Connect with us

Educação & Cultura

Brincadeiras de percurso promovem o desenvolvimento motor e cognitivo na Educação Infantil

Alinhadas à BNCC, práticas também estimulam as habilidades socioemocionais de bebês e crianças

Os bebês e as crianças bem pequenas têm garantido pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) o direito a um ambiente convidativo e rico de oportunidades para que possam desenvolver plenamente suas habilidades motoras e cognitivas. Nesse sentido, as brincadeiras de percursos são uma opção divertida e eficaz de estimulá-los. Elas envolvem a criação de circuitos, que podem incluir desde túneis e obstáculos mais desafiadores, com o uso de pneus, cubos de madeira e cordas, até caminhos simples, utilizando objetos como tecidos, caixas, potes e almofadas. 

A versatilidade dessas brincadeiras permite ajustá-las, na Educação Infantil, de acordo com as possibilidades e necessidades de cada faixa etária, a fim de resultar em uma atividade significativa para todos. No caso dos bebês, os percursos ajudam a explorar o ambiente ao redor, promovendo a descoberta e a coordenação motora grossa, que envolve a capacidade de usar os grandes músculos do corpo para realizar movimentos amplos, como correr, pular, subir escadas, arremessar e chutar uma bola. Para crianças de 2 a 6 anos, os circuitos se tornam mais complexos e tendem a incentivar habilidades como equilíbrio, agilidade e planejamento de ações. 

Assim, a importância das brincadeiras de percursos ultrapassa os aspectos físicos do desenvolvimento infantil. “Muitas aprendizagens poderão ocorrer, como aquelas ligadas à lógica, à criatividade, à iniciativa, às relações interpessoais e ao trabalho em equipe”, afirma Carlise Pelissari, pedagoga, especialista em Educação Infantil e assessora pedagógica da Educação Infantil na rede municipal de  Lucas do Rio Verde (MT). As crianças avançam em suas habilidades socioemocionais, desenvolvendo a confiança em suas próprias capacidades, a perseverança diante dos desafios e a interação positiva com os colegas. Tais momentos ainda estimulam a resolução de problemas, pois os pequenos precisam encontrar maneiras de superar os obstáculos propostos.

Como planejar as brincadeiras de percurso?

Ao organizar propostas que envolvem brincadeiras de percurso, a professora Denise de Oliveira, da rede municipal de Porto Alegre (RS), explica que os materiais das atividades para os bebês e as crianças bem pequenas precisam ser planejados cuidadosamente, pois não podem oferecer nenhum tipo de perigo. Tecidos, argolas de plástico, caixas de papelão, tampas de latas de leite e carretéis de linhas são algumas opções. “Esses materiais devem estar limpos com antecedência e, no caso de latas, sem qualquer ferrugem”, diz. “Quando falamos de bebês com até dois anos, todo o cuidado é pouco. As caixas podem ser usadas apenas uma vez, e é necessário ficar de olho caso coloquem na boca, o que é bem comum, para podermos orientá-los.”

No decorrer da brincadeira, seja qual for, Denise acredita que o educador tem que atuar também como observador. Isso significa registrar as experiências com fotos, vídeos e escrita, para que possa identificar quais foram as habilidades desenvolvidas. Pode participar se as crianças o chamarem, mas não deve mexer no processo de experimentação. 

“Se o bebê está tentando empilhar alguns objetos sem conseguir, e o educador pega os objetos para mostrar como faz, quem está aprendendo não é o bebê, mas o educador. Acredito que os pequenos aprendem realizando diferentes experiências, com diversos tipos de materiais e com a interação entre seus pares. Eles não precisam ter um adulto para fazer o que conseguiriam por si mesmos. Além disso, precisam de espaços e oportunidades para experimentar e aprender”, completa. 

Para Carlise, a faixa etária das crianças vai definir a intensidade do desafio proposto. No entanto, um ponto importante ao escolher a atividade é o número de alunos que vai participar: “Quanto mais novas, menor o número de crianças participando ao mesmo tempo. Só assim elas vão conseguir aproveitar e se desenvolver de maneira realmente prazerosa e positiva”. A escolha do espaço também faz diferença, “mas a escola toda pode ser utilizada, com propósitos e olhares diferentes”, destaca a pedagoga.

Brincadeiras de percurso e a BNCC

A pedagoga Carlise Pelissari comenta que as brincadeiras são o eixo central da BNCC no que diz respeito à Educação Infantil. Desta forma, as interações que se apoiam nos percursos estão alinhadas aos cinco campos de experiências presentes no documento:

Espaços, tempos, quantidades, relações e transformações, ao promover o pensamento lógico e a capacidade de observar e entender o ambiente.

