Connect with us

Judiciário

Cortes em Conexão termina com debates sobre democracia, inteligência artificial e proteção de dados

Discussões sobre o fortalecimento das democracias, as mudanças trazidas pela inteligência artificial e a proteção de dados marcaram o encerramento do Fórum Internacional Cortes em Conexão, realizado nesta quinta-feira (11) no Superior Tribunal de Justiça (STJ). O evento, que integra a programação comemorativa dos 35 anos de instalação do tribunal, iniciou-se pela manhã, com debates entre magistrados e especialistas de 40 países.

No período da tarde, os tribunais internacionais de direitos humanos e a preservação das democracias foram o tema do terceiro painel do fórum, moderado pela presidente do STJ, ministra Maria Thereza de Assis Moura, e pelos ministros, Sebastião Reis Junior e Rogerio Schietti Cruz.  

Participaram como painelistas o vice-presidente da Corte Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), Rodrigo Mudrovitsch; o professor Paulo Sérgio Pinto de Albuquerque, ex-juiz da Corte Europeia de Direitos Humanos; e o presidente da Suprema Corte da Eslováquia, Ján Sikuta.

A ministra Maria Thereza questionou qual seria a obrigatoriedade da decisão tomada pela Corte Interamericana perante países que subscreveram a Convenção Americana sobre Direitos Humanos, mas que não foram parte do caso em julgamento.​​​​​​​​​

A ministra Maria Thereza de Assis Moura, presidente do STJ, no encerramento do fórum (ao fundo, o ministro João Otávio de Noronha).

Segundo Rodrigo Mudrovitsch, a convenção é uma só e vincula a todos os países que soberanamente optaram por aderir à jurisdição contenciosa da CIDH. “Esse julgamento produz uma dupla consequência: a primeira é a coisa julgada, que é obrigatória ao Estado em relação ao qual ela foi proferida; a segunda é o precedente, o qual é a coisa interpretada, ou seja, a dimensão do standard fixado no caso concreto, mas que emana e vincula os outros países, ainda que não sejam partes naquele processo específico”, explicou.

Efetivação de decisões tomadas pelas cortes internacionais

Ao ser questionado pelo ministro Sebastião Reis Junior a respeito da efetividade das decisões tomadas pelas cortes internacionais, o professor Paulo Sérgio Pinto de Albuquerque lembrou que só o entendimento entre as jurisdições nacionais e internacionais pode garantir uma maior proteção dos direitos humanos.

Na sua avaliação, há mais exemplos de cumprimento das decisões proferidas do que o contrário. “Por razões políticas, há Estados que não aceitam determinadas decisões, especialmente as que se referem às minorias, cujos direitos a maioria tem dificuldade de aceitar. Só efetivamente um diálogo de boa-fé entre a jurisdição internacional e a nacional é que pode garantir a proteção dos direitos humanos”, completou.

O ministro Rogerio Schietti ponderou a respeito de um problema na Justiça brasileira, sendo a demora no julgamento dos processos – fato que já gerou condenação do Brasil pela CIDH. Segundo o presidente da Suprema Corte da Eslováquia, Ján Sikuta, esse também é um problema enfrentado em seu país, onde a demora depende da dificuldade do caso e do número de instâncias pelas quais o processo pode tramitar.

Por fim, a ministra Maria Thereza destacou que o STJ costuma examinar as decisões da CIDH e da Corte Europeia de Direitos Humanos, trazendo para a discussão o controle de convencionalidade, como forma de fortalecer a aplicabilidade dessas decisões pelos juízes brasileiros.   

Inteligência artificial impõe desafios ao Poder Judiciário

No quarto painel, os ministros João Otávio de Noronha e Daniela Teixeira mediaram um debate sobre inteligência artificial (IA) no Poder Judiciário. Os convidados foram o vice-presidente do Supremo Tribunal de Justiça de Portugal, juiz conselheiro Nuno Gonçalves; o presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Lelio Bentes Corrêa; e a ministra do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Edilene Lobo.

Para o ministro Noronha, a IA é fundamental para o desenvolvimento do país e tem o potencial de trazer mais qualidade de vida à população: “A inteligência artificial vai nos levar a outras dimensões com muito mais segurança”, projetou.

Em seguida, a ministra Daniela Teixeira leu trechos de um texto sobre o uso da IA no Poder Judiciário do Brasil e de Portugal, inteiramente criado por uma ferramenta que utiliza essa tecnologia.

“Essa proposta de abertura para nosso painel foi feita com apenas algumas instruções fornecidas à ferramenta. É possível que a inteligência artificial redija votos com alto índice de acerto no futuro”, afirmou a magistrada.

