Connect with us

Saúde

As doenças infecciosas derrotadas graças às vacinas

Não nos lembramos da maioria das picadas porque éramos bebês. Talvez em uma ou outra situação particular, quando precisamos dela para acampar ou éramos surpreendidos por uma ferida profunda fruto de nossas travessuras infantis

Estima-se que a varíola matava 400 mil por ano na Europa no século 19

As vacinas nos protegem desde sempre e, graças a elas, assim como o juramento de Scarlett O’Hara (personagem do filme E o Vento Levou), jamais sofreremos novamente com algumas doenças graves que desde o início da humanidade tiveram consequências catastróficas.

Nem nós, nem ninguém, desde que as campanhas de erradicação se estendam massivamente, como em alguns casos que vamos recordar. A esperança é que todas as doenças infecciosas sejam levadas pelo vento.

Não podemos esquecer de Edward Jenner, médico inglês que descobriu como o vírus vaccinia das vacas era capaz de provocar imunidade contra a varíola quando inoculado em pessoas saudáveis. Desde então, as vacinas têm salvado a humanidade de um grande número de doenças infecciosas.

A primeira doença erradicada

A varíola é a única doença infecciosa erradicada por meio de uma vacina. É causada por um vírus da família Poxviridae, que tem DNA como material genético.

Pesquisas arqueológicas indicam que a doença, transmitida pelo contato com feridas ou com gotículas emitidas pela respiração de alguém infectado, afetava a humanidade havia bastante tempo, com indícios de sua presença em sociedades muito antigas.

A taxa de mortalidade era muito elevada, em torno de 30%, e a doença era caracterizada pela aparição de pústulas, algumas das quais se tornavam cicatrizes pelo corpo, e, em alguns casos, até cegueira. A morte, que costumava acontecer na segunda semana, vinha da resposta inflamatória massiva que causava choque e levava à falência múltipla dos órgãos.

A vacina consiste na inoculação no organismo do vírus vaccinia, semelhante ao da varíola, mas que, em condições normais, causa uma doença mais leve. Não é uma vacina de vírus atenuado ou inativado — ele está vivo!

Desde 1977, a doença é considerada erradicada graças à vacinação. Uma das vacinas que está sendo desenvolvidas contra a covid-19 utiliza uma metodologia semelhante com um vírus que causa estomatite — mas está em estágio menos avançado do que aquelas que utilizam RNA e adenovírus.

O último caso de contágio natural foi diagnosticado em outubro de 1977 e, em 1980, a Organização Mundial de Saúde (OMS) confirmou a erradicação em todo o planeta.

Diretores do Programa Mundial de Erradicação da Varíola anunciam em 1980 o êxito da campanha
Legenda da foto,Diretores do Programa Mundial de Erradicação da Varíola anunciam em 1980 o êxito da campanha

Não apenas manchas na pele

O sarampo é uma doença causada por um vírus RNA da família dos paramixovirus. Assim como o Sars-CoV-2, causa infecção (ainda que com muito mais eficácia) e se reproduz nas vias aéreas superiores. Cerca de 90% das pessoas suscetíveis que se expõem ao vírus são infectadas.

O ser humano é único hospedeiro do vírus do sarampo. A doença se caracteriza por sintomas como febre, tosse, dor de garganta e um exantema característico (manchas na pele). Pode apresentar complicações como bronquite, laringite, pneumonia, encefalite e causa problemas na gravidez. A porcentagem de casos fatais é de um em mil, mas a taxa pode chegar a até 10% em países em desenvolvimento.

O imunizante foi desenvolvido nos anos 60 e é baseado em um vírus atenuado. São necessárias duas doses, geralmente administradas com as vacinas da rubéola e da caxumba.

Ainda que a vacina de sarampo tenha contribuído para a diminuir a mortalidade infantil (calcula-se que tenha prevenido 1,4 milhão de mortes no mundo), a doença está longe de ser erradicada — no momento em que a população deixa de se vacinar, imediatamente aparecem novos surtos. E, por ser muito contagiosa, o número de pessoas que sofreriam complicações seria grande o suficiente para saturar rapidamente os recursos hospitalares disponíveis — soa familiar?