Relatos de experiência para levar as brincadeiras de percurso para a turma

Para contribuir com ideias de jogos de percurso, convidamos duas as professoras Denise de Oliveira, da rede municipal de Porto Alegre (RS), e Mirtes Ramos dos Santos Melo, da Creche Municipal João Eugênio, em Recife (PE), para compartilharem suas experiências. 

Brincadeira de obstáculos

Sugestão da professora Denise de Oliveira, da rede municipal de Porto Alegre (RS)

Faixa etária: bebês de até 1 ano.

Objetivo: trabalhar a motricidade fina e o desenvolvimento cognitivo para facilitar e assegurar o progresso da aprendizagem dos bebês ao longo da vivência na Educação Infantil. Ou seja, movimentos de pinça, abrir e fechar, identificar o que é grande ou pequeno, alto ou baixo, pesado ou leve.

Materiais: caixas de papelão de diferentes tamanhos, latas de leite, potes com tampas, argolas, cones e carretéis de linha.

Organização do ambiente: tecido no chão (preferencialmente de cor única e sem estampas), materiais dispostos aleatoriamente sobre o tecido e em quantidade adequada para que todos os bebês possam brincar. A professora Denise conta que o planejamento começou com bastante antecedência, pois os materiais utilizados precisaram ser arrecadados em grande quantidade.

Como acontece a brincadeira: o professor faz o convite aos bebês que já engatinham ou caminham para que eles se aproximem dos materiais. “O adequado é realmente a escolha, por isso trabalho com ‘convite’. Nenhum bebê é levado até a brincadeira pelo educador, ele deve ir por vontade própria”, descreve a professora. 

Observações: o grupo que participou dessa proposta já estava familiarizado com brincadeiras desse tipo. Por isso, ao finalizar a organização do espaço, os bebês logo se dirigiram para brincar (engatinhando ou caminhando), sem precisarem do convite, pois o próprio ambiente organizado é quem convida.

Resultados: alguns bebês brincavam de colocar caixas pequenas nos potes (estavam aprendendo o “grande e pequeno”, o que é “maior ou menor”). Outros tiravam a tampa da lata de leite e tentavam colocar de volta (trabalhando a habilidade “dentro e fora”, o que “cabe ou não cabe”). Um dos bebês brincou com as argolas e latas (diferenciando as cores, o barulho feito ao bater na lata, vivenciando a “intensidade sonora”, ou o “alto e baixo”). No geral, todos os bebês se envolveram por um longo período em suas explorações. “Como o tempo da brincadeira é estipulado por eles, ela precisa ser realizada em um período amplo, sem interrupção, como o almoço, descanso ou jantar”, finaliza Denise. 

Brincadeira na abordagem Pikler

Sugestão da professora Mirtes Ramos dos Santos Melo, da Creche Municipal João Eugênio, em Recife (PE)

Faixa etária: bebês de 2 anos.

Objetivo: a partir da abordagem desenvolvida pela pediatra húngara Emmi Pikler, que enfatiza o respeito pela autonomia do bebê e a importância do movimento livre e do cuidado atento e responsivo, explorar formas de deslocamento no espaço, orientando as crianças por meio de noções como frente, atrás, embaixo, em cima, dentro, fora etc. 

Materiais: estruturas de madeira e blocos de encaixar gigantes.

Organização do ambiente: o circuito começava com uma base feita de blocos de montar gigantes. Em seguida, havia um triângulo de madeira para a criança escalar, depois uma rampa e, por fim, um cubo de madeira para a criança passar por dentro dele. 

Como acontece a brincadeira: a ideia do percurso era fazer a criança subir na base de blocos de montar e pular com os dois pés no chão. Depois, escalar o triângulo, passar por cima da rampa, equilibrando-se (um das partes da rampa é vazada, exigindo esse equilíbrio corporal) e, por fim, passar por dentro do cubo.

Observações: A professora fez uma roda de conversa sobre o circuito e, então, foi convidando uma por uma das crianças, indicando onde era o início e a incentivando a completar o percurso. “Nesse momento, esperar sua vez já era um grande desafio para algumas crianças. Em contrapartida, outras viam como desafio completar o percurso sozinhas”, detalha Mirtes. Quem não conseguia completar o circuito por conta própria, recebia ajuda, principalmente para escalar o triângulo, até que sentisse segurança para ir sem apoio. Depois, foi o momento de realizar o percurso, explorar o espaço e materiais com os colegas. “Nessa hora, observamos a solidariedade, pois aqueles que estavam com dificuldade em escalar ou se equilibrar foram ajudados pelos colegas. Por outro lado, houve situações em que a criança gostou muito de explorar o triângulo, e o escalava várias vezes, sem compartilhar com o restante da turma. Então, foi necessário intervir”. 

