Connect with us

Nacional

Senadores cobram da Anvisa a aprovação rápida de mais vacinas

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, Antônio Élcio Franco Filho; o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco; o presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres; e a diretora da Anvisa, Meiruze Souza Freitas, na sessão que discutiu a aprovação de vacinas

Senadores de diversos partidos cobraram nesta quinta-feira (4) a aprovação mais rápida de vacinas contra a covid-19. Ele ouviram o presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antônio Barra Torres, em sessão temática no Plenário do Senado para debater o andamento da imunização contra a covid-19 e sobre os processos de aprovação de vacinas. Segundo Barra Torres, o prazo da agência para aprovar o uso emergencial de vacinas é o “mais rápido do mundo”.  

O requerimento para a audiência foi feito pela senadora Rose de Freitas (MDB-ES), para quem houve uma politização do papel da Anvisa, que se manifestou contra artigos da Medida Provisória 1.003/2020. O texto impunha o prazo de cinco dias para a agência conceder autorização temporária de uso emergencial para importação e distribuição de imunizantes. Também dispensava a autorização de qualquer outro órgão da administração pública direta ou indireta para vacinas aprovadas por autoridades sanitárias de outros países.  

Ao sancionar a Lei 14.121, de 2021, decorrente da MP, o presidente da República, Jair Bolsonaro, vetou esses trechos. A justificativa foi de que, ao tornar compulsória a autorização emergencial, o texto impediria a Anvisa de investigar a segurança, a qualidade e a eficácia das vacinas O prazo de cinco dias, segundo o governo, seria inviável.

— Houve uma politização, em determinado momento, sobre o papel da Anvisa, sobre o comportamento da Anvisa dentro de um quadro que me pareceu totalmente insano. Quer dizer, pensar em prazos extensos para que um imunizante já aprovado no exterior tivesse o seu uso autorizado no Brasil. Com toda a competência do corpo técnico que eu sei que a Anvisa tem, por que não simplificar o processo de autorização? — questionou Rose de Freitas.

De acordo com o diretor, o prazo de nove dias que a Anvisa levou para analisar os dois protocolos emergenciais já em vigor para o uso de vacinas no Brasil torna a agência a mais rápida do mundo nessa análise. Ele ainda citou como exemplo o prazo de 17 dias para o registro da vacina da Pfizer, que também representaria um recorde.

— É um trabalho de análise extremamente pesado, meticuloso e denso, mas é, hoje, a garantia de que o cidadão pode confiar nas vacinas que forem certificadas pela Anvisa. Ao contrário que se possa pensar, não é possível para a Anvisa, de posse da caneta, autorizar, de plano, a toda e qualquer vacina a ser disponibilizada no Brasil. Não é assim. É necessário que o desenvolvedor nos procure e nos apresente os seus documentos para que, então, possamos fazer a análise — explicou.

Sete dias

O senador Humberto Costa (PT-PE) lembrou que, após o veto ao prazo de cinco dias para a autorização de vacinas, outra medida foi aprovada com o prazo de sete dias, desde que haja registro prévio por autoridades sanitárias estrangeiras indicadas. A MPV 1.026/2021, que facilita a compra de vacinas contra a covid-19, foi aprovada na última terça-feira (2) e ainda não foi sancionada pelo presidente.

— O líder do governo, senador Fernando Bezerra Coelho [MDB-PE], disse que não haveria veto a isso porque teria sido já negociado com o governo e que esse item era aceitável. Por que não aceita cinco e aceita sete dias? A Anvisa vai novamente pedir que o presidente da República vete esse artigo? — perguntou Humberto Costa, ex-ministro da Saúde.

Em resposta, o presidente da agência afirmou que o principal motivo para o veto não foi o prazo, mas o fato de o texto afirmar que a agência concederia a autorização, e não que analisaria o pedido. Para ele, isso seria um “veredito preestabelecido” e tiraria a autonomia da agência. Sobre o prazo de sete dias para essa análise, ele disse que, na prática, é o que acontece.