Soldados canadeses enviados à Primeira Guerra, em quarentena por conta do sarampo
Legenda da foto,Soldados canadeses enviados à Primeira Guerra, em quarentena por conta do sarampo: doença é altamente contagiosa

A vacina contra paralisia que se toma via oral

A poliomielite foi descrita pela primeira vez pelo alemão Jakob Heine em 1840. É causada por um enterovírus conhecido como poliovírus (PV), que é também um vírus RNA. A doença afeta principalmente o sistema nervoso e só acomete seres humanos.

A maioria das infecções de polio é assintomática. Só em 1% dos casos o vírus infecta e destrói os neurônios motores, causando fraqueza muscular e paralisia aguda, afetando principalmente as crianças.

A poliomielite é altamente contagiosa e se propaga facilmente por meio de secreções respiratórias e por rota fecal-oral. Em zonas endêmicas, o poliovírus é capaz de infectar praticamente toda uma população humana.

Existem duas versões da vacina, uma de vírus inativado, injetável, e outra de vírus atenuado, administrada via oral. Em 1988, a polio causava deficiência motora em mais de mil crianças por dia. A partir de um programa mundial de erradicação empreendido pela OMS, em 2001 o número de casos havia caído para menos de mil por ano.

A poliomielite está erradicada na maioria dos países ocidentais, mas não ainda em todo o mundo. Espera-se que ela seja a segunda doença viral eliminada do globo, depois da varíola.

A vacina antitetânica, a cada 10 anos

O tétano é uma infecção provocada por uma neurotoxina secretada pela bactéria Clostridium tetani, que pode ser encontrada em terras agrícolas, fezes e intestinos de animais de granja e ratos. Seus esporos, meio pelo qual se dissemina, entram no corpo geralmente por meio de ferimentos na pele.

Materiais que remontam ao século 5 a.C. descrevem a enfermidade. Hipócrates foi o primeiro que escreveu sobre os sintomas do tétano, como a hipercontração de músculos. A doença causa espasmos violentos, rigidez e desestabiliza o sistema nervoso autônomo.

Não existe imunidade natural, nem mesmo para aqueles que já tiveram contato com a bactéria e se curaram. Por isso, além de medidas de higiene, a imunização é a única forma de prevenção.

A vacina antitetânica se baseia em um “toxoide”, uma versão inativa das toxinas liberadas pela bactéria que causa a doença.

Ele não desencadeia a enfermidade, mas ativa o sistema imunológico contra o agente patogênico. Tem uma taxa de efetividade de 99%, mas a proteção diminui com o tempo. Por isso, a revacinação a cada 10 anos é imprescindível.

A imunização é universal e sistemática para crianças e adultos, com calendários específicos vigentes em cada país. Ela é especialmente importante para aqueles com mais de 50 anos, idosos que vivem em asilos, moradores da zona rural, imigrantes, doentes que passarão por cirurgias, diabéticos, portadores de HIV, dependentes químicos e pessoas com tatuagens e piercings.

As vacinas vêm tendo papel importante em melhorar a qualidade de vida em todo o planeta. Previnem doenças e evitam sofrimento e mortes.

*María Mercedes Jiménez Sarmiento é pesquisadora do Consejo Superior de Investigaciones Científicas (CSIC, agência espanhola de fomento à Ciência), bioquímica de sistemas da divisão bacteriana, comunicadora científica do Centro de Investigaciones Biológicas Margarita Salas (CIB – CSIC)

*Matilde Cañelles López é pesquisadora do departamento de Ciência, Tecnologia e Sociedade do Instituto de Filosofia (IFS-CSIC).

*Nuria Eugenia Campillo é pesquisadora titular de Química Medicinal no Centro de Investigaciones Biológicas Margarita Salas (CIB – CSIC)

Este artigo foi publicado originalmente no site The Conversation sob a licença Creative Commons. Clique aqui para ler o artigo original.