Gestão processual é otimizada pelo uso da IA

O ministro Lelio Bentes Corrêa lembrou que a inteligência artificial já é uma realidade na área de gestão do acervo processual do TST. Por meio do sistema Bem-te-vi, o ministro explicou que o tribunal vem acelerando o exame de recursos, com a eliminação de etapas burocráticas.

Questionado pela ministra Daniela Teixeira sobre aspectos subjetivos que envolvem a Justiça trabalhista – como a conjuntura social e a necessidade de um olhar mais sensível diante de cada caso analisado –, o presidente do TST disse que a inteligência artificial ainda precisa evoluir.

“Nada substitui a sensibilidade humana. Na Justiça do Trabalho, a compreensão conjunta da realidade do capitalismo e da necessidade de proteção aos direitos fundamentais é uma atividade que nenhuma inteligência artificial é capaz de exercer com precisão”, ressaltou.

Algoritmo de novas ferramentas enfrenta dilemas éticos

A ministra Edilene Lobo destacou a importância das primeiras regulações sobre IA desenvolvidas no âmbito da Justiça eleitoral – que serão aplicadas já nas eleições municipais deste ano – e alertou para o chamado “racismo algorítmico”, um problema que vem surgindo com o uso dessas novas ferramentas.

“Os algoritmos dessas ferramentas são projetados por desenvolvedores brancos de grandes centros urbanos. Então, a partir da análise de dados, eles indicam um grau de periculosidade e reincidência criminal para pessoas negras. É fundamental haver diversidade entre os desenvolvedores para inteligência artificial no Poder Judiciário”, opinou a ministra.

Segundo o vice-presidente do Supremo Tribunal de Justiça de Portugal, a reflexão da ministra Edilene Lobo é apenas um dos desafios impostos pela IA.

“Por isso, a ética é fundamental neste momento. Há um conflito entre a ciência e os direitos fundamentais. Caberá a nós, enquanto ainda não há uma regulação clara, resolver essas questões que são postas”, declarou Nuno Gonçalves.

Justiça tem duplo papel no armazenamento e no tratamento de dados

O último painel do fórum internacional foi dedicado ao tema da proteção de dados pessoais no Poder Judiciário. Com a moderação da ministra Isabel Gallotti e do ministro Ribeiro Dantas, o painel teve a participação de Miriam Wimmer, diretora da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), e de Wenceslao Olea Godoy, membro do Tribunal Supremo e do Conselho-Geral do Poder Judicial da Espanha.

A ministra Isabel Gallotti lembrou que, no âmbito do Judiciário, a proteção de dados pode ser analisada pelo viés dos julgamentos de casos que envolvam a violação de dados sensíveis, mas também é necessário levar em conta que a Justiça recolhe e trata dados com outras finalidades.

Sobre esse último aspecto, Gallotti comentou que a Justiça colhe uma gama importante de informações – a exemplo dos dados das partes do processo – e, por isso, precisa ter responsabilidade sobre a forma correta de armazená-los e utilizá-los.

Para o ministro Ribeiro Dantas, além dos dados cadastrais básicos da pessoa – endereço e documentos, por exemplo –, o Judiciário acaba tendo acesso a histórias de vida de cada envolvido, detalhes esses que, muitas vezes, as pessoas não gostariam de ver expostos publicamente.

Ribeiro Dantas também lembrou que, na era dos processos físicos, os interessados em determinada ação precisavam se deslocar ao tribunal e obter autorização de acesso aos autos. No mundo moderno, com o processo digital, a consulta a dados é muito mais fácil. “E mais: eles ficam na internet para sempre”, alertou.

Efeitos iniciais da LGPD foram semelhantes aos da Lei de Acesso à Informação

Miriam Wimmer, da ANPD, lembrou que, assim, como ocorreu com a publicação da Lei de Acesso à Informação, em 2011, a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) também gerou certo “pânico” social, em razão das dúvidas que surgiram sobre a forma de tratamento dos dados nas diferentes esferas. Ela ressaltou, porém, que a LGPD é desenhada para estruturar um sistema de mitigação de riscos.

Wimmer lembrou as possibilidades tecnológicas à disposição do Judiciário nas tarefas jurisdicionais e administrativas que envolvem o tratamento de dados, assim como os riscos relacionados a essa tarefa, e também destacou a possibilidade de um estudo conjunto entre a ANPD e o Judiciário – possivelmente no âmbito do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) – para se aprofundarem no tema.