— Sete dias úteis equivalem a nove dias corridos. E nove dias corridos é a matemática comprovada pela Anvisa para autorizar os dois registros, os dois usos emergenciais, o da Coronavac e o da AstraZeneca. Fizemos em nove dias. Sete dias úteis, para nós, são nove, porque nós já não temos sábado e domingo há muito tempo — disse Barra Torres, para quem o novo texto deverá ser sancionado sem vetos.

Também ex-ministro da Saúde, o senador Marcelo Castro (MDB-PI) disse que, apesar da apreensão inicial e do receio de interferência política, a Anvisa cumpriu seu papel e reafirmou sua independência ao aprovar o registro da Coronavac, feita em parceria pela chinesa Sinovac e pelo Instituto Butantã.

— A Anvisa mostrou o seu compromisso, de uma maneira firme, de uma maneira segura, com a ciência, sem nenhuma interferência de quem quer que fosse. Parabéns à Anvisa! Eu acho que vocês aí readquiriram, se é que tinham, em algum momento, perdido, o alto conceito, elevado de que a Anvisa sempre gozou da sociedade brasileira.

Medicamentos

Outro tema de questionamento dos senadores foi o uso de medicamentos com eficácia não comprovada para o tratamento da covid-19, como a cloroquina e a ivermectina. O senador Fabiano Contarato (Rede-ES) ressaltou que o governo tem comprado esses medicamentos e que o sistema TrateCOV, do ministério da Saúde, indicava os dois remédios como tratamento.

— Este governo é um governo negacionista. Ele repudia a ciência e difunde uma cultura para ministrar uma medicação sem nenhuma comprovação científica. Então a pergunta é clara: fora a vacina, existe outra medicação para o combate ao Covid? Eu tenho certeza que não — disse Contarato.

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, Antônio Elcio Franco Filho, afirmou que a recomendação do ministério é de que o paciente, ao sentir sintomas, procure o médico e de que haja o “tratamento imediato”. A prescrição fica a critério desse profissional, que tem soberania para julgar o que é necessário. Depois de o senador repetir a pergunta, o secretário afirmou que não há medicamento para a doença autorizado no Brasil.

— Em tempos de pandemia, o médico, dentro da sua autonomia, pode prescrever medicamentos off label [para uma finalidade diferente da que consta na bula]. Acredito ter respondido ao senhor. Não há, com bula e com registro, medicamento para essa finalidade — disse o secretário-executivo.

Sensação de imunidade 

Para o senador Jean Paul Prates (PT-RN), o problema maior não é o uso de medicamentos off label de acordo com a prescrição dos médicos, mas sim o fato de autoridades dizerem publicamente que esses medicamentos devem ser usados para combater e até prevenir uma doença, ao contrário da indicação do próprio laboratório. 

— Isso é de altíssima responsabilidade, independentemente de esses gestores — vereadores, políticos, governadores, prefeitos — serem ou não médicos, porque estão ali na capacidade de líderes de uma comunidade e dizem que quem toma um remédio que é fácil de adquirir na farmácia pode ir pra feira, pode ir para o convívio, pode ficar sem máscara, porque está blindado, com a sensação de imunidade — alertou.

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) elogiou a atuação da Anvisa e disse ser favorável ao uso de medicamentos ainda não autorizados, desde que que receitados por médicos.

— Existem países que estão adotando o tratamento preventivo ou precoce, como alguns chamam, e conselhos de medicina, muitos setores têm feito notas técnicas a favor disso. Eu queria entender por que uma ciência é boa para uma coisa e não é boa para outra — questionou.

O secretário executivo do ministério voltou a recomendar que as pessoas procurem um medico ao sentir sintomas e reforçou a necessidade de manutenção das medidas de prevenção: evitar aglomerações, usar máscara, higienizar as mãos e ficar em ambientes ventilados.

