTIMAS DE FRAUDES

ENTRETENIMENTO3 semanas ago

MANACÁ-DA-SERRA COMO CULTIVAR

Saúde4 semanas ago

BRASILEIRA DESCOBRE AÇÃO DE PROTEÍNA EM CASOS GRAVES DE COVID

ECONOMIA4 semanas ago

COMO IRÁ FUNCIONAR A NOVA META DE INFLAÇÃO DO BRASIL

CONCURSO E EMPREGO4 semanas ago

ENVELHECIMENTO MUDA DEMANDAS E VAGAS NO MERCADO DE TRABALHO

Internacional4 semanas ago

BOLÍVIA EM TENSÃO: ENTENDA EM 4 PONTOS A CRISE POLÍTICA NO PAÍS VIZINHO

ENTRETENIMENTO4 semanas ago

SAVANNAH: O HÍBRIDO SELVAGEM DE GATO COM SERVAL

Educação & Cultura4 semanas ago

FIM DA GREVE NAS UNIVERSIDADES FEDERAIS

CONCURSO E EMPREGO4 semanas ago

BRASIL TEM MAIS DE 2 MILHÕES DE VAGAS EM CARGOS TÉCNICOS SOBRANDO

Nacional4 semanas ago

COMO MILHARES DE FAMÍLIAS GAÚCHAS FICARAM MAIS POBRES DO DIA PARA A NOITE

ENTRETENIMENTO4 semanas ago

ESTROGONOFE DE TILÁPIA FEITO NO FORNO VAI TE SURPREENDER

ENTRETENIMENTO4 semanas ago

TRÊS DICAS PRA CUIDAR BEM DAS ORQUÍDEAS

Politíca1 mês ago

“RESULTADOS PODEM NÃO AGRADAR, MAS ELEIÇÕES LIVRES SÃO A FORÇA DA DEMOCRACIA”

Educação & Cultura1 mês ago

PISA: O BRASIL NO RANKING INTERNACIONAL

ENTRETENIMENTO1 mês ago

CHICO BUARQUE: 80 ANOS DE CRIATIVIDADE

CIÊNCIA & TECNOLOGIA1 mês ago

COMO NVIDIA VIROU A EMPRESA MAIS VALIOSA DO MUNDO?

AGRICULTURA & PECUÁRIA1 mês ago

TECNOLOGIA AJUDA NO MANEJO E PREVENÇÃO DE DOENÇAS

Saúde1 mês ago

ESPECIALISTAS CRITICAM A MUDANÇA NA LEI DO ABORTO

ENTRETENIMENTO1 mês ago

TURISMO RURAL EM ROTA

Advertisement
Advertisement

Vejam também

Somos o Portal Informa Paraíba, uma empresa de marketing e portal de informações que oferece um noticioso com assuntos diversos. Nosso objetivo é fornecer conteúdo relevante e atualizado para nossos leitores, mantendo-os informados sobre os acontecimentos mais importantes. Nossa equipe é composta por profissionais experientes e apaixonados por comunicação, que trabalham incansavelmente para oferecer um serviço de qualidade. Além disso, estamos sempre em busca de novas formas de melhorar e inovar, para podermos atender às necessidades e expectativas de nossos clientes. Seja bem-vindo ao nosso mundo de informações e descubra tudo o que o Portal Informa Paraíba tem a oferecer. Fiquem bem informados acessando o Portal Informa Paraíba: www.informaparaiba.com.br