Resultados: o circuito ficou na sala por 40 minutos, e as crianças o exploraram por todo esse tempo. “As que inicialmente precisaram de ajuda para escalar o triângulo, ao final, ficaram mais confiantes e subiram e desceram várias vezes o objeto. Outras adoraram se equilibrar na parte vazada da rampa e explorar a parte de cima do cubo”, conclui a professora.

Cuidados e dicas para o momento da brincadeira

A professora Mirtes Ramos dos Santos Melo sugere alguns pontos de atenção ao propor atividades de percurso:

  • Ao escolher materiais, observe a altura, a firmeza e se há partes cortantes, para não haver riscos às crianças.
  • Confira a limpeza do espaço onde esses materiais serão organizados.
  • Um dos principais desafios em organizar circuitos se refere ao tamanho do espaço onde ele será realizado. Então, para não ter contratempos nesse sentido, não organize circuitos muito longos.
  • O subir, descer, entrar, sair, explorar por cima ou por baixo e pular é atrativo para a maioria dos pequenos, mas alguns podem se sentir inseguros. Fique atento para perceber inseguranças e apoiar as crianças que precisam de ajuda. 

Nova Escola

Continue Reading
Advertisement

Relógio

Grupo do Portal Informa Paraíba (Facebook)

Portal Informa Paraíba

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias

TWITTER DO PORTAL INFORMA PARAÍBA

www.informaparaiba.com.br

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias.

Página do Portal Informa Paraíba (Facebook)

Politíca7 horas ago

Assembleia Legislativa da Paraíba Prepara-se para Decisão Sobre CPI do Padre Zé

Politíca9 horas ago

Deputado federal Hugo Mota revela estratégias dos Republicanos para eleições 2024

Politíca10 horas ago

Ruy confirma licença da Câmara Federal para se dedicar a pré-campanha em João Pessoa

Saúde10 horas ago

Paraíba abre edital de bolsas para apoio institucional da SES com foco na organização da Rede de Atenção à Saúde

ESTADO10 horas ago

João Azevêdo inspeciona obras de educação, habitação e infraestrutura com investimentos de R$ 87,5 milhões em Princesa Isabel e Tavares

ESTADO10 horas ago

Governador anuncia início das obras do gasoduto João Pessoa-Cabedelo pelo bairro de Intermares

ESTADO10 horas ago

Secult-PB realiza consulta pública da minuta do edital do Prêmio Viva o Circo

CIDADE10 horas ago

Pilõezinhos enfrenta possibilidade de eleição suplementar em ano eleitoral

CIDADE11 horas ago

TCE-PB divulga números de servidores contratados nos municípios do estado e alerta para excesso de temporários

CIDADE11 horas ago

Prefeitura de Boa Ventura divulga nota sobre auditoria do TCE no município que arrombou cofre

Politíca11 horas ago

ALPB debate implantação de campus da UFCG no Vale do Piancó

ESTADO11 horas ago

Vice-governador prestigia palestra do presidente do STF para alunos da rede estadual da Paraíba

Politíca11 horas ago

Murilo Galdino é recebido de forma calorosa em Piancó e participa de celebrações na cidade

CIDADE11 horas ago

Famup parabeniza novo secretário de Educação da Paraíba e destaca parcerias com os municípios

Politíca11 horas ago

Tovar visita bispo de Campina Grande e destaca destinação de emendas para projetos apoiados pela igreja

ESTADO11 horas ago

Secties e Seap firmam parceria de incentivo para o programa Esperança no Espaço e Radiotelescópio Bingo

Educação & Cultura12 horas ago

UFPB recepciona dois novos professores

CIDADE12 horas ago

Atrações culturais e artistas locais vão animar os festejos nos bairros de Cabedelo

Segurança Pública12 horas ago

Furto de Energia bate recorde no Brasil; Paraíba ocupa 21ª posição

CIDADE12 horas ago

Terceira Câmara mantém condenação de ex-prefeito por improbidade administrativa

Politíca12 horas ago

Presidente do PL destaca João Pessoa como prioridade para o partido em vídeo com Marcelo Queiroga: ‘nossa joia da campanha’

Esporte12 horas ago

Disputas das modalidades coletivas da etapa estadual dos Jogos Escolares e Paraescolares começam neste sábado

ENTRETENIMENTO12 horas ago

O que esse santo e a salada da França têm em comum?