Parceiros

TV CÂMARA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA – CMJP AO VIVO

 

CALENDÁRIO

março 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Grupo do Portal Informa Paraíba (Facebook)

Portal Informa Paraíba

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias

Página do Portal Informa Paraíba (Facebook)

ECONOMIA5 horas ago

BRASIL AUMENTA EM 3% RECEITA COM EXPORTAÇÕES DE FRUTAS

Saúde5 horas ago

COVID-19 E VITAMINA D: AS FALHAS DE ESTUDO QUE LEVARAM A DESINFORMAÇÃO

Saúde5 horas ago

MÁSCARA DE PANO É EFICAZ? QUANDO DEVO USAR A PFF2?

ECONOMIA6 horas ago

CONAB CALCULA QUE SAFRA DESTE ANO SUPERA 270 MILHÕES DE TONELADAS

Tecnologia6 horas ago

VAZAMENTO DE DADOS: O QUE FAZER?

Tecnologia6 horas ago

COMO O TRABALHO EM PLATAFORMA ESTÁ MUDANDO O MUNDO LABORAL

CONCURSO E EMPREGO6 horas ago

FERROVIA DE INTEGRAÇÃO OESTE-LESTE DEVE GERAR 55 MIL EMPREGOS

Tecnologia7 horas ago

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL AJUDA RECRUTADO PROFISSIONAIS PARA VAGAS

Politíca2 dias ago

Pollyanna Dutra lamenta o falecimento do presidente da Câmara de Vereadores de Catolé do Rocha, Ubanaldo Melo

CONCURSO E EMPREGO2 dias ago

12ª Vara Federal convoca candidatos da seleção de estagiários de Direito para a fase de entrevistas

ESTADO2 dias ago

Paraíba é o estado que mais aplicou vacina na faixa etária de 70 a 79 anos

Tecnologia2 dias ago

Um futuro não tão distante: a LGPD e a Internet of Body

Tecnologia2 dias ago

Brasil aparece mal em índice que mede conhecimento em cibersegurança

Tecnologia2 dias ago

Como robôs sexuais e carnes veganas podem mudar o mundo ao seu redor

ENTRETENIMENTO2 dias ago

O bizarro vídeo de um macaco jogando vídeo game com a mente traz implicações drásticas para a humanidade

ENTRETENIMENTO2 dias ago

Humanos poderiam ser peçonhentos, descobre estudo

ENTRETENIMENTO2 dias ago

Mergulhadores descobrem bolhas marinhas gigantes

ENTRETENIMENTO2 dias ago

O mistério do zunido dos beija-flores é desvendado por cientistas

Politíca2 dias ago

Campanha arrecada lixo eletrônico para projeto que cuida de animais em situação de rua

Educação & Cultura2 dias ago

Instituto Teotônio Vilela designa novos diretores na Paraíba

Agricultura e Pecuária8 meses ago

Akatsuki: todos os membros, a história e poderes de cada um | Naruto

Agricultura e Pecuária7 meses ago

Saga Crepúsculo: a ordem correta para assistir aos filmes

Internacional8 meses ago

Polícia invade orgia gay “regada a drogas” de padres do Vaticano

Saúde9 meses ago

Engolir esperma pode ser uma arma contra o coronavírus?

Nacional7 meses ago

Como calcular os votos para eleição de vereador 2020

Internacional5 meses ago

Imagens mostram Joe Biden em atitude imprópria com crianças

Internacional9 meses ago

Cidades dos EUA registram confrontos em atos antirracismo

CIDADE8 meses ago

Tentaram assassinar a pré-candidata a prefeita da cidade do Conde Karla Pimentel

Judiciário9 meses ago

Política Nacional de Turismo não impede cobrança de direitos autorais em estabelecimentos de hospedagem

Internacional9 meses ago

Economia alemã tem retração histórica

Segurança Pública8 meses ago

Comando Vermelho vira preocupação de Bolsonaro; entenda

Nacional8 meses ago

Estados e municípios poderão ter mais prazo para se adequarem à reforma da Previdência

Tecnologia2 meses ago

Facebook admite que “cometeu um erro” ao censurar hidroxicloroquina

CIDADE3 meses ago

“Animais jamais serão sacrificados na nossa cidade”, diz prefeito de cidade paraibana de Brejo do Cruz