Encerrando o painel, o magistrado espanhol Wenceslao Olea Godoy citou diversos casos que tramitaram na Justiça da Espanha e de outros tribunais da Europa envolvendo a questão da publicação de dados pessoais. Mesmo nos processos em que esse não é o tema central, apontou, há sempre o risco de divulgação indevida. E comentou que, em uma ação de indenização por atraso de voo, por exemplo, os dados sobre a origem e o destino da viagem podem acabar sendo divulgados, trazendo a público uma informação de cunho pessoal da parte.

Ao dividir os dados à disposição da Justiça em jurisdicionais e não jurisdicionais, Godoy reforçou que, no tocante aos dados jurisdicionais, quem deve exercer a fiscalização de seu tratamento não é o Poder Executivo, mas o próprio Judiciário, sob pena de violação da separação de poderes. O magistrado citou que, na Espanha, foi criada uma agência de proteção de dados conduzida pelos próprios juízes.

Continue Reading
Advertisement

Relógio

Grupo do Portal Informa Paraíba (Facebook)

Portal Informa Paraíba

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias

TWITTER DO PORTAL INFORMA PARAÍBA

www.informaparaiba.com.br

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias.

Página do Portal Informa Paraíba (Facebook)

ENTRETENIMENTO1 minuto ago

Gaza: Quase 1 milhão de pessoas deixaram Rafah “em busca de segurança inexistente”

Internacional3 minutos ago

Adolescentes de baixa renda na Europa enfrentam maiores riscos de obesidade

Politíca12 minutos ago

6,7% das crianças em busca de famílias possuem deficiência; Lei de Jutay incentiva adoção atípica

ENTRETENIMENTO14 minutos ago

Vista por mais de 100 mil pessoas, “DUETOS, A Comédia de Peter Quilter”, chega a João Pessoa com Patricya Travassos e Eduardo Moscovis

CIDADE29 minutos ago

João Pessoa permanece sob alerta de chuva forte e Prefeitura mantém força-tarefa para atender a população

CONCURSO E EMPREGO16 horas ago

Primeiro emprego: entenda o projeto que retorna para análise do Senado

Educação & Cultura16 horas ago

Prorrogação do PNE está na pauta da Comissão de Educação nesta terça

ESTADO16 horas ago

UFPB colabora para melhorar a qualidade da água de municípios da Paraíba

Saúde16 horas ago

Ministério da Saúde lança Campanha Nacional de Vacinação contra Poliomielite

Educação & Cultura16 horas ago

Acervo de Sivuca é catalogado na UFPB

Judiciário19 horas ago

TJPB vai apoiar programa ‘Antes que Aconteça’, da senadora Daniella Ribeiro

Educação & Cultura19 horas ago

Pleno declara inconstitucional Lei que institui leitura bíblica nas escolas

Segurança Pública19 horas ago

São João com segurança: veja os riscos de bandeirolas nos postes

CIDADE20 horas ago

Pontos móveis ofertam vacinas contra Influenza, Poliomielite, dengue e Covid-19 até 21h

Judiciário20 horas ago

União deve definir destino de valores obtidos com condenações e delações, decide STF

CIDADE20 horas ago

Famup alerta gestores sobre retificação da alíquota da folha de pagamento

CONCURSO E EMPREGO20 horas ago

Aprovados na primeira fase do concurso da Guarda Civil Metropolitana passam por Teste de Aptidão Física

CIDADE20 horas ago

Prefeitura de Cabedelo efetua pagamento de salários do mês de maio nesta quarta-feira (29)

Politíca20 horas ago

Reconhecimento ao compromisso com a infraestrutura e o emprego marcam homenagens da Fetranslog-NE a personalidades políticas

Nacional20 horas ago

Collor pode ser preso no próximo mês; entenda

Nacional20 horas ago

Arthur Lira convoca sessão extraordinária com pauta misteriosa

Nacional20 horas ago

Deputado classifica taxação de e-commerce como incógnita na pauta

Nacional20 horas ago

Lula quer prisão para fake news; parlamentares fazem alerta

Nacional21 horas ago

PT Deixa o Vermelho de Lado e Priorizam Verde e Amarelo em Material de Pré-Campanha

Nacional21 horas ago

Jair Bolsonaro lidera corrida presidencial de 2026 enquanto Simone Tebet desaparece, aponta Paraná Pesquisas

Judiciário21 horas ago

TJPB invalida lei de Camalaú que proíbe Cagepa de cobrar taxa de ligação e religação

Judiciário21 horas ago

Cerimônia de adesão dos partidos ao Fórum pela transparência do sistema partidário terá abertura de ministério do TSE