Continue Reading
Advertisement

TV CÂMARA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA – CMJP AO VIVO

 

CALENDÁRIO

dezembro 2020
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Grupo do Portal Informa Paraíba (Facebook)

Portal Informa Paraíba

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias

TWITTER DO PORTAL INFORMA PARAÍBA

www.informaparaiba.com.br

Fiquem bem informados em um site que escreve notícias.

Página do Portal Informa Paraíba (Facebook)

ESTADO5 horas ago

Saúde realiza terceiro ‘Dia D’ de vacinação contra a Covid-19, neste sábado

Politíca5 horas ago

Assembleia aprova PEC do Marco Legal da Ciência e Tecnologia na Paraíba

ESTADO5 horas ago

Saibam o que foi tratado no “Programa Conversa com o Governador”

Internacional5 horas ago

Mianmar: Bachelet critica condenação e sentença para ex-líder Aung San Suu Kyi

ENTRETENIMENTO5 horas ago

Programa Espaço Cultural tem TBT do Dia do Samba e lançamento de singles paraibanos

Educação & Cultura5 horas ago

Saiba em quais campi da UFPB será feriado nesta quarta-feira (08)

ECONOMIA5 horas ago

Comissão do Senado aprova projeto que muda política de preços de combustíveis da Petrobras

Nacional5 horas ago

Lula omite prescrição ao comentar sobre pedido de arquivamento do caso do triplex

ECONOMIA6 horas ago

Copom inicia reunião para definir taxa Selic

Nacional6 horas ago

Vereador sugere que cães e gatos de rua virem comida de leões

Nacional6 horas ago

Corrupção bancou Ferrari e Porsche para filho de servidora do Inep

ECONOMIA6 horas ago

TCU analisará privatização da Eletrobras em 8 de dezembro

ECONOMIA6 horas ago

Empregadores têm até hoje para quitar parcelas suspensas do FGTS

Internacional6 horas ago

China afirma que EUA “pagarão preço” por boicote aos Jogos

Saúde6 horas ago

Hospital de Patos registra aumento de 17% no atendimento a vítimas de trânsito

Saúde6 horas ago

Opera Paraíba realiza mais 150 cirurgias em quatro cidades no fim de semana

Esporte6 horas ago

Após vitória sobre Rob Font, José Aldo ganha duas posições no ranking do peso galo

Esporte6 horas ago

Mais quatro jogadores são apresentados pelo Atlético-PB

Esporte6 horas ago

Paraibano do ano que vem começa dia 3 de fevereiro e tem formato decidido

Judiciário6 horas ago

MPPB consegue liminar que indisponibilizou bens de ex-presidente da Câmara de Cabedelo e sua mãe

Tecnologia10 meses ago

Facebook admite que “cometeu um erro” ao censurar hidroxicloroquina

Tecnologia6 meses ago

Tecnologia 5G atingirá mais de meio bilhão de assinaturas em 2021

CIDADE11 meses ago

“Animais jamais serão sacrificados na nossa cidade”, diz prefeito de cidade paraibana de Brejo do Cruz

Tecnologia11 meses ago

AMPLIAÇÃO DO ACESSO À INTERNET NO CAMPO AUMENTARIA O PIB EM ATÉ 1,2% AO ANO

CIDADE10 meses ago

Encampado por Cícero Lucena, novo consórcio metropolitano de João Pessoa tem adesão de 12 municípios

Saúde5 meses ago

Engolir esperma pode ser uma arma contra o coronavírus?