CIDADE6 meses ago

Juiz vê “gritante contradição” e determina suspensão de pesquisa Datavox em Bayeux sob pena de multa de R$ 100 mil

Nacional9 meses ago

Senadores avaliam queda da arrecadação federal e aumento da previsão de deficit

CIDADE4 meses ago

MAIS UM ESCÂNDALO EM BAYEUX: vereadores são “obrigados” a assinar carta-renúncia e fazer um pré-acordo na tentativa de eleger Noquinha o presidente da Câmara; entenda

Tecnologia3 meses ago

AMPLIAÇÃO DO ACESSO À INTERNET NO CAMPO AUMENTARIA O PIB EM ATÉ 1,2% AO ANO

CIDADE6 meses ago

CONDE – Policia atira por trás e quase assassina Karla Pimentel

Agricultura e Pecuária8 meses ago

30 espécies de morcegos muito bizarras para serem consideradas morcegos

ECONOMIA5 horas ago

BRASIL AUMENTA EM 3% RECEITA COM EXPORTAÇÕES DE FRUTAS

Saúde5 horas ago

COVID-19 E VITAMINA D: AS FALHAS DE ESTUDO QUE LEVARAM A DESINFORMAÇÃO

Saúde5 horas ago

MÁSCARA DE PANO É EFICAZ? QUANDO DEVO USAR A PFF2?

ECONOMIA6 horas ago

CONAB CALCULA QUE SAFRA DESTE ANO SUPERA 270 MILHÕES DE TONELADAS

Tecnologia6 horas ago

VAZAMENTO DE DADOS: O QUE FAZER?

Tecnologia6 horas ago

COMO O TRABALHO EM PLATAFORMA ESTÁ MUDANDO O MUNDO LABORAL

CONCURSO E EMPREGO6 horas ago

FERROVIA DE INTEGRAÇÃO OESTE-LESTE DEVE GERAR 55 MIL EMPREGOS

Tecnologia7 horas ago

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL AJUDA RECRUTADO PROFISSIONAIS PARA VAGAS

Internacional2 dias ago

MAIOR USINA SOLAR SOBRE ÁGUAS DO MUNDO

Educação & Cultura2 dias ago

OS PRIMEIROS HUMANOS DA AMÉRICA DO NORTE

Internacional2 dias ago

ÓRGÃO EUROPEU CONFIRMA VÍNCULO DA VACINA DE OXFORD COM TROMBOSE

ECONOMIA2 dias ago

74% DOS BRASILEIROS DIMINUÍRAM GASTOS NA PANDEMIA

Saúde2 dias ago

FIOCRUZ IDENTIFICA 92 CEPAS DA COVID-19

Tecnologia3 dias ago

PROFISSIONAIS DE TECNOLOGIA SÃO OS MAIS PROCURADOS DURANTE A PANDEMIA

Saúde3 dias ago

COMEÇAM A SURGIR CASOS DE PESSOAS QUE MORRERAM POR COVID-19 APÓS SEREM VACINADAS

ECONOMIA3 dias ago

PRAZO PARA DECLARAR IR É PRORROGADO ATÉ 31 DE JULHO

Saúde3 dias ago

COVID-19: MÉDICOS E PESQUISADORES ESTUDAM SEQUELAS DA DOENÇA NO ORGANISMO

Internacional3 dias ago

MUNDO VIVE TENSÃO SOCIAL E ECONÔMICA EXTREMA, DIZ FMI

Educação & Cultura4 dias ago

[VÍDEO] Aposentadoria do professor servidor público: caso prático

ECONOMIA5 dias ago

PARA ONDE VAI O DÓLAR? ANALISTAS EXPLICAM O QUE DEVE IMPACTAR A MOEDA EM 2021

Parceiros

INFORMA PARAÍBA

    Parceiros

    Vejam também

    pt_BRPortuguês do Brasil
    Powered by TranslatePress »