ENTRETENIMENTO21 horas ago

TRIO BARAÚNA é a próxima atração do projeto “Forró a Bessa”

ENTRETENIMENTO21 horas ago

Emoção e homenagens marcam noite de abertura da 2ª edição do FestincineJP 

CIDADE21 horas ago

Comissão de Finanças coordena audiência pública da LDO

Internacional10 meses ago

Cidade alemã passa a distribuir gratuitamente filtro solar

Internacional11 meses ago

IMPRESSIONANTE – GOVERNO CANADENSE ADMITE: “Os não vacinados estavam certos sobre as vacinas de mRNA”

ENTRETENIMENTO11 meses ago

Exorcista: filme “Nefarious” é “o melhor já produzido” sobre possessão demoníaca

ENTRETENIMENTO10 meses ago

JIBÓIA

AGRICULTURA & PECUÁRIA5 meses ago

Com produtor revisando tamanho da safra, 2024 inicia cercado de incertezas para a soja

Internacional5 meses ago

Secretário-geral da ONU condena atos criminosos no Equador

CONCURSO E EMPREGO5 meses ago

Carreiras em Extinção? Veja Quais Podem Sumir

Nacional10 meses ago

CNS reconhece religiões afro como complementares ao SUS

ENTRETENIMENTO8 meses ago

Conheça Rocco, um cão mistura de rottweiler com husky siberiano: ‘Parece o Batman’

ECONOMIA5 meses ago

Calendário do Bolsa Família 2024: saiba quando você vai receber

Internacional5 meses ago

Fome já é generalizada em Gaza, alerta ONU

AGRICULTURA & PECUÁRIA5 meses ago

Número de IGs cresceu 60% em quatro anos no Brasil

CIDADE5 meses ago

Polêmica em Princesa Isabel: Vereadores aprovam aumento salarial próprio e do Executivo

Saúde5 meses ago

OS PRINCIPAIS LEGUMES E VERDURAS QUE AJUDAM A PREVENIR DOENÇAS CRÔNICAS

Internacional5 meses ago

Israel quer controlar e fechar fronteira entre Gaza e Egito

Judiciário9 meses ago

Informativo destaca não exigência de provas para fixação de indenização mínima por danos morais

Judiciário8 meses ago

Entender Direito: especialistas discutem os embargos de divergência

ENTRETENIMENTO5 meses ago

HORTÊNSIAS

Educação & Cultura5 meses ago

Campina Grande entra na disputa e poderá ser escolhida para receber nova Escola de Sargentos do Exército após impasse em Pernambuco

Internacional5 meses ago

“Perdas, dor e angústia” após ataques aéreos marcam o início do ano na Ucrânia

CIÊNCIA & TECNOLOGIA5 meses ago

Vale a pena usar um gerador de conteúdo para redes sociais?

Nacional12 meses ago

Relator lê parecer sobre indicação de Cristiano Zanin ao STF; sabatina está marcada para 21 de junho

Educação & Cultura11 meses ago

Novo ensino médio precisa levar em conta realidade de alunos e municípios, aponta debate

Nacional12 meses ago

Repórter da TV Globo é agredida por segurança de Maduro após questionamento

Nacional5 meses ago

TCU pede que ministra da Saúde pague R$ 11 milhões a cofres públicos

ECONOMIA12 meses ago

Por unanimidade, TCU aprova contas do governo Bolsonaro

CIDADE12 meses ago

Vereador Marlon vence queda de braço com prefeito de Sobrado e fica com comando do Republicanos no município

ENTRETENIMENTO5 meses ago

PASSEIO MOSTRA COMO É UM BORBOLETÁRIO

Educação & Cultura11 meses ago

EXCLUSIVO: Gilson Souto Maior lança em julho ‘História da Imprensa na Paraíba’

Nacional12 meses ago

Lula volta a defender ditadura: ‘Houve muito respeito com a participação do Maduro’

CONCURSO E EMPREGO16 horas ago

Primeiro emprego: entenda o projeto que retorna para análise do Senado

CONCURSO E EMPREGO23 horas ago

ENEM DOS CONCURSOS: GOVERNO FEDERAL DEFINE PROVA PARA 18 DE AGOSTO

Saúde23 horas ago

COVID: 88% DA POPULAÇÃO TOMOU DUAS DOSES DA VACINA CONTRA A DOENÇA

Internacional23 horas ago

BRASIL E CHINA: 50 ANOS DE RELAÇÕES ENTRE OS PAÍSES

ENTRETENIMENTO23 horas ago

CRIANDO LAGARTOS EXÓTICOS LEGALMENTE

CIÊNCIA & TECNOLOGIA23 horas ago

NO DIVÃ COM IA: OS JOVENS QUE FAZEM TERAPIA COM BOTS DE INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Internacional6 dias ago