Segurança Pública6 meses ago

Administração Penitenciária suspendeu contrato e abriu investigação para apurar carga roubada de arroz

Internacional8 meses ago

Estado alemão expulsa turistas para combater a pandemia

Saúde10 meses ago

Saúde alerta municípios para o risco de coinfecção de dengue e Covid-19

Esporte10 meses ago

Nacional de Patos contrata meio-campista campeão estadual pelo Campinense

Internacional9 meses ago

Política de migração da UE segue sendo uma tragédia

Nacional12 meses ago

Jovem de 19 anos se forma em 1º lugar na Escola de Sargentos

AGRICULTURA & PECUÁRIA10 meses ago

De negacionistas a QAnon, teorias da conspiração avançam

CIDADE11 meses ago

PADRE PERSEGUIDO E PRESO NO CONDE AGRADECE A RETIRADA DA ÁRVORE SATÂNICA DA ENTRADA DA CIDADE

Saúde11 meses ago

As doenças infecciosas derrotadas graças às vacinas

Saúde11 meses ago

Brasil tem quase 7 milhões de pessoas curadas da Covid-19

Judiciário10 meses ago

Branca de Neve, a bruxa e o Direito

ENTRETENIMENTO6 meses ago

Lembra da menina humilhada pelo MC Gui? Veja o que aconteceu com ela depois disso

Judiciário10 meses ago

Justiça acata pedido do MPPB e condena apresentador de TV por improbidade administrativa

Judiciário10 meses ago

Após megavazamento, dados de ministros do Supremo são postos à venda

ECONOMIA20 horas ago

PANDEMIA AUMENTA NÚMERO DE TRABALHADORES INFORMAIS

Educação & Cultura20 horas ago

EDUCAÇÃO DIGITAL NO ENSINO SUPERIOR

Educação & Cultura20 horas ago

DURANTE A PANDEMIA, EVASÃO ESCOLAR CRESCEU EM 200%

Internacional20 horas ago

ALEMANHA IMPÕE LOCKDOWN PARA PESSOAS NÃO VACINADAS

Tecnologia20 horas ago

AVIÃO MOVIDO A HIDROGÊNIO: QUANDO VAMOS VOAR SEM EMISSÕES?

Saúde20 horas ago

QUANDO PODEREMOS TER VACINAS CONTRA A ÔMICRON, SE NECESSÁRIO?

ECONOMIA20 horas ago

PIB CAI 0,1% NO 3º TRIMESTRE E BRASIL ENTRA EM RECESSÃO TÉCNICA, APONTA O IBGE

Saúde1 dia ago

A CIDADE BRASILEIRA ONDE 100% DA POPULAÇÃO RECEBEU PFIZER

Saúde1 dia ago

ANVISA APROVA PRIMEIRO TRATAMENTO PARA HIV COM APENAS UM COMPRIMIDO

Tecnologia1 dia ago

NAVIOS QUE USAM A ENERGIA DOS VENTOS

Tecnologia1 dia ago

AVIAÇÃO SEM EMISSÕES? FUTURANDO

Tecnologia1 dia ago

HACKERS CONTAM COMO ENGANAM VÍTIMAS NO GOLPE DO PIX; SAIBA COMO SE PROTEGER

Saúde1 dia ago

Os poderosos benefícios do CHÁ DE GENGIBRE

Tecnologia2 dias ago

Ataques cibernéticos aumentam no Brasil durante a pandemia

Nacional3 dias ago

Senado Aprova: Auxílio Brasil e PEC dos Precatórios estão entre os destaques da semana

ENTRETENIMENTO4 dias ago

COMO FAZER A LINGUIÇA COLONIAL DEFUMADA EM CASA!

Internacional4 dias ago

A INCRÍVEL CIVILIZAÇÃO ANTIGA QUE MUMIFICAVA MORTOS 2 MIL ANOS ANTES DOS EGÍPCIO

Saúde4 dias ago

COVID: 4 PERGUNTAS AINDA SEM RESPOSTA SOBRE IMPACTO DA ÔMICRON

Nacional4 dias ago

‘TEMOS QUE IR NA RAIZ DO PROBLEMA’, DIZ RICARDO SENNES SOBRE O GARIMPO ILEGAL

Tecnologia4 dias ago

Conheça o Pantala, carro voador chinês que pode ser concorrente da Embraer

Advertisement

INFORMA PARAÍBA

    Advertisement

    Vejam também