Politíca12 horas ago

Para especialistas, fim da delação de presos prejudica investigações; Romero Rodrigues votou pela urgência na aprovação do projeto

Judiciário12 horas ago

Esterilização compulsória – violação direitos fundamentais – caso de Mococa

Esporte12 horas ago

Prefeitura de João Pessoa promove palestra com Cafu, ex-capitão da Seleção Brasileira

Segurança Pública12 horas ago

Deputado vai apresentar projeto sobre aplicativo que permite a criança denunciar abusos sexuais

Educação & Cultura12 horas ago

Debatedores criticam novas diretrizes do MEC para educação infantil

Educação & Cultura12 horas ago

Comissão aprova medidas de acolhimento escolar para adolescente grávida

Esporte12 horas ago

Comissão aprova projeto de incentivo a atletas e paratletas

Internacional11 meses ago

Cidade alemã passa a distribuir gratuitamente filtro solar

Internacional12 meses ago

IMPRESSIONANTE – GOVERNO CANADENSE ADMITE: “Os não vacinados estavam certos sobre as vacinas de mRNA”

ENTRETENIMENTO12 meses ago

Exorcista: filme “Nefarious” é “o melhor já produzido” sobre possessão demoníaca

ENTRETENIMENTO11 meses ago

JIBÓIA

AGRICULTURA & PECUÁRIA5 meses ago

Com produtor revisando tamanho da safra, 2024 inicia cercado de incertezas para a soja

Internacional5 meses ago

Secretário-geral da ONU condena atos criminosos no Equador

CONCURSO E EMPREGO5 meses ago

Carreiras em Extinção? Veja Quais Podem Sumir

ENTRETENIMENTO9 meses ago

Conheça Rocco, um cão mistura de rottweiler com husky siberiano: ‘Parece o Batman’

Nacional10 meses ago

CNS reconhece religiões afro como complementares ao SUS

ECONOMIA5 meses ago

Calendário do Bolsa Família 2024: saiba quando você vai receber

Internacional5 meses ago

Fome já é generalizada em Gaza, alerta ONU

CIDADE5 meses ago

Polêmica em Princesa Isabel: Vereadores aprovam aumento salarial próprio e do Executivo

AGRICULTURA & PECUÁRIA5 meses ago

Número de IGs cresceu 60% em quatro anos no Brasil

Saúde5 meses ago

OS PRINCIPAIS LEGUMES E VERDURAS QUE AJUDAM A PREVENIR DOENÇAS CRÔNICAS

Internacional5 meses ago

Israel quer controlar e fechar fronteira entre Gaza e Egito

Judiciário9 meses ago

Informativo destaca não exigência de provas para fixação de indenização mínima por danos morais

Judiciário8 meses ago

Entender Direito: especialistas discutem os embargos de divergência

ENTRETENIMENTO5 meses ago

HORTÊNSIAS

Educação & Cultura5 meses ago

Campina Grande entra na disputa e poderá ser escolhida para receber nova Escola de Sargentos do Exército após impasse em Pernambuco

Internacional5 meses ago

“Perdas, dor e angústia” após ataques aéreos marcam o início do ano na Ucrânia

CIÊNCIA & TECNOLOGIA5 meses ago

Vale a pena usar um gerador de conteúdo para redes sociais?

Educação & Cultura12 meses ago

Novo ensino médio precisa levar em conta realidade de alunos e municípios, aponta debate

Nacional5 meses ago

TCU pede que ministra da Saúde pague R$ 11 milhões a cofres públicos

ENTRETENIMENTO5 meses ago

PASSEIO MOSTRA COMO É UM BORBOLETÁRIO

Educação & Cultura12 meses ago

EXCLUSIVO: Gilson Souto Maior lança em julho ‘História da Imprensa na Paraíba’

Judiciário1 mês ago

Juízes comemoram inclusão do Judiciário entre atividades de risco

Internacional3 meses ago

China

ENTRETENIMENTO3 meses ago

1º Cabedelo MotoFest: prepare-se para uma explosão de emoções na praia do Jacaré!

CIÊNCIA & TECNOLOGIA10 meses ago

Como sair do grupo de WhatsApp anonimamente e ninguém ver

ESTADO7 meses ago

Energisa reúne empresas de telecomunicações para tratar sobre segurança na disposição de cabos em postes 

AGRICULTURA & PECUÁRIA14 horas ago

ANÁLISE DO CANCELAMENTO DO LEILÃO DE ARROZ PELA CONAB

ENTRETENIMENTO14 horas ago

DIA DE SANTO ANTÔNIO: O SANTO É MESMO CASAMENTEIRO?

Internacional14 horas ago

QUAL O NOVO PERFIL DO PARLAMENTO EUROPEU?