EVENTO EM XANGAI AJUDA A ESTREITAR INVESTIMENTOS ENTRE BRASIL E CHINA

Saúde6 dias ago

COVID-19: VÍRUS SEGUE MORTAL E REFORÇA A IMPORTÂNCIA DA PREVENÇÃO

Judiciário6 dias ago

O NÚMERO DE JOVENS QUE DESEJAM VOTAR NAS ELEIÇÕES AUMENTA CONFORME O TSE

ECONOMIA6 dias ago

‘QUANDO ALGUÉM CONTROLA O DINHEIRO NA RELAÇÃO, CONTROLA A RELAÇÃO PROFUNDAMENTE’

Nacional6 dias ago

INUNDAÇÕES NO RS: O DESASTRE QUE MAIS ABALARÁ A ECONOMIA BRASILEIRA

Educação & Cultura7 dias ago

Senado Discute: incentivo a bibliotecas públicas e escolares

Saúde1 semana ago

ALERGIA ALIMENTAR: PROBLEMA AFETA 4 MILHÕES DE ADULTOS NO BRASIL

ENTRETENIMENTO1 semana ago

8 COISAS QUE PODEM MELHORAR SEU HUMOR E QUE NÃO ENVOLVEM DIETA OU EXERCÍCIO

Nacional1 semana ago

INUNDAÇÕES NO RS: O CHEF QUE PERDEU RESTAURANTES E FOI COZINHAR PARA DESABRIGADO

ENTRETENIMENTO1 semana ago

PIMENTA DE CHEIRO

Educação & Cultura1 semana ago

PLANETA ESTÁ VIRANDO UMA BOMBA CLIMÁTICA

ENTRETENIMENTO1 semana ago

REVOLUCIONANDO A AGRICULTURA: FLORES COMESTÍVEIS E AQUAPONIA

Saúde1 semana ago

PLANOS DE SAÚDE CANCELAM CONTRATOS DE CLIENTES ILEGALMENTE

CONCURSO E EMPREGO1 semana ago

ALERTA PARA O USO DE IA EM EXAMES DE RECRUTAMENTO

Saúde1 semana ago

FAPESP: VACINA CONTRA A GRIPE, PESQUISA CONTRA O COVID 19 E FUTURO INCERTO

Nacional1 semana ago

O VERDADEIRO TAMANHO DO DESASTRE NO RS – E AS OUTRAS CRISES QUE SE ANUNCIAM

ENTRETENIMENTO2 semanas ago

DOBERMANN, O CACHORRO MAIS ASSUSTADOR

Educação & Cultura2 semanas ago

A MODERNIZAÇÃO DOS COLÉGIOS AGRÍCOLAS NO PR

CIÊNCIA & TECNOLOGIA2 semanas ago

GOVERNO LANÇA PORTAL CONTRA FAKE NEWS

ENTRETENIMENTO2 semanas ago

DONA DE JARDIM COM MAIS DE 500 MIL SEGUIDORES COMPARTILHA CUIDADOS COM PLANTAS

Internacional2 semanas ago

CIDADES DO MUNDO SOFREM COM COLAPSOS CLIMÁTICOS COMO DO RS

AGRICULTURA & PECUÁRIA2 semanas ago

PRODUÇÃO DE MEL COM ABELHAS SEM FERRÃO

AGRICULTURA & PECUÁRIA2 semanas ago

CAPRINOCULTURA – VALE A PENA INVESTIR?

Internacional2 semanas ago

REINO UNIDO: ESTAMOS PERTO DE ESCALADA NUCLEAR

Advertisement
Advertisement

Vejam também

Somos o Portal Informa Paraíba, uma empresa de marketing e portal de informações que oferece um noticioso com assuntos diversos. Nosso objetivo é fornecer conteúdo relevante e atualizado para nossos leitores, mantendo-os informados sobre os acontecimentos mais importantes. Nossa equipe é composta por profissionais experientes e apaixonados por comunicação, que trabalham incansavelmente para oferecer um serviço de qualidade. Além disso, estamos sempre em busca de novas formas de melhorar e inovar, para podermos atender às necessidades e expectativas de nossos clientes. Seja bem-vindo ao nosso mundo de informações e descubra tudo o que o Portal Informa Paraíba tem a oferecer. Fiquem bem informados acessando o Portal Informa Paraíba: www.informaparaiba.com.br