Nacional14 horas ago

LULA VOLTA A DEFENDER TAXAÇÃO DOS MAIS RICOS

CIÊNCIA & TECNOLOGIA14 horas ago

O NEUROCIENTISTA QUE NÃO ACREDITA NO LIVRE-ARBÍTRIO

Saúde1 dia ago

BRADICININA: REMÉDIO CONTRA A PRESSÃO ALTA

CIÊNCIA & TECNOLOGIA1 dia ago

BRASIL É O PRIMEIRO PAÍS A TER TECNOLOGIA ANTI-ROUBO EM CELULARES

ECONOMIA1 dia ago

ALIMENTOS PUXAM INFLAÇÃO PARA CIMA EM MAIO

Segurança Pública1 dia ago

MARCAS DE PERFUMES DE LUXO ESTÃO ENVOLVIDAS COM TRABALHO INFANTIL

CIDADE1 dia ago

PROJETO SUBSTITUI CARROÇA POR TRICICLO NA COLETA DE RECICLÁVEIS

Saúde2 dias ago

FDA CONCLUI QUE MEDICAMENTO PARA ALZHEIMER É EFICAZ

ECONOMIA2 dias ago

EMPRESÁRIOS VÃO AO SENADO PEDIR DERRUBADA DE MP QUE LIMITA CRÉDITOS TRIBUTÁRIOS

Internacional2 dias ago

ELEIÇÕES PARA O PARLAMENTO EUROPEU TEM VITÓRIA DO CENTRO E AVANÇO DA DIREITA

CIÊNCIA & TECNOLOGIA2 dias ago

O QUE ESTÁ POR TRÁS DA ATUAL CORRIDA NUCLEAR?

Saúde2 dias ago

CANABINDOL

ENTRETENIMENTO3 dias ago

Vídeos reúnem pássaros com a plumagem mais magnífica e colorida

CIÊNCIA & TECNOLOGIA4 dias ago

EMPRESAS PRIVADAS ENTRAM NA CORRIDA ESPACIAL

Internacional4 dias ago

A EUROPA ESTÁ CANSADA DE TANTO TURISTA

Internacional4 dias ago

RASTAFÁRI, MOVIMENTO RELIGIOSO QUE COMEÇOU NA JAMAICA

Judiciário4 dias ago

AÇÕES CONTRA PLANOS DE SAÚDE CRESCEM 21% EM MAIO

Internacional4 dias ago

BRASIL E 16 PAÍSES ASSINAM APOIO A PLANO DE TRÉGUA EM GAZA

Nacional1 semana ago

PRIVATIZAÇÃO DAS PRAIAS: O QUE ESTÁ EM JOGO COM PEC NO SENADO

Internacional1 semana ago

OBSERVATÓRIO NO CHILE TERÁ MAIOR CÂMERA ASTRONÔMICA DO MUNDO

ECONOMIA1 semana ago

‘TAXA DAS BLUSINHAS’: QUANTO CUSTARIA UMA COMPRA DE R$ 200 SE IMPOSTO VIGORAR

CIÊNCIA & TECNOLOGIA1 semana ago

O QUE SÃO OS SUPERCOMPUTADORES?

ECONOMIA1 semana ago

BANCO DO BRASIL FINANACIA O DESMATAMENTO DE TERRA INDÍGENA URU-EU-WAU-WAU

ENTRETENIMENTO2 semanas ago

POR QUE CADA VEZ MAIS CASAIS ESTÃO DORMINDO SEPARADOS

CIÊNCIA & TECNOLOGIA2 semanas ago

UMA DÉCADA DA REVOLUÇÃO DOS CARROS DE APLICATIVO

ECONOMIA2 semanas ago

SITUAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE AINDA GERA DÚVIDAS

Saúde2 semanas ago

SP TEM NOVA ALTA NOS CASOS DE DENGUE

Advertisement
Advertisement

Vejam também

Somos o Portal Informa Paraíba, uma empresa de marketing e portal de informações que oferece um noticioso com assuntos diversos. Nosso objetivo é fornecer conteúdo relevante e atualizado para nossos leitores, mantendo-os informados sobre os acontecimentos mais importantes. Nossa equipe é composta por profissionais experientes e apaixonados por comunicação, que trabalham incansavelmente para oferecer um serviço de qualidade. Além disso, estamos sempre em busca de novas formas de melhorar e inovar, para podermos atender às necessidades e expectativas de nossos clientes. Seja bem-vindo ao nosso mundo de informações e descubra tudo o que o Portal Informa Paraíba tem a oferecer. Fiquem bem informados acessando o Portal Informa Paraíba: www.informaparaiba.com.br